Capa do livro: Representantes do poder e suas ações culturais na antiguidade e no medievo

Representantes do poder e suas ações culturais na antiguidade e no medievo

Autores: Andrea Lúcia Dorini de Oliveira Carvalho Rossi - Margarida Maria de Carvalho (Orgs.)

Esta coletânea convida o público a pensar outras formas de expressão do poder, não somente aquele centrado nas figuras dos reis, dos imperadores, dos bispos e das elites. Os diversos capítulos que compõe este livro apresentam uma nova abordagem a respeito da História Política, renovada nas últimas décadas pela influência da História Cultural, que postula uma nova percepção do papel da cultura e dos discursos na manutenção do poder. Os autores e as autoras dos capítulos, por serem especialistas nas áreas de História Antiga e do Medievo, oferecem novas perspectivas de análise dos documentos, permitindo uma leitura atualizada de como o poder se estabelece e se manifesta nos diversos contextos históricos. Entre as convergências e as especificidades de cada texto, encontramos a construção e a desconstrução de diversas figuras vinculadas ao poder, inclusive a inserção do estudo das mulheres e suas relações com as esferas de governo. Ao final da leitura, compreendemos a importância do estudo do mundo antigo e medieval para visualizarmos como as instituições e os sujeitos históricos construíram o caminho até o tempo presente.

- Profa. Dra. Nathalia Monseff Junqueira

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Pesquisadora do G.LEIR– UNESP/Franca

Impresso
de R$ 117,94 por
R$ 90,72
Digital
de R$ 117,94 por
R$ 82,56

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-6224-9
ISBN DIGITAL:978-65-251-6225-6
DOI: 10.24824/978652516224.9
Ano de edição: 2024
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 372
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

  • PREFÁCIO I - 9
  • PREFÁCIO II - 11
  • O REI AMURRITA YAR?M-L?M DE YAM?AD E A CONSTRUÇÃO DE UMA DINASTIA ALEPINO-MARIYANUM NO PERÍODO PROTOBABILÔNIO - 15
  • ASPECTOS DE LA REPRESENTACIÓN DE ALEJANDRO EL GRANDE EN LAS FUENTES JUDÍAS Y EGIPCIAS - 41
  • REPRAESENTATIONES PRINCIPIS: a construção da imagem de Tibério e o julgamento de Clutório Prisco (21 d.C) nas obras de Tácito e Dião Cássio - 53
  • IMAGENS CONTRASTANTES: o imperador Cláudio entre aristocracia senatorial e os emergentes, tradição textual e Arqueologia - 77
  • A CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO PERSONAGEM MEDEIA EM POMPEIA - 99
  • PODER E LEGITIMAÇÃO: a dominação da Palestina sob Vespasiano na ótica de Flávio Josefo (séc. I d.C.) - 115
  • DESCONSTRUÇÕES E CONSTRUÇÕES DA IMAGEM FEMININA POR MEIO DA LITERATURA: O Caso de Ummídia Quadratilla - 123
  • HISTÓRIA E INTELECTUAIS EM PLÍNIO, O JOVEM: um ensaio sobre a escrita na e da Antiguidade Clássica - 147
  • AS CONCEPÇÕES MÉDICAS DE JULIANO E ORIBÁSIO E SUAS PREOCUPAÇÕES COM A ALIMENTAÇÃO DAS TROPAS MILITARES (355-363 E.C.) - 165
  • ILLUSTRIS POSSESSORES: Proprietários e villae nos tempos de Teodósio na província romana da Lusitania - 187
  • A RELIGIOSIDADE DE AMBRÓSIO DE MILÃO: elaboração e fortalecimento de uma santidade na Vita Ambrosii de Paulino de Milão (séc. V d.C.) - 203
  • SOBRE A RESSIGNIFICAÇÃO DA CONTROVÉRSIA CRISTOLÓGICA NAS GÁLIAS (SÉCULOS V-VIII) - 225
  • HERÓIS E VILÕES: a representação dos imperadores romanos nas crônicas árabes e latinas alto medievais da Península Ibérica - 247
  • MOSHÉ BEN NACHMAN – NACHMANIDES - 271
  • UM PRÍNCIPE LETRADO: o infante D. Pedro de Portugal e sua viagem pela cristandade - 291
  • JEAN DE BÉTHENCOURT E A HISTÓRIA ACIDENTADA DA CONQUISTA DAS CANÁRIAS - 311
  • ÍNDICE REMISSIVO - 359
  • SOBRE OS AUTORES - 365
ADRIANA ZIERER

Doutora em História na Universidade Federal Fluminense (UFF). Pós-Doutora na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), junto ao Groupe d’Anthropologie Historique de l’Occident Médiéval (GAHOM). Pertence aos Programas de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual do Maranhão (PPGHIST-UEMA) e da Universidade Federal do Maranhão (PPGHIS-UFMA). É Professora Associada de História na UEMA, coordenadora do Grupo de Estudos Celtas e Germânicos (Brathair) e do Laboratório de História Antiga e Medieval (Mnemosyne). Participa do Grupo Luso-Brasileiro Raízes Medievais do Brasil Moderno. É editora-chefe da Brathair (Revista de Estudos Celtas e Germânicos) e uma das diretoras da revista Mirabilia. Bolsista de Produtividade do CNPq no período 2021-2024.

ANDRÉ CARNEIRO

Professor Associado com Agregação no Departamento de História da Universidade de Évora, onde lecciona temas relacionados com a Arqueologia Romana e História das Sociedades Clássicas. Completou o seu doutoramento em Arqueologia em 2011 com o trabalho Povoamento rural no Alto Alentejo em época romana. Vectores estruturantes durante o Império e Antiguidade Tardia, publicado como monografia em 2014, sobre as estruturas e redes de povoamento rural em época romana no território do Alto Alentejo, aos temas da Antiguidade e da Socialização da Arqueologia, sendo responsável pelos workshops Arqueologia 3.0 com Mónica Rolo. Desde 2012 dirige escavações arqueológicas anuais na villaromana da Horta da Torre (Fronteira) e é co-responsável pelas escavações na villa de Santa Vitória do Ameixial (Estremoz), além de ser responsável científico pela villa de Pisões(Beja).

ANDREA LÚCIA DORINI DE OLIVEIRA CARVALHO ROSSI

Professora Livre-docente de História Antiga do Departamento de História Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, campus de Assis e do Programa de Pós-Graduação em História da Unesp. É coordenadora do Núcleo de Estudos Antigos e Medievais (NEAM) da UNESP, fundou o Centro de Pesquisas e Estudos Plinianos em 2014 que é um projeto digital desenvolvido em parceria com a Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) por meio de um portal e em 2020, fundou o grupo de estudos #Veredas_Digitais sobre Humanidades Digitais que se tornou o Centro de Tecnologias e Humanidades #Veredas_Digitais da FCL de Assis. Publicou o livro Migrações e Imigrações entre Saberes, Culturas e Religiões no Mundo Antigo e Medieval (2009).

DOUGLAS MOTA XAVIER DE LIMA

Professor Adjunto da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), campus Santarém, na área de História Antiga e Medieval. Doutor (2016) e Mestre (2012) em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense (UFF). Bacharel e licenciado em História (2009) pela UFF. Pós-Doutorado em História pela UNESP-Franca (2021-2023). Pesquisa temas relacionados ao Poder e sociedade na Baixa Idade Média Ibérica, Diplomacia e relações diplomáticas medievais, Viagens medievais e Ensino de História. Coordenador do LEGATIO: Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em História Medieval e Ensino de História, e vice-líder do Sigillum: Estudos sobre Diplomacia na Época Moderna (séc. XIV-XVIII). Membro do grupo Luso-brasileiro de História Medieval “Raízes Medievais do Brasil Moderno”.

IVAN ESPERANÇA ROCHA

Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo, e livre docente na UNESP. Atualmente é Professor Doutor da Faculdade de Ciências e Letras – FCL-UNESP/Assis. Publicou 10 artigos em periódicos especializados e 45 trabalhos em anais de eventos. Possui 10 capítulos de livros, 5 livros publicados e 6 livros traduzidos. Orientou dissertações de mestrado, teses de doutorado e supervisionou pós-doutorados, além de ter orientado pesquisas de iniciação científica na área de História. Foi cofundador da Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR). É co-coordenador do Núcleo de Estudos Antigos e Medievais da UNESP (NEAM), Campus de Assis. De 2007 a 2011 foi vice-diretor e de 2011 a 2015 foi diretor da Faculdade de Ciências e Letras da UNESP-Campus de Assis-SP e Presidente do Conselho Curador da VUNESP de 2017 a 2022.

JANIRA FELICIANO POHLMANN

Pós-Doutoranda em História na Universidade Federal do Paraná e Professora no Colégio Positivo Júnior (Curitiba, PR). Pesquisadora do Núcleo de Estudos Mediterrânicos da UFPR e do Grupo do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano da UNESP Franca. Seus temas de pesquisa são cristianismo católico antigo e relações de poder no Império Romano Ocidental no período da Antiguidade Tardia.

JOÃO BATISTA RIBEIRO SANTOS

Doutor em Teologia pela Universidade Metodista de São Paulo (Umesp), mestre em Teologia pela mesma universidade e mestre em História Política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). É professor de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp). Publicou 5 livros autorais, sendo que o último lançado foi A difusão iconográfica da religião: Historiografia de políticas de guerra e representações visuais na Antiguidade Oriental (2024).

JOÃO VICTOR LANNA DE FREITAS

Mestre e doutor em História pela Universidade Federal de Ouro Preto, com estágio acadêmico na University of St Andrews, UK. Durante o doutorado desenvolveu pesquisas sobre o crimen maiestatis na literatura romana dos períodos republicano e imperial. Tem interesse em temas como Política na República Tardia e no Alto Império Romano, História do Direito Romano e Historiografia Romana.

JORGE ELICES OCÓN

Formado em história e com uma carreira de mais de dez anos dedicada à descoberta e recuperação do passado a partir de suas fontes escritas e materiais, Jorge Elices é especialista na percepção, reutilização e ressignificação da antiguidade em contextos islâmicos, analisando o papel que os vestígios antigos desempenham dentro da nova sociedade e como contribuem para sua transformação. Suas contribuições científicas ampliaram esse foco inicial de estudo centrado em al-Andalus, considerando uma perspectiva multidisciplinar, transcultural e comparativa. Realizou estadias de pesquisa na Universidade de Oxford e no Instituto Arqueológico Alemão, em Berlim, e cursos de especialização na Universidade Humboldt de Berlim e na Universidade de Glasgow, e desenvolveu dois projetos de pós-doutorado, um na UNIFESP, financiado pela FAPESP, e outro na Universidade de Hamburgo (Roman-Islam Center), financiado pela Alexander von Humboldt-Stiftung.

MARGARIDA MARIA DE CARVALHO

Professora Livre-docente em História Antiga do departamento de História da Unesp/Franca e do Programa de Pós-Graduação em História da Unesp. É Livre-docente em História Antiga pela Unesp/Franca, doutora em História Econômica pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em História Social pela mesma universidade e bacharel em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPQ – 2 e coordenadora do Grupo do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano – Unesp/franca. Publicou um livro autoral intitulado Paideia e Retórica no século IV d.C.: A construção da imagem do Imperador Juliano segundo Gregório Nazianzeno (2010). Também foi coorganizadora de doze coletâneas, dentre elas, A Ideia de História na Antiguidade Tardia (2021), e Impérios imperadores e Redes de Sociabilidade na Antiguidade (2023).

MARIA REGINA CANDIDO

Doutorado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001) com estágio na EFA: Escola Francesa de Atenas/Grécia, Mestrado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995), Graduação em História/UFRJ e Comunicação Social/Jornalismo na Faculdade Estácio de Sá. Atualmente é Professor Associado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro/UERJ, coordenadora do Núcleo de Estudos da Antiguidade/NEA/UERJ (P.710/SR-3) e coordenadora do Curso de Especialização/Lato Sensu de História Antiga e Medieval/CEHAM da UERJ. Atuou na Coordenação do PPGH/UERJ de 2019-2021. Pesquisadora de Produtividade do CNPq. Atuou como avaliadora do INEP/MEC 2006 - 2017 na área de Comunicação Social e História. Participa do programa de Pós-Graduação da História/PPGH da UERJ e da Pós-Graduação de História Comparada/PPGHC/UFRJ.

PAULO PIRES DUPRAT

Graduação em Biblioteconomia e Documentação (UFF, 2000) e História (UFF, 2011). Defendeu mestrado em História Comparada pela UFRJ, com Norma M. Mendes (2015), e defendeu doutorado em História Antiga pela UNICAMP, com P. P. A. Funari (2023). Tem experiência em Ciência da Informação, História Romana, Arqueologia Clássica, Economia Antiga, Estudos de Gênero e História das Técnicas e dos Materiais. Trabalha como bibliotecário na Biblioteca de Obras Raras do Centro de Tecnologia da UFRJ desde 2005.

PEDRO PAULO ABREU FUNARI

Professor Titular de História Antiga do Departamento de História e do Programa de Pós-GRADUAÇÃO em História da Unicamp. Distinguished Lecturer University of Stanford, Research Associate - Illinois State University, Universidad de Barcelona, Université Laval (Canadá), líder de grupo de pesquisa do CNPq, assessor científico da FAPESP, orientador em Stanford e Binghamton, colaborador da UFPR, UFPel e Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq-2. Publicou mais de 150 livros como editor e co-organizador, dentre esses, citamos Cultura Popular na Antiguidade Clássica, a coletânea História Militar no Mondo Antigo, Antiguidade Clássica. A História e a Cultura a Partir dos Documentos e Arqueologia, Bíblia, Cristianismo e Antiguidade.

RENATA CERQUEIRA BARBOSA

Professora da Secretaria Estadual de Educação do Paraná – SEED e Professora Colaboradora da Universidade Estadual de Maringá - UEM. Atua nas áreas de História Cultural, História Antiga, Estudos de Gênero e Usos do passado. Possui Graduação e Especialização pela Universidade Estadual de Londrina – UEL, Mestrado pela Universidade Federal do Paraná – UFPR, Doutorado pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP/Assis e Pós-doutorado pela Unicamp. Atualmente desenvolve outra pesquisa de Pós-doutorado, na UNESP/Assis, sob a supervisão da professora Dra. Andréa Lúcia Dorini de Oliveira Carvalho Rossi.

ROBERTO R. RODRÍGUEZ

Profesor Adjunto Regular en la cátedra “Historia de la Antigüedad Clásica”, de la Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales, Universidad Nacional de la Patagonia San Juan Bosco, Sede Comodoro Rivadavia, Chubut, Argentina (FHCS-UNPSJB). Investigador categorizado y Profesor Adjunto Regular en la Universidad Nacional de la Patagonia Austral Unidad Académica San Julián (UNPA-UASJ). Ha dictado conferencias, seminarios y cursos referidos al Mundo Antiguo y ha publicado artículos sobre problemáticas del Mundo Antiguo y temáticas del campo de las Ciencias Sociales en revistas especializadas. Participó como expositor y coordinador en Jornadas, Congresos, Workshops y Simposios referidos al Mundo Antiguo, a nivel nacional e internacional. Fundador y coordinador de la revista académica “Sociedades Antiguas del Creciente Fértil”. Miembro del Comité Editorial de Revista de Historia Universal, de la Facultad de Filosofía y Letras, Universidad Nacional de Cuyo (Mendoza).

ROBSON DELLA TORRE

Possui graduação, mestrado e doutorado em História pela Universidade Estadual de Campinas, com estágio doutoral-sanduíche junto ao Oxford Centre for Late Antiquity (OCLA) da Universidade de Oxford. Atualmente atua como professor de História Antiga e Medieval da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e faz parte de seu Programa de Pós-Graduação (PPGH/Unimontes). Seus interesses de pesquisa se ligam à Antiguidade Tardia, história do cristianismo e Patrística

SÉRGIO ALBERTO FELDMAN

Possui graduação em História Geral (General History) pela Universidade de Tel Aviv (Tel Aviv University - 1975), mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1986) e doutorado em História pela Universidade Federal do Paraná (2004). Atualmente é professor titular (aposentado em maio de 2022) da Universidade Federal do Espírito Santo. Continua como orientador de mestrado e doutorado junto ao PPGHIS da UFES. Estágios pos doutorais em Madrid (CSIC), em Paris (EHESS), Jerusalém (Universidade Hebraica), e Rutgers University (New Jersey/USA).

SUSANI SILVEIRA LEMOS FRANÇA

Doutora em Cultura Portuguesa pela Universidade de Lisboa e professora Titular de Histo?ria Medieval na Universidade Estadual Paulista “Ju?lio de Mesquita Filho” (UNESP). Autora, entre outros, de Mulheres dos outros. Os viajantes crista?os nas terras a oriente (se?culos XIII-XV) (Editora UNESP, 2015; Menção Honrosa do Prêmio de História -Fundação Calouste Gulbenkian; tradução para o espanhol pela Editorial Universitária de Buenos Aires (Eudeba), 2022), Peregrinos e Peregrinações na Idade Média (Vozes, 2017), Os reinos dos cronistas medievais (Annablume, 2006) e organizadora, entre outros, de Viver e conviver nas duas margens do Atla?ntico (se?culos XIII- XIX) (EDUFSCAR, 2022); Cuidar do Espírito e do corpo entre o velho e os novos mundos (EDUFSCAR, 2019); Questões que incomodam o historiador (Alameda, 2013). É Acadêmica Correspondente da Academia Portuguesa da História, coordenadora do Grupo Luso-Brasileiro Raízes Medievais do Brasil Moderno e do Grupo Escritos sobre os Novos Mundos e é membro do Núcleo de Estudos Antigos e Medievais da UNESP.