Capa do livro: AQUISIÇÃO, DESVIOS E PRÁTICAS DE LINGUAGEM

AQUISIÇÃO, DESVIOS E PRÁTICAS DE LINGUAGEM

Autores: Isabela do Rêgo Barros - Karl Heinz Efken - Moab Acioli - Nadia Azevedo - Renata da Fonte - Roberta Caiado - Wanilda Cavalcanti

livro impresso
de R$ 50,29 por
livro digital
de R$ 50,29 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Este livro, faz, a você leitor, um convite aos estudos da linguagem. Fomentadono Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da UNICAP, a obra constitui-se de uma coletânea de artigos escritos por professores e pesquisadores no campo da aquisição, desvios e práticas de linguagem, inseridos em programas de pós-graduação de diversas universidades brasileiras.

Destinada aos pesquisadores e profissionais interessados em conhecer um pouco mais sobre os diferentes temas tratados, as discussões em torno dos aspectos da surdez, autismo, gagueira, afasia, esquizofasia, notação ortográfica digital, multimodalidade, variação sociolinguística e prosódia pretendem contribuir para a diversificação dos estudos na área.

                                                                           Os Organizadores

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-8042-948-0
DOI: 10.24824/978858042948.0
Ano de edição: 2014
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 202
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

AQUISIÇÃO, DESVIOS E PRÁTICAS DE LINGUAGEM

Autores

Ana Cristina de Albuquerque Montenegro

Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Católica de Pernambuco, mestre em Ciências da Linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco e doutora em Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco. É fonoaudióloga do SASSEP, docente do Curso de Fonoaudiologia da FUNESO, Conselheira do Conselho Federal de Fonoaudiologia e Conselheira do Conselho Municipal de Saúde do Recife. Pesquisa, os seguintes temas: fonologia, fonética, linguagem, avaliação, diagnóstico e terapia dos distúrbios da linguagem oral e escrita.

Andressa Toscano Moura de Caldas Barros

Doutoranda em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba e mestre em Linguística pela mesma universidade. Tem interesse por fonologia, voltando suas pesquisas para prosódia, entoação em aquisição da linguagem.

 Artur Gomes de Morais

É Psicólogo e mestre em Psicologia Cognitiva pela UFPE e doutor em Psicologia pela Universidad de Barcelona. É professor titular do Centro de Educação da UFPE, onde atua nos cursos de graduação e pós-graduação, assim como no CEEL – Centro de Estudos em Educação e Linguagem. Pesquisador do CNPq desde 1997, tem diversos trabalhos publicados, dentre os quais se destacam Ortografia: ensinar e aprender (Ática) e Alfabetização: apropriação do sistema de escrita alfabética (Autêntica, em coautoria).

Carla Maria Cavalcanti Padilha de Brito

Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Católica de Pernambuco, mestre em Ciências da Linguagem, especialista em Voz – UFPE e em Gerontologia Social - UPE. Docente dos cursos de pós-graduação em Fonoaudiologia do Trabalho e em Voz pela Faculdade Redentor. Instrutora dos módulos de Fonoaudiologia e Telejornalismo do curso Tela 2 (Telejornalismo Diário e reportagem com Mônica Silveira). Instrutora do SENAC no curso “Aprenda a falar em público e fazer apresentações”.

Dermeval da Hora Oliveira

Graduado em Letras pela Universidade Federal da Bahia, mestre em Letras pela Universidade Federal da Paraíba e doutor em linguística Aplicada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Realizou estágio pós-doutoral na Universidade Livre de Amsterdam pela segunda vez ao longo do ano de 2010. É professor da Universidade Federal da Paraíba. Tem experiência na área de linguística, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: fonologia e sociolingüística variacionista. É bolsista de Produtividade do CNPq 1B. Foi Presidente da Associação Brasileira de linguística (ABRALIN, 2007-2009). Desde julho de 2007, é delegado da Associação de linguística e Filologia da América Latina (ALFAL) no Brasil. Nessa Associação, é vice-coordenador do Projeto 19 - Fonologia: teoria e análise. É Coordenador da Área de Letras e Linguística da CAPES (período 2011-2014).

Ester Mirian Scarpa

Doutorou-se pela Universidade de Londres, em 1984 e é professora titular de Aquisição da Linguagem pela Universidade Estadual de Campinas desde 2001, onde começou a trabalhar em 1973. Tem-se dedicado, em suas pesquisas, a questões empíricas e teóricas que envolvem a aquisição de primeira e segunda língua e, sobretudo, à prosódia.  Foi leitora no King'sCollege, Universidade de Londres, e professora visitante na UFPB. É professora visitante Sênior da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), em Santa Catarina.

Francisco Madeiro

Doutor em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (2001). Suas atividades de pesquisa concentram-se em processamento de sinais de voz e imagem, teoria das comunicações e aplicações de inteligência computacional, áreas em que tem mais de 150 publicações. É Professor Adjunto da Universidade de Pernambuco (UPE), onde atua desde 2006. É professor da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), onde atua desde 2002.

Giorvan Ânderson dos Santos Alves

Graduado em Fonoaudiologia e possui MBA em Gestão Hospitalar e em Serviços de Saúde  pelo Centro Universitário de João Pessoa Unipê; especialista em Motricidade Orofacial; é Mestre e Doutor em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba. É Professor Adjunto I da Universidade Federal da Paraíba do curso de Fonoaudiologia e Docente/Colaborador do curso de LETRAS/LIBRAS da UAB. Tem experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em Motricidade Orofacial e na área de Psicolinguística em Aquisição e Processamento Linguístico.

Isabela Barbosa do Rêgo Barros

Doutora em Letras pela Universidade Federal da Paraíba, mestre em Ciências da Linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, especialista em Psicomotricidade pela Universidade Cândido Mendes e graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Católica de Pernambuco. É professora assistente II da Universidade Católica de Pernambuco e professora convidada do curso de especialização em Educação Especial da Faculdade Frassinetti do Recife. A autora desenvolve pesquisas fundamentadas no estruturalismo saussureano e na teoria enunciativa de Émile Benveniste, procurando relacioná-las com os aspectos linguísticos desviantes, com destaque para as áreas aquisição e desenvolvimento da linguagem oral e escrita, e ênfase nos temas: autismo e déficit cognitivo.

 

Isabelle Cahino Delgado

Graduada em Fonoaudiologia pelo Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ e especialista em Patologias da Linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco. É Doutora em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB - pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística (PROLING). É Professora Adjunta da Universidade Federal da Paraíba, vinculada ao Departamento de Fonoaudiologia, na área de Linguagem, e Docente / Colaboradora do Curso de Letras LIBRAS da UAB (UFPB). Tem experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em Linguagem, pesquisando os seguintes temas: Surdez e Síndrome de Down.

 Ivonaldo Leidson Barros Lima

Graduado em Fonoaudiologia pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB. Atualmente, trabalha no Núcleo de Apoio à  Saúde da Família (NASF) da Prefeitura Municipal de Mogeiro - PB. Tem experiência e interesse por estudos e pesquisas nas áreas de Fonoaudiologia e Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: leitura e escrita, letramento, inclusão, aquisição da linguagem, multimodalidade, Saúde Coletiva e na interface entre a Fonoaudiologia e a Educação.

 Jonia Alves Lucena

Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Católica de Pernambuco, mestre em Psicologia Cognitiva pela Universidade Federal de Pernambuco, doutora em Psicologia Cognitiva pela Universidade Federal de Pernambuco. Especialista em Voz pelo CFFa. Realizou curso de Especialização em Voz pelo Centro de Estudos da Voz (CEV/São Paulo). Coordenadora do Curso de Fonoaudiologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professora Adjunto I da Universidade Federal de Pernambuco. Professora Colaboradora do Mestrado em Saúde da Comunicação Humana. Tem experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em voz e linguagem. Atua principalmente nos seguintes temas: voz, aquisição e desenvolvimento da fonação, distúrbios da voz, voz profissional, aquisição e desenvolvimento de fala e linguagem, distúrbios de fala e linguagem.

José Temístocles Ferreira Júnior

Graduado em Letras, pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), onde desenvolveu sua pesquisa de mestrado em Linguística, com ênfase em Aquisição da Linguagem e Linguística da Enunciação. Doutor em Linguística, também pela UFPB, atuando principalmente nos seguintes temas: constituição subjetiva; enunciação, interação mãe-bebê; dêixis; indicadores de subjetividade; Benveniste. É professor substituto no Departamento de Letras Estrangeiras Modernas da UFPB e leciona, principalmente, as disciplinas de Semântica e Teorias da Linguística.

 

Jully Anne Soares de Lima

Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB. Atualmente é membro do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Comunicação e Interdisciplinaridade - NEPCI com projetos de Pesquisa nas áreas de Voz e Motricidade Orofacial. Possui experiência nas áreas da Fonoaudiologia, compreendendo motricidade orofacial, respiração oral, alterações vocais, disfagia, audiologia, saúde coletiva, Disfunção Temporomandibular, traumas de face e fala.

 Marianne Carvalho Bezerra Cavalcante

Graduada em Comunicação Social pela Universidade Federal de Pernambuco, mestre em Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco e doutora em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (1999). É professora adjunta da Universidade Federal da Paraíba. É Bolsista de produtividade em pesquisapelo CNPq. Desenvolve pesquisas em aquisição da linguagem, com destaque para os temas: manhês, ensino-aprendizagem, subjetividade e interação.

 Marígia Ana de Moura Aguiar

Graduada em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Católica de Pernambuco, mestre (Master of Science) pela Georgetown University-USA, doutora em Psicolinguistica -UniversityOf Reading-UK e pós-doutora pela Universidade de Birmingham-UK. Professora aposentada, adjunto IV, da Universidade Federal de Pernambuco e Universidade Católica de Pernambuco. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Psicolinguística, atuando  nos seguintes temas: ensino-aprendizagem, linguagem, discurso, fonologia e aquisição. Pesquisadora do CNPq.

Michelle Melo Gurjão

Mestre em Ciências da Linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, graduada em Fonoaudiologia pelo Centro Universitário de João Pessoa -UNIPÊ, especialista em Audiologia Clínica e Psicopedagogia pelas Faculdades Integradas de Patos (FIP). Especialista em Libras pela Golden -Sociesc. Tem experiência na área de audiologia, linguagem, voz e Educação a distância. Trabalha como tutora a distância da disciplina de Metodologia Científica.

Moab Duarte Acioli

Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Pernambuco. Especialista em Psiquiatria pela UFPE. Mestre em Antropologia Cultural pela UFPE. Doutor em Saúde Pública pela UNICAMP. Professor Adjunto II da Universidade Católica de Pernambuco no Curso de Psicologia e Pós-Graduação em Ciências da Linguagem. Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Medicina da Universidade Católica de Pernambuco. Preceptor do Curso Multiprofissional de Residência em Saúde Mental da Universidade de Pernambuco. Realiza pesquisas em torno de um campo interdisciplinar: Linguagem, Antropologia da Saúde, Saúde Pública, Saúde Mental e Psicopatologia.

Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo

Doutora em Letras e Linguística pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), fonoaudióloga pelo Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação (IBMR, Rio de Janeiro), especialista em Patologias da Linguagem (UNICAP), especialista em Linguagem pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa), mestre em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). É professora adjunto II da Universidade Católica de Pernambuco, atuando na Graduação e no Programa de Pós-graduação stricto sensu em Ciências da Linguagem. Compõe o Banco Nacional de Avaliadores Institucionais e de Curso (MEC) desde 2006. É líder, juntamente com a Profª Fátima Vilar de Melo, de um grupo de pesquisa do CNPq.

Paula Michely Soares da Silva

Doutoranda e mestre em Linguística pelo programa de Pós-Graduação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Graduada em Letras pela UFPB. Tutora a distância do Curso de Letras- UFPB-virtual.

Raïssa Martins de Assis Rêgo Barros

Graduada em Psicologia pela Universidade Católica de Pernambuco.

Renata Fonseca Lima da Fonte

Doutora em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba, mestre em Letras pela Universidade Federal da Paraíba, especialista em Linguagem pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia e em Saúde Pública pela Universidade de Pernambuco.Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Católica de Pernambuco. É professora assistente II da Universidade Católica de Pernambuco, atuando na Graduação e na Pós-graduação.Pesquisa os temas: multimodalidade, aquisição da linguagem, interação, cegueira e distúrbios da linguagem.

Roberta Varginha Ramos Caiado

É doutora em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE; Mestre em Letras/Linguística pela mesma instituição; Especialista em Língua Portuguesa pela Universidade Salgado de Oliveira/campus Goiânia; Graduada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás – PUC Goiás. Éprofessora/pesquisadora da Universidade Católica de Pernambuco, atuando no Programa de Pós-graduação e graduação. Membro-colaboradora do Centro de Estudos em Educação e Linguagem - CEEL - da UFPE. Pesquisadora do Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologia Educacional - NEHTE - UFPE. Entre seus interesses de pesquisa, incluem-se as questões relacionadas aos letramentos e multiletramentos, tecnologia digital, escrita digital, práticas pedagógicas aliadas às TDICs.

 

Wanilda Maria Alves Cavalvanti

Graduada em Letras Neolatinas pela Faculdade Frassineti do Recife;graduada em Pedagogia - Hab. Supervisão Escolar e Licenciadaem Psicologia pela mesma instituição; Doutora em Salud y Familia - Universidad de Deusto/Espanha. É professora assistente II da Universidade Católica de Pernambuco, membro do banco de avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: inclusão, surdez, surdocegueira, cegueira, Libras, aquisição da linguagem e comunicação.

Wagner Teobaldo Lopes de Andrade

Fonoaudiólogo. Doutor em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba. Professor Adjunto I do Departamento de Fonoaudiologia da UFPB. Especialista em Audiologia pela Universidade Católica de Pernambuco e pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia. Representante local (Paraíba) da Academia Brasileira de Audiologia (ABA). Chefe da Divisão de Fonoaudiologia do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW/UFPB). Líder do Núcleo de Estudos em Desenvolvimento Humano e Saúde (NEDHUS/UFPB), cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq. Suas atividades de pesquisa concentram-se em audiologia clínica e educacional, surdez e linguagem (oral, escrita e de sinais), áreas em que tem mais de 150 publicações, na forma de capítulos de livro, artigos em periódicos no Brasil e no exterior, e trabalhos em eventos nacionais e internacionais. Revisor científico e metodológico de livros nas áreas de Fonoaudiologia, Linguística e Educação. Tem experiência nas áreas de Audiologia, Linguagem e Metodologia Científica.

Stella Virginia Telles de Araujo Pereira Lima

Bacharel em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco, Mestre em Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco e Doutora em Linguistica pela VrijeUniversiteit Amsterdam. Professora da Universidade Federal de Pernambuco. Leciona na Graduação e Pós-Graduação em Letras da UFPE. Desenvolve pesquisa linguística, com enfoque na descrição e análise de línguas indígenas (família Nambikwára e língua Umutína) e na fonologia do português.

 Zuleika Rossiter de Miranda Coelho

Graduada em Psicologia pela Universidade Católica de Pernambuco. Faz especialização em Intervenção Psicossocial e Comunitária, na Faculdade Frassinetti do Recife.