Capa do livro: Cultura afro-brasileira, escola e sociedade

Cultura afro-brasileira, escola e sociedade

Autores: Maria Alice Rezende Gonçalves (Org) - Sormani da Silva - Filipe Luiz Cerqueira Carvalho (Autores)

Hoje, somos 112,7 milhões de afro-brasileiros, 56% da população brasileira produzindo, reproduzindo e compartilhando as culturas afro-brasileiras com toda a “comunidade imaginada” chamada Brasil.  A Lei nº 10639/03 tornou obrigatória, nos currículos escolares, a diversidade de cosmopercepções do mundo trazidas pelas das culturas de matriz africana.  Esta obra, convida a todos a pensar o país como pluricultural buscando no dia a dia responder à pergunta: como reconhecer as culturas afro-brasileiras dada ao inegável diálogo permanente estabelecido entre elas e as demais culturas?   Ao fazer circular os registros das culturas diaspóricas, manteremos vivas e pulsantes a   história e a memória dos afro-brasileiros, afirmando nossa etnicidade e os ditames da educação antirracista e democrática.

Impresso
de R$ 46,54 por
R$ 35,80
Digital
de R$ 46,54 por
R$ 32,58

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-6434-2
ISBN DIGITAL:978-65-251-6430-4
DOI: 10.24824/978652516434.2
Ano de edição: 2024
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 86
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

  • APRESENTAÇÃO - 9
  • A FEIRA DAS IABÁS EM MADUREIRA/RIO DE JANEIRO: comida, música e cultura afro-brasileira - 13
  • MANO ELÓI E O SAMBA NA DINÂMICA DA CULTURA NEGRA BRASILEIRA UM SEMEADOR DE ESCOLAS DE SAMBA - 39
  • A III CONFERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA AMÉRICA LATINA E CARIBE: considerações sobre interculturalidade, decolonialidade e raça - 57
  • SOBRE OS AUTORES - 83
  • ÍNDICE REMISSIVO - 85
ORGANIZADORA

MARIA ALICE REZENDE GONÇALVES

Professora Titular da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Docente da Faculdade de Educação da UERJ e do Programa de Pós-Graduação em Educação FEBF/UERJ. Coordenadora do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da UERJ.  Bolsista do Prociência UERJ/FAPERJ.  Antropóloga desenvolvendo pesquisa em Antropologia Educação, Políticas Públicas e Cultura Afro-brasileira.

AUTORES

SORMANI DA SILVA

Doutor em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio); Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Relações Étnico-raciais – PPRER Cefet-Rj Historiador e Pesquisador do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da UERJ.  Atualmente desenvolve pesquisas nas áreas de Memória Social e Cultura Negra.


FILIPE LUIZ CERQUEIRA CARVALHO 

Doutorando em Educação pela Universidade de São Paulo – USP. Mestre em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro/PPGECC/UERJ. Pesquisador do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da UERJ. Pedagogo, atualmente é bolsista pela CNPQ, desenvolvendo pesquisa na área do ensino superior, relações raciais e estudos decoloniais.