Capa do livro: “Entre o nó e o laço”: <br>Para compreender famílias em diferentes contextos

“Entre o nó e o laço”:
Para compreender famílias em diferentes contextos

Autores: Normanda Araujo de Morais - Aline Nogueira de Lira - Mykaella Cristina Antunes Nunes (Orgs.)

É com imensa alegria e satisfação que apresentamos a você o livro “Entre o nó e o laço”: Para compreender famílias em diferentes contextos. O título escolhido faz menção à dicotomia entre família como fator de risco (“nó”) e a família como fator de proteção (“laço”). Entendemos ser de especial relevância, para todo e qualquer profissional que pesquise e trabalhe com famílias, que considere tal ambiguidade e complexidade. E que, para além disso, seja capaz de identificar os nós e os laços que, respectivamente, dificultam ou favorecem o desenvolvimento das famílias.
Em conjunto, os 17 capítulos que compõem essa obra devem permitir aos(às) leitores(as) insights importantes, sobretudo em virtude das três perspectivas teóricas - sistêmica, interseccionalidade e resiliência – que o alicerçam. Além disso, um diferencial importante do livro é que ele retrata a realidade de vida de grupos vulnerabilizados socialmente, tradicionalmente negligenciados na Psicologia, tais como vítimas de violências diversas (sexual, digital, por parceiro íntimo), minorias sexuais e de gênero, pessoas vivendo com HIV, pessoas com deficiência, trabalhadores infantis, em situação de rua etc.
Esperamos que o livro o(a) conduza em seus estudos, pesquisas e/ou atuação com famílias. E que, assim, você possa ser cada vez mais “laço”!

Impresso
de R$ 123,48 por
R$ 94,98
Digital
de R$ 123,48 por
R$ 86,44

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-6559-2
ISBN DIGITAL:978-65-251-6558-5
DOI: 10.24824/978652516559.2
Ano de edição: 2024
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 396
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

  • APRESENTAÇÃO - 11
  • FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE E A PANDEMIA DE COVID-19: contribuições da resiliência e da perspectiva interseccional - 15
  • INTERAÇÃO FAMÍLIA-TRABALHO: desafios e possibilidades à maternidade e à paternidade - 39
  • ENTRELAÇAMENTOS ENTRE RELIGIOSIDADE/ ESPIRITUALIDADE E DINÂMICA FAMILIAR NOS PROCESSOS DE SAÚDE-DOENÇA - 57
  • ABUSO DIGITAL: o papel dos vínculos familiares na dinâmica abusiva - 75
  • VIOLÊNCIA POR PARCEIRO(A) ÍNTIMO(A) CONTRA MULHERES: dinâmica e enfrentamento a partir de análise interseccional - 95
  • FAMÍLIAS E VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES - 113
  • CARACTERÍSTICAS E RELAÇÕES FAMILIARES DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RUA - 133
  • O CONTEXTO FAMILIAR DO(A) TRABALHADOR(A) INFANTIL - 157
  • EM NOME DE QUAIS FAMÍLIAS BRASILEIRAS BATE O MARTELO DA JUSTIÇA? REFLEXÕES SOBRE O SISTEMA SOCIOEDUCATIVO E A PENALIZAÇÃO COMPARTILHADA ENTRE ADOLESCENTES E FAMILIARES - 181
  • CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA BIOECOLÓGICA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO PARA ESTUDOS E INTERVENÇÕES COM FAMÍLIAS ADOTIVAS - 197
  • ADOLESCENTES LGBTQIA+ E SUAS FAMÍLIAS: perspectivas sobre a saída do armário e atuação da psicologia - 215
  • FATORES DE RISCO E DE PROTEÇÃO NO CONTEXTO FAMILIAR DE ADOLESCENTES TRANSGÊNEROS - 235
  • ORIENTAÇÃO DE PAIS COM FILHOS ADOLESCENTES TRANSGÊNEROS E PROMOÇÃO DE RESILIÊNCIA FAMILIAR - 261
  • IMPACTOS DO HIV NO INDIVÍDUO E NA FAMÍLIA - 283
  • FATORES ASSOCIADOS AOS PROCESSOS DE RESILIÊNCIA EM FAMÍLIAS DE PESSOAS AUTISTAS - 303
  • FAMÍLIAS E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: entre desafios e superações - 327
  • RESILIÊNCIA EM ADOLESCENTES SURDOS DURANTE A PANDEMIA DO COVID-19 - 359
  • ÍNDICE REMISSIVO - 381
  • SOBRE OS(AS) AUTORES(AS) - 389
ALINE NOGUEIRA DE LIRA (ORG.)

Mestre e Doutora em Psicologia pela Universidade de Fortaleza. Docente do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Coordenadora do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS).

ALINE POMPEU SILVEIRA

Doutoranda em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Bolsista CAPES. Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

ALISSON SARAIVA GADELHA

Graduado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Psicólogo clínico.

ANA CRISTINA SERAFIM DA SILVA

Mestra e doutora em Psicologia Social pela Universidade Federal da Paraíba. Docente do Curso de Psicologia da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Coordena o Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Infâncias e Adolescências – GEPIA.

BEATRIZ GROSS CURIA

Psicóloga e Mestre em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Colaboradora do Grupo de Pesquisa Violência, Vulnerabilidade e Intervenções Clínicas (GPeVVIC). Psicóloga clínica particular.

BEATRIZ NOBRE CARVALHO

Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Especialista em Terapia Sistêmica de Casais e Famílias. Psicóloga clínica e escolar.

BIANCA CARDOSO SALES

Mestra em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

BRENNA BRAGA DOS ANJOS

Mestra em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Docente de Graduação em Psicologia. Coordenadora do Projeto de Extensão Fortalecendo Famílias (UniChristus). Psicóloga clínica (crianças, adolescentes e adultos).

CAMILLA RAMALHO RAMOS

Graduada em Psicologia Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

CARMEM PLÁCIDA SOUSA CAVALCANTE

Mestra e doutora em Psicologia pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Integrante do Observatório da População Infanto-juvenil em contextos de violência (OBIJUV) e do Grupo de Pesquisa Marxismo e Educação (GPM&E), ambos na UFRN. Coordenadora da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia do RN.

DENISE PEREIRA DOS SANTOS

Doutora em Psicologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Docente do Departamento de Fundamentação da Educação, no Centro de Educação, da Universidade Federal da Paraíba – UFPB, na área de Fundamentos Psicológicos da Educação. Integrante do Núcleo de Pesquisas e Estudos sobre o Desenvolvimento da Infância e Adolescência – NUPEDIA/UFPB.

EDINETE MARIA ROSA

Mestra em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo. Doutora em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo. Docente da Universidade Federal do Espírito Santo. Coordena o Núcleo de Estudos, Pesquisa e Intervenção com Crianças, Adolescentes e Famílias – NECRIAD.
Bolsista de Produtividade 2C do CNPq.

FABIO SCORSOLINI-COMIN

Mestre e Doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Docente do Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP). Pesquisador do Laboratório de Ensino e Pesquisa em Psicologia da Saúde (FFCLRP-USP), do Laboratório de Etnopsicologia (FFCLRP-USP) e do POÁ – Psicologias para Organizações Populares e Ancestralidades (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia). Bolsista de Produtividade em Pesquisa 1D do CNPq.

GABRIEL MIRANDA

Mestre e doutor em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Integrante do Observatório da População Infantojuvenil em Contextos de Violência (OBIJUV-UFRN) e do Grupo de Pesquisas Marxismo e Educação (GPME-UFRN). Docente do Instituto Federal do Pará.

ILANA LEMOS DE PAIVA

Mestra em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Doutora pelo programa integrado de pós-graduação em Psicologia Social UFRN/UFPB. Coordena do Observatório da População Infantojuvenil em Contextos de Violência (OBIJUV/UFRN). Bolsista de Produtividade 2C do CNPq.

JAQUELINE SOBREIRA RODRIGUES

Mestra e doutoranda em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Docente do curso de Psicologia na Faculdade Ari de Sá e UniNassau.

JÚLIA CARVALHO ZAMORA

Doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Integrante do Grupo de Pesquisa Violência, Vulnerabilidade e Intervenções Clínicas (GPeVVIC) do Programa de Pós-graduação em Psicologia da PUCRS. Psicóloga clínica.

JULIA DE OLIVEIRA CHOTGUES

Mestre e Doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Integrante do Grupo de Pesquisa Violência, Vulnerabilidade e Intervenções Clínicas (GPeVVIC) do Programa de Pós-graduação em Psicologia da PUC-RS. Psicóloga clínica.

LARISSA SIQUEIRA CAVALCANTE

Doutoranda em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

LEANDRA LÚCIA MORAES COUTO

Mestra e doutora pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia (PPGP) da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Professora adjunta no Departamento de Educação Infantil da Universidade Federal de Viçosa. Integrante do Laboratório de Psicologia da Moralidade (LAPSIM – UFES) e do Núcleo de Estudo, Pesquisa e Intervenção com Crianças, Adolescentes e Famílias (NECRIAD – UFES).

LISSANDRA JUSTO ANIBAL DE SOUSA

Graduada em Psicologia Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Integrante do Núcleo de Pesquisas e Estudos sobre o Desenvolvimento da Infância e Adolescência – NUPEDIA/UFPB.

LÍVIA REBOUÇAS DA COSTA

Mestra e doutoranda em Psicologia pela Universidade Federal do Rio grande do Norte (UFRN). Integrante do Observatório da População Infantojuvenil em Contextos de Violênica (OBIJUV/UFRN) e ao Grupo de Pesquisas Marxismo & Educação (GPME/UFRN).

LUCAS ROSSATO

Mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Doutor em Ciências pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo – EERP/USP. Pós-Doutorando em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Integrante do Núcleo de Estudos sobre Famílias e Instituições Educacionais e Sociais (NEFIES/UFRGS), do Laboratório de Pesquisa em Psicologia, Saúde e Sociedade (ORÍ/EERP-USP), do Grupo de Pesquisa Teoria Histórico-Cultural e Processos Psicossociais, da Universidade Federal de Catalão. Integrante do Centro de Psicologia da Saúde da EERP-USP.

LUÍSA FERNANDA HABIGZANG

Doutora e Pós-Doutora no Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora adjunta no Curso de Graduação e no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Violência, Vulnerabilidade e Intervenções Clínicas (GPeVVIC) do Programa de Pós-graduação em Psicologia da PUC-RS. Psicóloga clínica. Bolsista Produtividade em Pesquisa 1C.

MAÍRA BASTOS MARQUES

Mestranda em Psicologia da Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

MARIA DE FÁTIMA PEREIRA ALBERTO

Doutora em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco. Pós-Doutora em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professora Titular da Universidade Federal da Paraíba, do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social. Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento da Infância e Adolescência (NUPEDIA). Integra também a Red Iberoamericana para la Docencia e Investigación en Derechos de la Infancia (REDIDI). Bolsista Produtividade em Pesquisa 1C do CNPQ.

MARIANA PINHEIRO PESSOA DE ANDRADE AGUIAR

Doutora em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Pós-doutoranda em Planejamento e Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará. Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Analista do Seguro Social com formação em Serviço Social do Instituto Nacional do Seguro Social.

MYKAELLA CRISTINA ANTUNES NUNES (ORG.)

Mestra e Doutora em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Psicóloga Hospitalar do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará – CH-UFC.

NATHALIA KOKKONEN DOS SANTOS

Graduanda em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

NORMANDA ARAUJO DE MORAIS (ORG.)

Mestra e Doutora em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Docente do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (PPG – UNIFOR). Coordenadora do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS). Bolsista de Produtividade 1C do CNPq.

PATRÍCIA OLIVEIRA LIMA

Mestra e doutoranda em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Bolsista Capes. Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Psicóloga Clínica.

PRISCILA LAWRENZ

Mestra e doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS. Pós-doutoranda e integrante do Grupo de Pesquisa Violência, Vulnerabilidade e Intervenções Clínicas (GPeVVIC/PPG Psicologia/PUCRS). Docente do Curso de Graduação em Psicologia da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos.

RAQUEL CUNHA LIMA VASCONCELOS

Mestra e doutoranda em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Bolsista FUNCAP.

Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Psicóloga Clínica.

REBECA FERNANDES FERREIRA LIMA

Mestra e Doutora em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Pós-doutoranda na Universidade de Fortaleza (Bolsista CAPES). Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

SABRINA KELLY GOMES DE SOUZA

Mestranda em Psicologia da Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Bolsista FUNCAP. Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

SARA GUERRA CARVALHO DE ALMEIDA

Mestra e Doutora em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Docente do Curso de Graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

THOMAS BORGES COSTA

Mestre e Doutorando em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Bolsista CAPES. Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

VITÓRIA MOURA GOES

Graduanda em Psicologia (bacharelado) na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Pesquisadora e Extensionista no Núcleo de Pesquisas e Estudos sobre a Infância e a Adolescência (NUPEDIA).

VIVIAN FUKUMASU DA CUNHA

Mestra em Psicologia pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Doutora em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Psiquiátrica da Universidade de São Paulo (Campus Ribeirão Preto).

WÉRICLIS ANTONIO DUARTE BARBOSA DE LACERDA

Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Integrante do Laboratório de Estudos dos Sistemas Complexos: casais, família e comunidade (LESPLEXOS), do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Psicólogo clínico.