Capa do livro: A vida nas escolas <br> Por uma prática político-pedagógica crítica na Educação Física Escolar

A vida nas escolas
Por uma prática político-pedagógica crítica na Educação Física Escolar

Autores: Daniel Teixeira Maldonado

Essa obra foi inspirada no livro escrito por Peter McLaren intitulado “A vida nas escolas: uma introdução à pedagogia crítica nos fundamentos da educação”. Ao trazer esse debate para a cena educacional contemporânea, os(as) autores(as) do livro fizeram críticas consistentes aos projetos educativos neoliberais que se tornaram hegemônicos na atualidade. Por óbvio, a prática político-pedagógica da Educação Física acaba sendo influenciada por esse modelo societário nefasto, desigual, injusto e perverso. Nesse contexto, entende-se que a escola precisa novamente ganhar vida, deixando de lado os testes e avaliações externas que medem a “qualidade da educação”. Portanto, defende-se que a tematização das práticas corporais (danças, lutas, ginásticas, esportes, jogos e brincadeiras) e a problematização dos saberes que envolvem essas manifestações culturais podem contribuir com a construção de um ambiente educacional democrático, justo e diverso com os(as) estudantes da Educação Básica, desde que os(as) docentes do componente curricular se inspirem nas teorias críticas para organizar as suas aulas. Por fim, ressalta-se que os leitores e as leitoras da obra poderão analisar a produção de uma Educação Física Escolar crítica que se contrapõem ao modelo empresarial da educação que tem se sobressaído nas políticas educacionais brasileiras.

Impresso
de R$ 61,50 por
R$ 53,00
Digital
de R$ 61,50 por
R$ 43,05

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-4765-9
ISBN DIGITAL:978-65-251-4764-2
DOI: 10.24824/978652514765.9
Ano de edição: 2023
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 170
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

  • APRESENTAÇÃO - 9
  • PREFÁCIO - 11
  • ESSA ESCOLA CHAMADA VIDA: as “tramas” autoetnográficas do “eu do nós” com a educação física escolar - 17
  • QUANDO O SIMPLES PENSAR É REVOLUCIONÁRIO: ensaio sobre uma educação física crítica, em cenário educacional voltado à acriticidade - 37
  • NEXOS ENTRE A PERSPECTIVA CRÍTICO-SUPERADORA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E A PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL - 51
  • A AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E O PROCESSO DE RECONHECIMENTO MÚTUO: aprendizagem, conflito e autorrealização - 67
  • “VEM PROFE, VEM JOGAR COM A GENTE!”: narrativas de ensinaraprender capoeira na escola - 79
  • POR UMA PROPOSTA CRÍTICO LIBERTADORA PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - 95
  • EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR CRÍTICA: movimento de resistência pela Educação libertadora de Paulo Freire - 119
  • FORMANDO PERMANENTEMENTE CORPOS CONSCIENTES CRÍTICOS NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO: a tessitura experiencial de uma estudante nas aulas de Educação Física - 141
  • ÍNDICE REMISSIVO - 161
  • SOBRE OS AUTORES - 163
DANIEL TEIXEIRA MALDONADO
Cursou o Bacharelado, a Licenciatura, o Mestrado e o Doutorado em Educação Física na Universidade São Judas. Realizou o Pós-Doutorado na Faculdade de Educação da USP. Foi coordenador pedagógico do Curso de Formação Pedagógica de Docentes para a Educação Profissional de Nível Médio – Modalidade à Distância (2017-2019) e diretor do Departamento de Humanidades do campus São Paulo do IFSP (2020-2021). Atualmente é professor de Educação Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, docente efetivo do Mestrado Profissional em Educação Física do IFSULDEMINAS, professor colaborador do mestrado acadêmico em Educação Física da UNIVASF e Secretário Estadual do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE) – SP. Tem como linha de pesquisa os seguintes temas: Educação Física Escolar; Currículo; Formação de Professores e Pesquisa Qualitativa.

ADMIR SOARES DE ALMEIDA JUNIOR
Possui Licenciatura em Educação Física pela Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Especialização em Educação Física Escolar pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MINAS), Especialização em Lazer pela EEFFTO, Mestre em Educação pela PUC-MINAS. Doutor em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professor Adjunto do Departamento de Educação Física da EEFFTO/ UFMG. Docente do Programa de Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional na EEFFTO/UFMG. Docente do Programa de Mestrado Profissional Educação e Docência da Faculdade de Educação (FAE-UFMG), na linha de Educação Física. Pesquisador vinculado ao Grupo de Pesquisa em Educação Física Escolar do PROEFE. Pesquisador vinculado ao LapenSI (Laboratório de Pesquisa em Experiências de Formação e Narrativas de SI). Atuou por mais de 20 anos na docência em Educação Física na Educação Básica. Vem atuando na formação inicial e continuada de professores de Educação Física. Tem desenvolvido estudos no campo da Pesquisa Narrativa e Autobiográfica com ênfase no processo de elaboração de narrativas na formação de professores e professoras de Educação Física. Tem interesse especial pela elaboração de narrativas gráficas (Histórias em Quadrinhos) na formação inicial e continuada de professores e professoras de Educação Física.

ELAINE PRODÓCIMO
Possui mestrado em Educação Especial (Educação do Indivíduo Especial) pela Universidade Federal de São Carlos (1994) e doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2002) e pós-doutorado pela Universidade de Murcia, Espanha. Atualmente é livre docente da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Física Escolar, atuando principalmente nos seguintes temas: educação física escolar, escola, violência, educação infantil e jogo.

FABIANO BOSSLE
Professor Associado da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (ESEFID/UFRGS). Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano atuando na linha de pesquisa Formação de Professores e Prática Pedagógica. Pós-doutorado em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS (2011); Doutorado em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS (2008); Mestrado em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS (2003); Especialização em Ciências do Esporte pela UFRGS (1995); Graduado em Educação Física - Licenciatura plena - pelo IPA (1991). Coordenador do Grupo de Pesquisas Didática e Metodologia do Ensino na Educação Física (DIMEEF/UFRGS). Coordenador do Grupo de Trabalho Temático Escola (GTT ESCOLA) do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE) para o biênio 2017-2019. Experiência na área de Educação Física, com ênfase em Educação Física escolar, atuando principalmente nos seguintes temas: didática e metodologia do ensino da Educação Física, Teoria Crítica, Educação Libertadora de Paulo Freire, etnografias (críticas) e autoetnografias (críticas).

FELIPE QUINTÃO DE ALMEIDA
Graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Doutorado em Educação pela mesma instituição (2009). Tem experiência na área de Educação e Educação Física, com ênfase em: educação física escolar e epistemologia da educação física. Entre 2010 e 2018, foi editor adjunto da Revista Brasileira de Ciências do Esporte (RBCE) e do Cadernos de Formação RBCE . Foi Secretário Estadual do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte no Espírito Santo (gestão 2010-2012). Atuou como vice-secretário entre 2012-2014. Foi Coordenador adjunto do Grupo de Trabalho Temático Epistemologia, do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte, na gestão 2011-2013 e 2017-2019. Foi coordenador do Grupo de Trabalho Temático Epistemologia do referido Colégio (2019-2021). Foi Diretor Científico do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (2013-2017). Pós-doutorado na Universidade de Strathclyde, em Glasgow/Escócia (2018-2019). Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Espírito-Santo (2020-2024). Professor do Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional (PROEF).

KADJA MICHELE RAMOS TENÓRIO
Doutora e Mestre em Educação Física pela UPE/UFPB, Licenciada em Educação Física pela UPE. Professora da Universidade de Pernambuco atuando na graduação, especialização e mestrado profissional (PROEF). Participou como professora formadora da Política de Formação Continuada desenvolvida pelo Estado de Pernambuco. Atualmente está como coordenadora do Grupo de Pesquisas ETHNÓS. Docente orientadora do Programa de Residência Pedagógica subprojeto de Educação Física na ESEF-UPE . Tem experiência na área de Educação, atuando com Educação Física Escolar na Educação Básica e no Ensino superior. Linhas de pesquisa: Educação Física escolar; Prática pedagógica; Formação inicial e continuada; Currículo e Políticas públicas.

LINO CASTELLANI FILHO
Doutor em Educação, FE/Unicamp (1999); Professor Livre-Docente (aposentado) – FEF/Unicamp; Professor-Visitante – FEF/UnB (2011/13; 2016/17); Presidente da Adunicamp – Sindicado dos Docentes da Unicamp (1997/98); Presidente do CBCE (1999/2002); Secretário Nacional – Secretaria Nacional de Desenvolvimento do Esporte e do Lazer – SNDEL/Ministério do Esporte (2003/06); Conselheiro Especial do Grupo de Trabalho Temático de Políticas Públicas de Educação, Educação Física, Esporte e Lazer – CBCE; Membro Pesquisador da Red Latinoamericana y Caribeña de Deporte para la Inclusión/AR.

LÍVIA TENORIO BRASILEIRO
Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP (2009) e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE (2001). Especialista em Educação Física Escolar pela Universidade de Pernambuco – UPE (1995). Graduada em Licenciatura Plena em Educação Física e Técnico em Desporto pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE (1992). Atualmente é Professora Associada da Escola Superior de Educação Física – ESEF da Universidade de Pernambuco – UPE, atuou como coordenadora e vice coordenadora do Curso de Licenciatura (2018-2022). Pesquisa os temas: educação física escolar, dança e educação física, currículo, prática pedagógica e produção do conhecimento. Membro do Grupo de Estudos Etnográficos em Educação Física e Esporte – ETHNÓS. Professora da Pós-graduação – Especialização em Educação Física Escolar ESEF/UPE. Professora do Programa Associado de Pós-Graduação em Educação Física UPE/UFPB na linha Prática Pedagógica e Formação Profissional em Educação Física. Professora e Coordenadora do Programa de Pós-graduação Mestrado Profissional em Educação Física UPE/UNESP. Membro do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte – CBCE.

MARCÍLIO BARBOSA MENDONÇA DE SOUZA JÚNIOR
Pós-Doutorado pela FEUSP e Livre-Docência pela UPE. É Doutor e Mestre em Educação pela UFPE, Especialista em Pedagogia do Esporte pela UFPE e Licenciado em Educação Física pela UPE. É Professor Associado IVE da ESEF-UPE, atuando na graduação, na especialização, nos Mestrados (Acadêmico e Profissional) e Doutorado em Educação Física. Atua na área de Educação, com ênfase em Currículo e Formação de Professores e na Educação Física com ênfase nas questões pedagógicas, particularmente as escolares. É membro do Grupo de Pesquisa ETHNÓS da ESEF-UPE.

MARCOS ROBERTO SO
Doutorando em Educação Física – Unicamp. Mestre em Educação – Unesp Presidente Prudente-SP. Licenciado em Educação Física – Unesp Bauru-SP. Bacharel em Educação Física – Unesp Bauru-SP. Professor de Educação Física do IFSULDEMINAS Câmpus Muzambinho-MG. Desenvolve trabalhos de investigação na área de Educação Física escolar, com ênfase nos seguintes temas: Relação com o saber, Alunos, Lutas. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisas de Professores(as) de Educação Física (GEPROFEF).

MAURO SÉRGIO DA SILVA
Possui Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (2004), Especialização em Educação Física para a Educação Básica pela Universidade Federal do Espírito Santo (2005) e mestrado em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (2008). Atuação como Coordenador de Desporto Escolar – Secretaria de Educação de Vitória. desenvolvendo projetos relacionados a diversos temas da cultura corporal de movimento, tais como: Festival de Dança e Ginástica Movimentos Urbanos; Organização de jogos escolares; desenvolvimento de Polos de Educação para o Lazer; Idealização de um Polo para aprofundamento dos estudos sobre as práticas corporais de que tratam a cultura corporal de movimento, intitulado Polo Pé de Moleque. Atualmente, professor de Educação Física do Instituto Federal do Espírito Santo, coordenador do grupo de pesquisa Educação Física: formação docente, currículo e intervenção pedagógica (GEPEF). Doutorando PPGEF Universidade Federal do Espírito Santo.

MARIA RAYANE DE CASTRO SANTOS
Estudante de Graduação em Física, atualmente no primeiro semestre do Bacharelado na Universidade Federal do Ceará. Possui formação técnica em Comércio pelo IFCE campus Baturité. Membro do OPACHAL (Observatório Participação e Avaliação em Contextos de Crises Humanitárias na América Latina).

PRISCILA RITA NIQUINI RIBEIRO LOPES
Mestre em Atividade Física, Esporte e Desempenho pela Universidade Federal de Viçosa (2015). Pós-graduada em Educação Física, Escola e Sociedade pela Faculdade Phorte (2023). Bacharela e Licenciada em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa (2012). Atua, desde 2016, como professora de Educação Física escolar na Cooperativa Educacional de Viçosa – Coeducar.

RAPHAELL MOREIRA MARTINS
Possui Licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UEVA (2008). Com Especialização em Educação Física Escolar pela Faculdades Nordeste – FANOR (2010). Mestre em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará – UFC (2015). Doutor em Desenvolvimento Humano e Tecnologias pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP – Rio Claro (2017). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas dos Aspectos Pedagógicos e Sociais do Futebol (PROFUT/UFSCar). Membro do grupo de pesquisa em Educação, Saúde e Exercício Físico (IFCE). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Professor do Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional – ProEF/IFCE. Linhas de estudo: Metodologias de Ensino da Educação Física Escolar; Educação Física escolar e Formação de Professores de Educação Física escolar; Educação Física no Ensino Médio; Produção de Material Didático na Educação Física; Organização Curricular na Educação Física.

VALDILENE ALINE NOGUEIRA
Bacharel e licenciada em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa (2009) e Pedagoga pela Universidade de Uberaba (2015). Especialista em Educação, com ênfase nas questões de Gênero e Raça pela Universidade Federal de Viçosa (2016). Mestra em Educação Física pela Universidade São Judas (2017) e doutoranda em Educação Física também pela Universidade São Judas. Tem sua trajetória profissional e acadêmica dedicada aos estudos pedagógicos da Educação Física escolar. Atua na Educação Básica desde 2009, com experiência nas redes particulares e públicas de ensino, e na formação profissional, em cursos de Graduação e Pós-Graduação desde 2013. Atualmente é professora efetiva da Rede Municipal de Educação de São Paulo e do curso de Pedagogia da Universidade São Judas.