Capa do livro: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL EM CONSTRUÇÃO: formação e aprendizagem na construção civil

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL EM CONSTRUÇÃO: formação e aprendizagem na construção civil

Autores: Luciano Rodrigues Costa - Rosa Elisa Mirra Barone

livro impresso
de R$ 60,35 por
livro digital
de R$ 60,35 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)
 
Consultar frete e prazo de entrega

Sinopse

O tema da qualificação profissional no setor da construção civil, presente na agenda de debates há mais de duas décadas, ganhou destaque com a expansão do setor, fortemente ancorada na adoção de inovações tecnológicas. As transformações ocorridas nas últimas décadas no mundo do trabalho vêm impondo um novo paradigma produtivo a diversos setores, inclusive à construção civil. Já nos anos 1990, em um cenário marcado pela reestruturação produtiva, apoiada no tripé produtividade, qualidade e competitividade, indagava-se sobre o lugar da educação e da qualificação profissional enquanto condições para que as empresas pudessem implementar as inovações então requeridas, questionamento presente também no cenário da construção civil. Os estudos sobre a temática da relação qualificação profissional/construção civil, ainda que tenham crescido quantitativamente, mostram as lacunas e as fragilidades. De um lado, a produção acadêmica parece não ter desdobramentos no cenário do canteiro de obras. Os estudos têm mostrado a convivência dos trabalhadores com a permanência de precárias condições de trabalho. O envelhecimento da mão de obra, que de certa forma detém o “saber fazer”, construído no cotidiano da obra, é uma preocupação manifesta. Ao mesmo tempo, observamos que a construção civil permanece como um setor que tem pouco atrativos para os jovens que, mais escolarizados, buscam outras alternativas para inserção no mercado de trabalho. Este livro foi organizado a partir de estudos que abordam o tema da educação/qualificação profissional e processo de aprendizagem in loco nos canteiros da construção civil. Os artigos resultam de estudos que foram produzidos por pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento, em diferentes cenários, e que privilegiaram a pesquisa empírica. O conjunto de artigos selecionados tem como objetivo pensar a qualificação dos trabalhadores da construção civil em um contexto de intensas transformações. A escolha dos autores que contribuem neste livro se deu pela relevância de seus trabalhos - muitos deles há anos vêm refletindo sobre os dilemas da Construção e acompanhando o desenvolvimento desta. O produto final é uma reflexão rica, sensata e virtuosa que possibilita a compreensão das dimensões que estão em jogo em um setor tão complexo.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-8042-874-2
DOI: 10.24824/978858042874.2
Ano de edição: 2014
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 224
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL EM CONSTRUÇÃO: formação e aprendizagem na construção civil

Autores

Alain Morice

Antropólogo e diretor de pesquisa no Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS, França), ligado à unidade Pesquisa Migração e Sociedade (URMIS, Universi¬dade Paris 7). Se dedicou a pesquisa em vários países africanos (Senegal, Guiné, Angola, República da África do Sul, Marrocos) no Brasil (1987-1989 e 1992), na França e na Es¬panha sobre questões trabalhistas, trabalho precário ou informal, corrupção e nepotismo, bem como migração e racismo. Atualmente lidera uma atividade educativa sobre políticas migratórias e orienta trabalhos de mestrado e doutorado em torno desta questão.

Antônio Tomasi

Mestre em Ciência Política pela UFMG e Doutor em Sociologia pela Uni¬versité Paris 7. Professor Associado do CEFET-MG (Departamento de Engenharia Elétrica e Mestrado em Educação Tecnológica). Líder do Grupo de pesquisa PROGEST e Coordenador Geral do Simpósio Internacional Trabalho, Relações de Trabalho, Educação e Identidade. Desenvolve pesquisas sobre formação e qualificação profissional, com especial atenção à formação de trabalhadores da construção civil no Brasil e na França.

Berenice Bruna Possani Ceravolo

Engenheira Civil pela Universidade Guarulhos (2000), especialista em Adminis¬tração de Empresas para Engenheiros e Arquitetos pela FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado (2003). Cursou MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (2006) e em 2012, obteve a certificação PMP - Project Management Professio¬nal pelo PMI - Project Management Institute (2012). Mestre em Habitação: Tecnologia em Construção de Edifícios pelo IPT - Instituto de Pesquisas Tecnológicas (2013). Atua na Construção Civil nas áreas de planejamento, controle e gestão de contratos.

Christophe Brochier

Doutor em Sociologia pela na Universidade Paris 8 com tese sobre os operá¬rios da construção civil.(1998) Maître de Conférences em sociologia na Universida¬de Paris 8 (desde 1999). Principais temas de pesquisa: trabalho, favelas, educação popular, relações raciais.

Cláudio Mitidieri Filho

Formado em engenharia civil pela Escola Politécnica da USP, 1980, com dou¬torado em engenharia urbana e de construções civis pela EPUSP em 1998. Enge¬nheiro civil pesquisador do Laboratório de Componentes e Sistemas Construtivos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, IPT. Professor co¬ordenador da área de concentração “Tecnologia em Construção de Edifícios” do Programa de Mestrado Profissionalizante do IPT, em Habitação: Planejamento e Tecnologia, e professor responsável pelas disciplinas: “Sistemas construtivos para habitações: inovação e desempenho” e “Qualidade no projeto e na construção de edifícios”. Membro da CE-ABNT “desempenho de edificações” e do Conselho Edi¬torial da Revista Téchne, de tecnologia na construção civil, da editoria PINI.

Fernanda Flávia Cockell

Fisioterapeuta, formada pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (FCMMG). Mestre e doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Pós-doutora em Sociologia pela UFSCar. Professora Ad¬junta 2 do Departamento de Políticas Públicas e Saúde Coletiva (DPPSC) da Univer¬sidade Federal de São Paulo (Unifesp), campus Baixada Santista. Coordenadora do Grupo de Pesquisa “Trabalho, Saúde e Vulnerabilidade Social” do CNPq e do projeto de extensão “Fisioterapia Coletiva: ações no morro Nova Cintra de Santos”.

Grazielle Tomaz de Almeida

Mestre em Educação Tecnológica do Centro de Educação Tecnológica de Mi¬nas Gerais CEFET/MG, pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa – Formação e Qualificação Profissional FORQUAP (CEFET/MG), graduada em Pedagogia pela Faculdade de Educação da UFMG.

Héber Cláudio Silva Arquiteto e Urbanista (Universidade Presbiteriana Mackenzie-SP), Mestre em Habitação (Mestrado Profissional Habitação: Planejamento e Tecnologia, Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo– IPT), Professor titular do curso de técnico em edificações (ETEC) do Centro Paula Souza, Professor do curso de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil na Universidade Nove de Julho, com experiência na área de projetos arquitetônicos.

Eyre Ferreira

Mestre em Educação Tecnológica pelo Centro Federal de Educação Tecnoló¬gica de Minas Gerais (CEFET/MG).Pesquisadora do PROGEST/ (CEFET – MG). Coordenadora Pedagógica e Professora da Rede Pública Municipal de Belo Hori¬zonte – (SMED/BH).

João Bosco Laudares

Doutor em Educação na área de concentração: História e Filosofia da Educação pela PUC-São Paulo. Pesquisador e Professor da PUCMinas em cursos de Graduação e Pós-Graduação na área de Matemática e Educação Matemática, e Pesquisador do CEFETMG nas áreas de Educação Técnica e Tecnológica e Qualificação Profissional.”

Luciano Rodrigues Costa

Sociólogo pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mestre em Extensão Rural (UFV) Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com estágio doutoral na Universidade de Toulouse le Mi¬rail e na École des Hautes Études en Sciences Sociales. Professor adjunto na Uni¬versidade Federal de Viçosa. É autor, entre vários artigos, do livro “Trabalhadores em Construção: mercado e trabalho, redes sociais e qualificações na Construção Civil.” (Editora CRV, 2013)

Nicolas Jounin

Professor no departamento de Sociologia da Universidade Paris 8. Pesqui¬sador no laboratório CRESPPA (Centro de pesquisas sociológicas e políticas de Paris). Seu primeiro livro: “Chantier interdit au public” (La Découverte, 2008) trata das relações de trabalho, da precariedade e do racismo no Setor da construção civil na região de Paris. Com quatro outros autores escreveu uma história das inédi¬tas greves de trabalhadores em situação irregular na França “On bosse ici, on reste ici!”, (La Découverte, 2011).

Rosa Elisa M. Barone

Socióloga (UNESP – Araraquara), Mestre em Educação (PUC-SP), Doutora em Educação (PUC-SP). Atualmente é professora Mestrado Profissional Adoles¬cente em Conflito com a Lei, da UNIBAN-Anhanguera – São Paulo, com pesquisa voltada para a inserção laboral de adolescentes em cumprimento de medida so¬cioeducativa. Desenvolve trabalhos voltados para as áreas de Educação e Políti¬cas Públicas e Educação e Trabalho. Além dos artigos publicados em periódicos, é autora do livro Canteiro-escola: trabalho e educação na construção civil (EDUC/ FAPESP, 1999), co-organizadora de Educação e Políticas Públicas: tópicos para o debate (Junqueira & Marin, 2007), coorganizadora de “Formação de Pedagogos e Cotidiano Escolar (Alexa Cultural, 2009).