Capa do livro: DIÁLOGOS SOBRE CONSTRUCIONISMO SOCIAL <br> ENTREVISTAS COM KENNETH GERGEN, LUPICINIO ÍÑIGUEZ-RUEDA, MARY JANE SPINK E TOMÁS IBÁÑEZ

DIÁLOGOS SOBRE CONSTRUCIONISMO SOCIAL
ENTREVISTAS COM KENNETH GERGEN, LUPICINIO ÍÑIGUEZ-RUEDA, MARY JANE SPINK E TOMÁS IBÁÑEZ

Autores: MARIANA PRIOLI CORDEIRO - FELIPE TAVARES PAES LOPES - JACQUELINE I.M. BRIGAGÃO - EMERSON F. RASERA

O livro “Diálogos sobre construcionismo social: entrevistas com Kenneth Gergen, Lupicinio Íñiguez-Rueda, Mary Jane Spink e Tomás Ibáñez” tem o objetivo de apresentar os contornos dos debates construcionistas sociais por meio de entrevistas com autores(as) cujas obras marcaram significativamente a difusão desse movimento na comunidade brasileira. Considerando a escassez de literatura em português sobre o construcionismo social e de obras que contemplem conjuntamente perspectivas norte-americanas, europeias e brasileiras, este livro é uma contribuição para o debate das ideias construcionistas no contexto nacional e para a formação de novos(as) pesquisadores(as). O formato de livro de entrevista possibilita uma aproximação personalizada com as múltiplas dimensões do pensamento dos(as) entrevistados(as).




Digital
R$ 0,00

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 0 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-3741-4
ISBN DIGITAL:978-65-251-3736-0
DOI: 10.24824/978652513741.4
Ano de edição: 2023
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 118
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

DIÁLOGOS SOBRE CONSTRUCIONISMO SOCIAL <br> ENTREVISTAS COM KENNETH GERGEN, LUPICINIO ÍÑIGUEZ-RUEDA, MARY JANE SPINK E TOMÁS IBÁÑEZ
EMERSON F. RASERA
Possui doutorado em psicologia pela Universidade de São Paulo. É Professor Titular da Universidade Federal de Uberlândia. Foi Presidente da Associação Brasileira de Psicologia Social. É Membro do Taos Institute (USA). Integrante do GT “Cotidiano e Práticas Sociais”, da ANPEPP. Líder do Grupo de Pesquisa “Psicologia, Saúde e Construcionismo Social” (CNPq). Bolsista Produtividade CNPq/Pesquisador Mineiro FAPEMIG.

FELIPE TAVARES PAES LOPES
É graduado em filosofia (USP) e comunicação social (ESPM) e é mestre e doutor em psicologia social (PUC/SP e USP). Desenvolveu pesquisas de pós-doutorado nas áreas de sociologia do esporte (Unicamp), história contemporânea (FGV) e psicologia social (UAB). Atualmente, é professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da UNISO, onde tem desenvolvido pesquisas com apoio da Fapesp. Integra o GT “Psicologia social nos estudos urbanos: diálogos interdisciplinares”, da ANPEPP.

JACQUELINE I. MACHADO BRIGAGÃO
Psicóloga social, docente do curso de obstetrícia e do Mestrado em Gestão de Políticas Públicas da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo. Orientadora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Pará. Integrante do GT “Cotidiano e Práticas Sociais”, da ANPEPP. Líder do “Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas e Saúde”, do CNPq.

KENNETH J. GERGEN
É um psicólogo social norte-americano que tem sido identificado como um importante articulador de um discurso construcionista social em psicologia. Professor no Departamento de Psicologia no Swarthmore College/Estados Unidos, publicou mais de 30 livros sobre o tema e fundou o Taos Institute com o objetivo de difundir ideias construcionistas e promover a colaboração entre a academia e a prática profissional ao redor do mundo.

LUPICINIO ÍÑIGUEZ-RUEDA
Professor Catedrático de psicologia social na Universidade Autônoma de Barcelona. Orientou dezenas de pesquisadoras e pesquisadores na realização de trabalhos de conclusão de graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado. Militante do Movimento Acesso Aberto, é coeditor da revista ‘Athenea Digital, Revista de pensamento e investigación social’, editor da revista ‘Quaderns de Psicologia: International Journal of Psychology’ e coeditor da Revista Psicologia & Sociedade.

MARIANA PRIOLI CORDEIRO
Doutora em Psicologia Social pela PUC/SP e pós-doutora na mesma área pelo Instituto de Psicologia da USP. É docente do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social do IP-USP. Realiza pesquisas com apoio da Fapesp, integra o GT “Psicologia social nos estudos urbanos: diálogos interdisciplinares” da ANPEPP e cocoordena o Laboratório de Estudos sobre Trabalho, Movimentos Sociais e Políticas Sociais (TraMPoS) do IPUSP. É coeditora da revista Psicologia & Sociedade.

MARY JANE PARIS SPINK
É considerada uma das principais divulgadoras do movimento construcionista no Brasil. Graduou-se em psicologia pela USP e doutorou-se em psicologia social pela Universidade de Londres. É Professora Titular do Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), onde coordena o Núcleo de Pesquisa em Práticas Discursivas e Produção de Sentidos. Possui bolsa de produtividade do CNPq desde 1998

TOMÁS IBÁÑEZ
É herdeiro da tradição libertária, questionando, tanto em suas atividades políticas quanto intelectuais, as diversas formas de dominação que caracterizam as sociedades atuais. Foi professor da Universidade Autônoma de Barcelona (UAB), onde chegou a ocupar o cargo de vice-reitor, e escreveu artigos e livros sobre anarquismo, construcionismo e relativismo, estabelecendo um fértil diálogo com pensadores como Castoriadis, Foucault, Rorty e Serres.