Capa do livro: O despertar da negritude:<BR> Quando homens negros se defrontam com suas identidades

O despertar da negritude:
Quando homens negros se defrontam com suas identidades

Autores: Wellington de Souza Nisterac

Para Neusa Santos Souza, “saber-se negra é viver a experiência de ter sido massacrada em sua identidade, confundida em suas perspectivas, submetida a exigências, compelida a expectativas alienadas. Mas é também, e sobretudo, a experiência de comprometer-se a resgatar sua história e recriar-se em suas potencialidades”. Este livro narra a jornada de três homens, frutos de relações inter-raciais, em seus processos de reconhecerem-se como homens negros e resgatarem suas histórias. Por crescerem em espaços multirraciais e, por vezes, sofrerem racismo dentro da própria família branca, compreenderam o que significa identificar-se como negro tardiamente: a partir do contato com a violência policial, a violência no espaço de trabalho, a discriminação em espaços de lazer e socialização, o tratamento diferenciado na escola e as exigências desiguais. Entendendo que “ser negro é tornar-se negro”, a partir dos relatos de Júlio, Timóteo e Miguel, podemos vislumbrar como, inicialmente, suas identificações raciais partiram de referências negativas sobre negritude e, visando o que cada um fez do que fizeram de si, esta obra apresenta, também, as superações e as potencialidades de ser um homem negro.

Impresso
de R$ 45,90 por
R$ 39,90
Digital
de R$ 45,90 por
R$ 32,13

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-5611-8
ISBN DIGITAL:978-65-251-5612-5
DOI: 10.24824/978652515611.8
Ano de edição: 2023
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 214
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

  • PREFÁCIO AO LIVRO “O DESPERTAR DA NEGRITUDE: quando homens negros se defrontam com suas identidades” de Wellington de Souza Nisterac - 15
  • INTRODUÇÃO - 17
  • CAMINHOS PERCORRIDOS - 33
  • CAMINHOS PERCORRIDOS - 43
  • E O QUE O EXISTENCIALISMO TEM A NOS DIZER E CONTRIBUIR COM ESTA PESQUISA? - 97
  • OS PARTICIPANTES DA PESQUISA: acompanhando suas trajetórias - 113
  • O QUE HÁ DE UNIVERSAL NA EXPERIÊNCIA SINGULAR DOS PARTICIPANTES - 185
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS - 193
  • REFERÊNCIAS - 199
  • ÍNDICE REMISSIVO - 211
WELLINGTON DE SOUZA NISTERAC

Formou-se em Psicologia no ano de 2019 pela Universidade Estadual de Maringá, na cidade de Maringá, Paraná. Mesma instituição em que tornou-se mestre em Psicologia, Subjetividade e Práticas Sociais na Contemporaneidade, em 2023, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Sylvia Mara Pires de Freitas. Cofundador do projeto “Fala, Quilombo”, de acolhimento psicológico para pessoas negras. Atua como psicólogo clínico e professor de graduação em Psicologia.