Capa do livro: ESTUDOS CURRICULARES<br>Um Debate Contemporâneo

ESTUDOS CURRICULARES
Um Debate Contemporâneo

Autores: José Carlos Morgado - Lucíola Licínio de Castro Paixão Santos - Marlucy Alves Paraíso

livro impresso
de R$ 61,49 por
livro digital
de R$ 61,49 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O campo do currículo na contemporaneidade é desafiado por questões de diversas ordens, tais como: a dificuldade de definição precisa dos seus objetos de estudos; as divergências teóricas e políticas suscitadas pelas diferentes perspectivas existentes no campo; as inúmeras avaliações que instituem a lógica do desempenho nas escolas; o papel regulador exercido por organismos internacionais; as demandas de diferentes grupos culturais por representação nos currículos escolares; a relação que os currículos escolares estabelecem ou não com os diferentes artefactos tecnológicos e culturais. Exatamente por isso, o debate contemporâneo dos estudos curriculares é a temática geral que aglutina os trabalhos tratados pelas/os diferentes pesquisadoras/es que escrevem neste livro. Os capítulos que o integram deixam evidente que as questões enfrentadas no debate contemporâneo sobre currículos são inúmeras e de diferentes tipos e só podem ser analisadas com diferentes perspectivas e abordagens. É a isso que este livro busca dar visibilidade.

 

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-8042-775-2
DOI: 10.24824/978858042775.2
Ano de edição: 2013
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 236
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

ESTUDOS CURRICULARES<br>Um Debate Contemporâneo

Autores

Ana Mouraz

É doutorada em Ciências da Educação pela Universidade de Coimbra. É investigadora auxiliar da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (Portugal). Tem participado em diversos projetos de in­vestigação e publicado no campo dos estudos curriculares, formação e traba­lho docente, nomeadamente sobre o Ensino Superior.

 

André Marcio Picanço Favacho

Professor Adjunto da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-Gra­duação da UFMG. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Currículos e Culturas (GECC/UFMG), e membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas Sobre Trabalho Docente, Formação de Professores e Discurso Pedagógico (UEMG). Atualmente pesquisa as noções de discurso pedagógico e experiência docente a partir das teorizações foucaultianas.

 

Antonio Carlos Amorim

Realizou doutorado na Unicamp. É professor Livre Docente da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, atuando na graduação e na pós-graduação. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq, nível 1D, tem pesquisado, publicado e orientado dissertações e teses em temáticas relativas às culturas audiovisuais, buscando articulações principalmente com a arte, o cur­rículo e as filosofias da diferença. O artigo deste livro foi escrito em coautoria com Laura Sodré Vernin - Graduada em Licenciatura em Biologia, pela PUC­Campinas, e em Pedagogia, pela Universidade Estadual de Campinas. Bolsista de Iniciação Científica, CNPq – e João Paulo Prioli – Acadêmico do Curso de Música – Licenciatura e Bacharelado da Universidade Estadual de Campinas. Bolsista de Iniciação Científica, CNPq.

 

Bento Duarte Silva

Realizou doutorado em Educação, na área da Tecnologia Educativa, na Uni­versidade do Minho. É Professor Catedrático do Instituto de Educação da Univer­sidade do Minho, atuando na graduação e pós-graduação nos Cursos de Educação e de Ensino. Atualmente, é Diretor do Departamento de Estudos Curriculares e Tecnologia Educativa. É membro do Centro de Competência da UM para a área das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação (TICE). É Autor de diversos trabalhos de investigação sobre Tecnologia e Comunicação Educacional, recaindo os seus atuais interesses de investigação na concepção, desenvolvimento e avaliação de estratégias para a integração das Tecnologias Digitais de Informa­ção e Comunicação (TDIC) na Educação, particularmente na Educação Online.

 

Carmen Teresa Gabriel

Realizou doutorado na PUC/RJ. É professora titular de Currículo da Facul­dade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (FE/UFRJ), atu­ando na graduação e na pós-graduação. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq, nível 2, tem pesquisado, publicado e orientado dissertações e teses no campo do currículo e no ensino de história com ênfase na interface conhecimen­to, cultura, poder.

 

Daisy Moreira Cunha

Doutora em Filosofia pela Universidade de Provence/França. Pós-doutora em Educação de Adultos/CNAM-Paris. Coordenadora do PPGE Conhecimen­to e Inclusão Social/FaE/UFMG. Editora da Revista Trabalho e Educação do Núcleo de Estudos sobre Trabalho e Educação – NETE/UFMG. Pertence ao Comitê Editorial de vários periódicos nacionais e estrangeiros. Coordenadora do Projeto de Pesquisa, Ensino e Extensão Conexões de Saberes sobre Trabalho. Tem pesquisado o trabalho a partir de referenciais téorico-metodológicos que o abordam numa perspectiva clínica. Organizou vários livros e publicou vários artigos em periódicos nacionais e estrangeiros.

 

Eliane Cordeiro de Vasconcellos Garcia Duarte

Doutoranda em Ciências da Educação, especialidade Tecnologia Educati­va, na Universidade do Minho/ Portugal. Mestre e especialista em Tecnologias de Informação e Comunicação para Formação em EAD. Atualmente coorde­na o Empreendedorismo e a Incubação de Empresas da Agência de Inovação UFPR. Membro de grupos de pesquisa na área de empreendedorismo, também é autora de artigos e de capítulos de livros, um sobre Direito Autoral e três livros sobre Empreendedorismo.

Fernando César Sossai

Doutorando em Educação na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Professor na Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE). Pes­quisador atuando no Projeto de Pesquisa “Aulas Conectadas? Mudanças curri­culares e aprendizagem colaborativa no PROUCA em Santa Catarina. Publica e pesquisa na área da educação, com ênfase em estudos curriculares, ensino de história e artefatos audiovisuais.

 

Francisco Sousa

É doutorado em educação pela Universidade dos Açores e Professor Au­xiliar na mesma instituição. É também investigador no Centro de Investigação em Estudos da Criança, Universidade do Minho e co-convenor da rede 3 (Cur­riculum Innovation) da European Educational Research Association (EERA). Tem lecionado, investigado, publicado e orientado dissertações no campo do currículo e campos afins.

 

Geovana Mendonça Lunardi Mendes

Realizou pós-doutorado em Ashland University (EUA) e UdeSA – Uni­versidad de San Andrés(Argentina) e doutorado no Programa de Pós-graduação em Educação, História, Política e Sociedade da PUC-SP. É professora Perma­nente da Faculdade de Educação da Universidade do Estado de Santa Catarina (FAED/UDESC), atuando na graduação e na pós-graduação. Pesquisadora/co­ordenadora de projetos do OBEDUC/CAPES e também CNPq, tem pesquisado, publicado e orientado dissertações e teses no campo do currículo, novas tecno­logias e educação especial.

 

Inés Dussel

Atualmente trabalha no Departamento de Investigações Educativas (DIE­-CINVESTAV), México. Foi diretora da área de Educação da Faculdade Latino­americana de Ciências Sociais (Flacso/Argentina) entre 2001 y 2008. Publicou vários livros e artigos sobre teoria e história da pedagogia e ultimamente inves­tiga sobre escola e os novos meios digitais. No Brasil, com Marcelo Caruso, publicou o livro “Invenção da sala de aula - a genealogia das formas de ensinar” e vários artigos.

 

Isabel Carvalho Viana

Realizou doutorado na Universidade do Minho. É Professora Auxiliar da Universidade do Minho, atuando na graduação e na pós-graduação e na linha de investigação “A construção teórica e prática do currículo em contextos for­mais, não formais e informais”. É membro do projecto International Teacher ­Leadership (ITL) e da Europe na Association on Curriculum Studies (Euro ACS). Tem orientado dissertações e orienta teses no campo do currículo. Desenvolve pesquisa nas áreas de projecto, criatividade, mudança educacional e educação urbana inteligente (a formação e os novos espaços para aprender e ensinar). Tem artigos, capítulos de livro e livro publicados.

 

Karine Pinheiro de Souza

Doutoranda em Ciências da Educação, especialidade em Tecnologia Educati­va, na Universidade do Minho/Portugal. Bolsista da Fundação de Ciência e Tecnolo­gia de Portugal – FCT/2011. Desenvolve projetos e pesquisas na área de Educação e Tecnologia. Atua com experiências exitosas na área de Tecnologia na Educação, premiada em 2003, atualmente recebeu Prêmio Economia Criativa 2012 – Fomento a Iniciativas Empreendedoras e Inovadoras, com o Projeto Agentes Digitais.

 

Lúcia Helena Alvarez

Possui graduação em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católi­ca de Minas Gerais (1978), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (1993) e doutorado em Pedagogia pela Universidade de Va­lencia, Espanha (2002). Possui Pós-Doutorado pela Universidade de Málaga, Espanha (2010). Atualmente é professora associada da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação e Movimentos Sociais, atuando principalmente nos seguintes temas: educação integral e integrada, educação indígena. Coordena o grupo de pesquisa e exten­são - TEIA (Territórios, Educação Integral e Cidadania) e o Observatório da Educação Integral, ambos da Faculdade de Educação da UFMG.

 

Rita Amélia Teixeira vilela

Professora aposentada da UFMG e atual docente do Programa de Pós-Gra­duação em Educação da PUC Minas. Doutora em Educação pela Universidade de Frankfurt/M. Desenvolve pesquisas empíricas sobre práticas curriculares na Educação Básica e pesquisa teórica sobre o legado da Teoria Crítica de Theodor Adorno para o conhecimento e discussão da função da escola na contempora­neidade. É fundadora e Coordenadora do Grupo de Pesquisa Teoria Crítica e Pesquisa Empírica em Educação na Puc Minas cujo trabalho se orienta na me­todologia de análise sociológica Hermenêutica Objetiva de Ulrich Oevermann, que é fundamentada pela Dialética Negativa de Theodor Adorno.

 

Shirlei Rezende Sales

Professora do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da UFMG e Professora Adjunta do Departamento de Administração Escolar, na mes­ma instituição. Possui doutorado em educação, vinculado à linha de pesquisa: Educação Escolar: Instituições, Sujeitos e Currículos. Membro do Observatório da Juventude da UFMG e do GECC (Grupo de Estudos e Pesquisas em Currículos e Culturas da FaE/UFMG). Tem experiência no campo educacional, com ênfase nas seguintes temáticas: Currículo, práticas culturais, juventude, redes sociais, po­lítica educacional, projeto político pedagógico e coordenação pedagógica.

 

Wanilde Mary Ferrari Auarek

Realizou doutorado na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais com estágio no exterior no Instituto de Ergologia da Univer­sidade de Provenc, na França. É professora do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) atuando no Ensino Básico Técnico e Tecnológico. Tem pesquisado e publicado artigos sobre o trabalho docente, a ergologia e a ergonomia nos seus envolvimentos com as demandas dos campos as educação e da saúde.