Capa do livro: Relação de ajuda como ação educativa: <BR>O olhar do facilitador sobre a afetividade

Relação de ajuda como ação educativa:
O olhar do facilitador sobre a afetividade

Autores: Carlos Santos Leal

Acredita-se que a Abordagem Centrada na Pessoa desenvolvida por Carl Ransom Rogers (1902-1987) visa, em essência, a construção de Relações de Ajuda como ato educativo, pois estas auxiliam o ser humano na construção do seu tornar-se pessoa. O processo de se tornar pessoa intenta que o ser humano se lance ao mundo num contínuo caminho de vir a ser, transformando-se e buscando as dimensões positivas do seu ser pessoa. As Relações de Ajuda como ato educativo se utilizam para a sua efetivação as condições facilitadoras propostas pelo autor citado. Perpassam pelas condições facilitadoras a vivência da afetividade, do personalismo e do modo peculiar de ser de cada pessoa envolvida neste processo. A partir da vivência de Relações de Ajuda como ato educativo, intenciona-se o acesso do potencial criativo presente nas pessoas e o lançar-se rumo a vivência dos mais nobres valores humanos, tais como a dignidade, a liberdade, o direito de existir, de ser e estar na vida de modo genuíno. Assim sendo, estar voltado a construção de Relações de Ajuda é estar no mundo se materializando por meio de atitudes de aceitação positiva incondicional, de congruência e de compreensões empáticas nos mais diversos espaços ou papéis vivenciados.




Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-4985-1
ISBN DIGITAL:978-65-251-4982-0
DOI: 10.24824/978652514985.1
Ano de edição: 2022
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 206
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

  • APRESENTAÇÃO - 13
  • INTRODUÇÃO - 21
  • RELAÇÃO DE AJUDA, DO TRAÇO A TERAPÊUTICA - 35
  • A ARTE NA RELAÇÃO DE AJUDA - 71
  • RAZÃO, EMOÇÃO E AFETIVIDADE - 93
  • RELAÇÃO DE AJUDA E AFETIVIDADE - 105
  • AFETIVIDADE, OLHAR INTERDISCIPLINAR - 117
  • ASPECTOS METODOLÓGICOS - 131
  • CONCLUSÃO - 137
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS - 145
  • REFERÊNCIAS - 149
  • ANÁLISE DE DADOS - 161
  • ANEXO 1 - 193
  • ANEXO 2 - 197
  • ÍNDICE REMISSIVO - 203
CARLOS SANTOS LEAL

Doutor e Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie. Especialista em Estudos dos Problemas Brasileiros e Didática do Ensino Superior pela Universidade Mackenzie. Bacharel e Licenciado em Psicologia pela Faculdade Paulistana de Ciências e Letras com as seguintes áreas ênfases: Psicologia Clínica, Escolar, Hospitalar e Organizacional. Professor do Curso de Psicologia da Universidade Federal do Maranhão e Psicólogo Clínico com Orientação Humanista Centrado na Pessoa.