Capa do livro: EDUCAÇÃO, INFÂNCIA E FORMAÇÃO:<br> vicissitudes e quefazeres

EDUCAÇÃO, INFÂNCIA E FORMAÇÃO:
vicissitudes e quefazeres

Autores: Nájela Tavares Ujiie - Sandra Regina Gardacho Pietrobon

livro impresso
de R$ 44,69 por
livro digital
de R$ 44,69 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O Grupo de Estudos e Pesquisa, Práxis Educativa: Saberes e Fazeres da/na Educação Infantil (GEPPEI) tem a grata satisfação de disseminar resultados de sua ação e trabalho científico, frente à publicação do livro Educação, Infância e Formação: vicissitudes e quefazeres.

Este livro é uma coletânea composta de treze capítulos que se articulam à formação e prática pedagógica voltada à educação da primeira infância, abordando temáticas importantes e que se interrelacionam, tais como: contexto histórico, legal e formativo, arte, psicomotricidade, ensino de ciências, ludicidade, leitura, literatura infantil, sexualidade, contação de histórias, imaginação, ciranda infantil, brinquedoteca, enfim, temáticas que dão corpus a um livro interessante e atraente.

As autoras conhecedoras e pesquisadoras da área educacional, na tessitura dos capítulos, debatem a educação, a infância e a formação sob diferentes enfoques e pontos de vistas, buscando clarificar vicissitudes deste processo, ao mesmo passo que tecem ponderações acerca dos quefazeres da práxis educativa direcionada às crianças pequenas.

O livro traz contribuições significativas aos envolvidos com a educação infantil no que tange à formação e à prática educativa. É, sem dúvida, um convite à leitura exploratória e dialógica.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-8042-908-4
DOI: 10.24824/978858042908.4
Ano de edição: 2014
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 208
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

EDUCAÇÃO, INFÂNCIA E FORMAÇÃO:<br> vicissitudes e quefazeres

Autores

Andréia Bulaty

Pedagoga. Especialista em Educação Infantil. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da UEPG. Tutora do Curso de Pedagogia a Distância da Universidade Estadual do Centro Oeste (UAB/UNICENTRO/I). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa “Práxis Educativa: Saberes e Fazeres da/na Educação Infantil” (GEPPEI) e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho Docente (GEPTRADO), ambos vinculados ao CNPq.

Anizia Costa Zych

Pedagoga. Especialista em Educação Especial, Surdez, Orientação e Administração Escolar. Mestre e Doutora em Educação pela UNICAMP. Docente efetiva da Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO/I). Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa “Educação: saberes, linguagem e multiculturalidade”, vinculado ao CNPq.

Camila Macenhan

Pedagoga. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da UEPG. Professora da Educação Infantil. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho Docente (GEPTRADO), vinculado ao CNPq.

Caroline Elizabel Blaszko

Pedagoga. Especialista em Educação Especial e Psicopedagogia Clínica e Insti¬tucional. Mestranda em Ensino de Ciências e Tecnologia, pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Docente colaboradora do Colegiado de Pedagogia, da Universidade Estadual do Paraná, Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (UNESPAR/FAFIUV). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação: teoria e prática (GEPE), vinculado ao CNPq. 

Caroline Guisantes de Salvo Toni

Psicóloga. Doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo (USP). Professora do Curso de Psicologia da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO/I). Membro do Laboratório de estudos sobre Infância e Adolescência (LEIA).

Cyntia Graziella Guizelim Simões Girotto

Pedagoga. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de São Carlos (UFSCar). Doutora pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Campus de Marília, e atualmente docente da instituição da graduação em Pedagogia e Programa de Pós-Graduação em Educação. Coordenadora do Centro de Estudos e Pesquisas em Leitura e Escrita (CEPLE).

Ercília Maria Angeli Teixeira de Paula

Pedagoga.  Mestre em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Docente do Curso de Pedagogia e Licenciaturas do Departamento de Teoria e Prática da Educação da Universidade Estadual de Maringá-PR (UEM). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa “Práxis Educativa: Saberes e Fazeres da/na Educação Infantil” (GEPPEI), vinculado ao CNPq.

Flaviane Pelloso Molina Freitas

Pedagoga. Especialista em Educação Especial Inclusiva. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO), bolsista CAPES. Tutora do Curso de Pedagogia a Distância da Universidade Estadual do Centro Oeste (UAB/UNICENTRO/I). Já atuou como professora da educação básica e professora colaboradora no ensino superior.

Franciele Clara Peloso

Pedagoga. Especialista em Gestão Escolar. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Docente efetiva do Colegiado de Pedagogia, da Universidade Estadual do Paraná, Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (UNESPAR/FAFIUV). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação: teoria e prática (GEPE), vinculado ao CNPq. 

Francine Cordeiro Bobatto

Pedagoga. Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO). Professora colaboradora do Departamento de Pedagogia, da Universidade Estadual do Centro-Oeste, campus Irati. Atuou como professora e coordenadora pedagógica na educação básica.

Jáima Pinheiro de Oliveira

Fonoaudióloga. Especialista em Fonoaudiologia Educacional. Mestre em Educação Especial pela UFSCar. Doutora em Educação pela UNESP. Pós-doutoranda em Educação pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), São Paulo e Universidade do Minho (UMinho), Braga, Portugal – Apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Docente do Departamento de Fonoaudiologia e dos Programas de Pós-graduação em Educação (PPGE) e Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário (PPGIDC), da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO).

Jussara Isabel Stockmanns

Pedagoga. Especialista em Psicopedagogia, Tecnologias da Educação e Educação à Distância. Mestre em Engenharia da Produção, ênfase em Mídia e Conhecimento. Professora colaboradora do Departamento de Pedagogia, da Universidade Estadual do Centro-Oeste, campus Irati (UNICENTRO/I). Membro do Grupo de Estudos em Educação a Distância (UNICENTRO) e Grupo de Estudos Trabalho, Educação e Formação Profissional (IFPR/Campus Palmas).

Karla Goularte da Silva Gründler

Mestre em Educação pela Universidade do Extremo Sul Catarinense. Professora de Literatura e Educação, no curso de Pedagogia, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense, Campus Videira-SC. Coordenadora do projeto de extensão Literatura na Rede (IFC-Videira-SC).

Lucinéia Almeida

Pedagoga. Especialista em Educação Infantil. Professora da rede pública municipal de Ponta Grossa-PR, na Educação Infantil. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho Docente (GEPTRADO), vinculado ao CNPq.

Marcia Ansolin

Pedagoga. Especialista em História, Arte e Cultura. Mestranda do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário, pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO/I). Tutora do Curso de Pedagogia a Distância da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UAB/UNICENTRO/PR).

Márcia Regina Carletto

Graduada em Ciências Biológicas. Especialista em Metodologia do Ensino Tecnológico. Mestre em Tecnologia, pela UTFPR. Doutora em Educação Científica e Tecnológica pela UFSC. Docente da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Ponta Grossa, onde atua na graduação e na Vice-Coordenação do Curso de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia (PPGECT) da UTFPR. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ciência, Educação, Tecnologia e Sociedade (CETS) e do Grupo de Estudos e Pesquisa Apoio Pedagógico, ambos vinculados ao CNPq.

Marisa Schneckenberg

Pedagoga. Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste atuando no Curso de Licenciatura em Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação (UNICENTRO). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa “Educação: saberes, linguagem e multiculturalidade”, vinculado ao CNPq.

Marizete Bortolanza Spessatto

Pedagoga. Mestre em Linguística e Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Docente do curso de Pedagogia, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense, Campus Videira-SC. Líder do Grupo de Pesquisa em Educação, Sociedade e Linguagens, no qual desenvolve pesquisas relacionadas ao ensino de língua materna e formação de professores.

Marta Maria Simionato

Pedagoga. Mestre em Educação dinter Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO) e Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Docente do Departamento de Pedagogia da Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO/I). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa “Práxis Educativa: Saberes e Fazeres da/na Educação Infantil” (GEPPEI), vinculado ao CNPq.

Miriam Adalgisa Bedim Godoy

Pedagoga. Especialista em Educação Especial, Deficiência Auditiva e Psicopedagogia. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Docente do Departamento de Pedagogia da Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO/I). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa “Educação: saberes, linguagem e multiculturalidade”, vinculado ao CNPq.

Nájela Tavares Ujiie

Pedagoga. Especialista em Educação Infantil e Psicopedagogia Clínica e Insti¬tucional. Mestre em Educação, pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Docente do Colegiado de Pedagogia, da Universidade Estadual do Paraná, Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (UNESPAR/FAFIUV), União da Vitória-PR. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa “Práxis Educativa Infantil: Saberes e Fazeres da/na Educação Infantil” (GEPPEI) e líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação: teoria e prática (GEPE), ambos vinculados ao CNPq.

Renata Junqueira de Souza

Graduada em Letras. Mestre em Linguística e Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Doutora em Letras pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP-Marília). Livre-docente atuante na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Presidente Prudente, coordenadora do CELLIJ - Centro de Estudos em Leitura e Literatura Infantil e Juvenil “Maria Betty Coelho Silva”.

Sandra Regina Gardacho Pietrobon

Pedagoga. Especialista em Gestão Educacional. Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR). Docente do Departamento de Pedagogia da Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO/I), Campus Irati-PR. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa “Práxis Educativa: Saberes e Fazeres da/na Educação Infantil” (GEPPEI), vinculado ao CNPq.

Susana Soares Tozetto

Pedagoga. Especialista em Alfabetização. Mestre em Educação, pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Doutora em Educação (UNESP). Docente da Universidade Estadual de Ponta Grossa no Curso de Pedagogia e no Programa de Pós Graduação em Educação. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre o Trabalho Docente (GEPTRADO), vinculado ao CNPq.