Capa do livro: PERSPECTIVAS PLURAIS:<br>Tecendo os fios do trabalho com as famílias

PERSPECTIVAS PLURAIS:
Tecendo os fios do trabalho com as famílias

Autores: de Brito, Gabriela Aparecida Fructuoso – Lino, Michelle Villaça

Ao longo de vinte anos no ensino público estadual e municipal no Rio de Janeiro e nos últimos cinco anos de atuação no coletivo Pais Pretos Presentes junto a famílias pretas, pobres e periféricas em situação de vulnerabilidade social, percebo algumas inquietações predominantes entre tais famílias, o poder público e os profissionais que mediam essa relação. O que é a paternidade? Como se comunicar com filhos adolescentes? O cuidado tem gênero? Do que as famílias precisam? Como interromper o ciclo de reprodução de preconceitos, julgamentos e padrões socialmente impostos nas famílias? Como se qualificar para a adoção? De quais formas a violência doméstica pode ser combatida? Nenhuma destas questões tem uma resposta pronta, única e universal. Os apontamentos feitos na tentativa de solucionar cada uma destas indagações trazem vieses culturais, sociais, raciais, regionais e de gênero que não podem ser ignorados. Esta obra não se propõe a trazer soluções simplistas. Pelo contrário, a ideia é fazer um convite à reflexão cuidadosa, ponderada e intersetorial, visto que estamos lidando com desafios estruturais, multifatoriais e históricos no nosso país e no mundo. A presente obra é uma ferramenta indispensável a educadores, psicólogos, juristas, assistentes sociais e famílias que entendem a necessidade de ampliar o olhar diante da complexidade dos temas do cuidado, da família e das formas como as políticas públicas e o Estado atravessam essa relação. Nesse sentido, o presente trabalho se destaca de toda a produção tradicionalmente recomendada. Aqui encontramos o olhar de profissionais que vivem de perto as dores do preconceito, da exclusão, da estigmatização, da invisibilidade e da sensação de impotência diante de tantas limitações impostas por uma estrutura por muitas vezes alheia, indiferente e ao mesmo tempo determinante para o acesso e permanência em melhores condições de vida das famílias abordadas.

Impresso
de R$ 69,90 por
R$ 59,90
Digital
de R$ 69,90 por
R$ 48,93

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-5115-1
ISBN DIGITAL:978-65-251-5116-8
DOI: 10.24824/978652515115.1
Ano de edição: 2024
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 196
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

  • APRESENTAÇÃO - 11
  • PREFÁCIO PERSPECTIVAS PLURAIS: tecendo os fios do trabalho com as famílias - 17
  • PRÓLOGO FAMÍLIAS - 19
  • DA FAMÍLIA, É PRECISO CURAR-SE? - 21
  • AÇÕES NEGATÓRIAS DE PATERNIDADE: atuação da psicologia nas varas de família - 35
  • OS DESAFIOS DO RECONHECIMENTO JUDICIAL DA DUPLA MATERNIDADE EM CASOS DE INSEMINAÇÃO CASEIRA - 53
  • MÚLTIPLAS FACES DO SOFRIMENTO NA DEVOLUÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM PROCESSOS DE ADOÇÃO - 67
  • O IMPACTO DO RACISMO NA VIDA DAS FAMÍLIAS ADOTIVAS INTER-RACIAIS - 85
  • FAMÍLIAS NEGLIGENCIADAS PELO ESTADO: um olhar interseccional sobre a proteção de crianças e adolescentes - 99
  • REINTEGRAÇÃO FAMILIAR MALSUCEDIDA: um olhar para as famílias de crianças e adolescentes em situação de acolhimento - 111
  • CASOS DE FAMÍLIA – A EXPERIÊNCIA INICIAL DA EQUIPE TÉCNICA DA PRIMEIRA VARA ESPECIALIZADA EM CRIMES CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO - 129
  • FAMÍLIAS “ABORRECENTES”: os efeitos emocionais produzidos em adolescentes em relações conflituosas com seus pais - 143
  • O CUIDADO FAMILIAR DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: perspectivas jurídicas e sociais - 157
  • PROTEÇÃO E TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS - 169
  • ÍNDICE REMISSIVO - 189
  • SOBRE AS AUTORAS - 191
Andrea Seixas Magalhães
Psicóloga, Professora Associada do Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Pesquisadora CNPq, Cientista do Nosso Estado FAPERJ.

Anna Paula Uziel
Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas, Professora Adjunta do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Danielle Castelões Tavares de Souza

Psicóloga, Doutora em Educação pela UERJ, Professora Universitária na UNISUAM.

Débora da Silva Sampaio
Psicóloga, graduada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, professora no curso de psicologia do Centro Universitário 

Celso Lisboa.

Eliane dos Santos
Assistente Social, graduada pela FSS/UERJ, Mestra em Sociologia (com concentração em Antropologia) pelo IFCS/UFRJ; Assessora da Gerência de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias, da Subsecretaria de Proteção Social Especial/SMAS-RJ.

Elizabeth Souza de Oliveira
Assistente social, graduada pela ESS/UFRJ, Mestra em Educação pela UFF; ex-Diretora do CRESS RJ (gestão 2011-2014), trabalhadora do SUAS e Gerente na Gerência de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias, da Subsecretaria de Proteção Social Especial/SMAS-RJ.

Gabriela Aparecida Fructuoso de Brito

Psicóloga (2005 – UFRJ), Especialista em Terapia de Família (2007-IPUB/UFRJ), Especialista em Psicologia Jurídica (2010 – UERJ); Psicóloga do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, lotada na Vara Especializada em Crimes contra a Criança e o Adolescente.

Giselle Bernardo

Assistente Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Atua no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Especialista em Atendimento à criança e adolescente vítima de violência doméstica pela PUC-Rio. Atualmente cursa pós-graduação Latu senso em Crianças, Adolescentes e Famílias – novos olhares e novas estratégias pelo MPRJ.

Henriete Aquino da Silva

Assistente Social atuando na 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso. Pós-Graduação Lato Sensu em Crianças, Adolescentes e Famílias do Instituto de Educação Roberto Bernardes Barroso do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (IERB/MPRJ).

Ilana Tubenchlak

Psicóloga do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro desde 2004, Mestranda em
Políticas Públicas e Formação Humana (UERJ), Especialista em Psicanálise (UFF/1999).

Julienne Parada

Graduada em Psicologia pela Universidade Santa Úrsula, especialista em Psicanálise pelo CEPCOP/USU, Especialista em Psicanálise pelo CEPCOP/USU, Especialista em  atendimento Psicanalítico em Instituição Pública pelo IPUB/UFRJ, Psicóloga com atuação clínica desde 1992, Psicóloga com atuação na Secretaria Municipal de Educação do Município de São Gonçalo/RJ de 1992 a 1994 e psicóloga do TJRJ desde 2005.

Michelle Villaça Lino
Psicóloga pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Escritora. Doutora e Mestra em Políticas Públicas e Formação Humana pela UERJ. Especialista em Terapia Familiar Sistêmica pela UCAM. Psicóloga no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Membra da Associação Nacional dos(as) Psicólogos(as) Negros(as) e Pesquisadores – ANPSINEP-RJ. Atualmente cursa o Pós-doutoramento pelo PPFH/UERJ onde pesquisa sobre educação antirracista nas adoções inter-raciais. Autora dos livros “Crias de um (não) lugar: histórias de crianças e adolescentes devolvidos por famílias substitutas”, “Crônica de mulheres negras”, “Entre fissuras e tecituras: histórias (com)partilhadas por mulheres negras” e do livro infantil “Uma família café com leite: uma história sobre adoção inter-racial”.


Roberta Gomes Nunes
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Psicóloga do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

Roberta Pinheiro Piluso

Doutoranda em Ciências Jurídicas e Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Direito da Universidade Federal Fluminense (PPGSD/UFF). Mestre em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Pós-graduada em Direito Público pela Universidade Cândido Mendes (UCAM). Graduada em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente é Professora Universitária no curso de Direito da UNIGRANRIO/Afya, pesquisadora da Universidade Federal Fluminense (UFF), editora assistente da Revista Confluência do PPGSD/UFF e Advogada.

Silvana Barros dos Santos Teixeira
Assistente Social (2003 – UFJF); especialista em Atendimento a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Doméstica (2019 – PUC-Rio); mestra em Serviço Social (2021 – PUC-Rio); assistente social do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, lotada na Vara Especializada em Crimes contra a Criança e Adolescente.

Tatiana Oliveira Moreira

Mestre em Políticas Públicas e Formação Humana pela UERJ (PPFH/UERJ). Psicóloga no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Cocoordenadora do núcleo RJ da Articulação Nacional das Psicólogas(os) Negras(os) e pesquisadores (ANPSINEP-RJ). Uma das organizadoras do livro: “Mulheres no judiciário: Práticas e desafios”. Autora do livro: “Mas essa criança não tem perfil de abrigo – Raça, gênero e pobreza no acolhimento institucional de crianças e adolescentes”. Também é autora do livro infantil: “A história de Ayana”.

Vandia Cristina Rodrigues Leal
Psicóloga clínica e mestra em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente dedica-se aos estudos das relações étnico-raciais com ênfase em psicanálise.