Capa do livro: OUTROS PLURAIS<br>mulheres e homens na educação

OUTROS PLURAIS
mulheres e homens na educação

Autores: Adla Betsaida Martins Teixeira - Marcel de Almeida Freitas

livro impresso
de R$ 46,91 por
livro digital
de R$ 46,91 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Este livro reúne textos sobre as relações de gênero em suas diversas manifestações nos processos educativos formais e informais. Esta é mais uma das ações do GSS/FaE/UFMG (Grupo de Estudo sobre Gênero, Sexualidade e Sexo na Educação) no sentido de provocar reflexões entre os diversos profissionais ligados aos processos educativos. Por consequência, esta obra apresenta intencional ecletismo, diversidade e interdisciplinaridade em seus textos focados nas temáticas ‘masculinos’, ‘femininos’, mulheres, homens nas realidades de Brasil, Argentina e Espanha. Além de oferecer reflexão teórica, esta coletânea pode ser adotada como recurso didático tanto para informar como para formar sujeitos, suscitando indagações sobre os efeitos e causas dos processos discriminatórios e excludentes de gênero nos vários espaços educativos, institucionalizados ou não. Assim, esperamos dar visibilidade e subsidiar futuros estudos sobre as várias formas de exclusão, além de sinalizar para possibilidades de reação e de empoderamento daqueles envolvidos nestas tramas.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-8042-649-6
DOI: 10.24824/978858042649.6
Ano de edição: 2013
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 168
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

OUTROS PLURAIS<br>mulheres e homens na educação

Autores

Adla Betsaida Martins Teixeira

É pós-doutora em Metodologia de Ensino, Gênero e Direitos Humanos pela Université de Lyon e University of Leed. Doutora em Culture, Communication and Societies pela University of London e Mestre em International and Comparative Education pela University of London. Graduada em Pedagogia pelo Instituto de Educação de Minas Gerais. Professora Associada da Faculdade de Educação da UFMG e coordenadora da pesquisa “Estudo de Caso sobre Trajetórias de Mulheres Gestoras nas Áreas Científicas e Tecnológicas – Relações de Gênero nas Organizações de Ensino, Pesquisa e Financiamento”.

 

Cleonice Pitangui Mendonça

É mestre em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas, SP. Professora adjunta aposentada da UFMG do curso de Ciências Sociais. Foi diretora do Museu do Homem/UFMG, diretora da Fundação Teotônio Vilela em Alagoas, Coordenadora de Implantação de Núcleos de Prevenção à Criminalidade e Coordenadora dos Centros de Referência do Cidadão na Secretaria de Estado de Defesa Social-MG, atualmente integra a Fundação Darcy Ribeiro (Montes Claros/MG). Suas áreas de pesquisa e atuação são a antropologia dos grupos afro-brasileiros, antropologia indígena, política cultural e diversidade cultural.

 

Frédéric Mertens de Wilmars

É graduado em Direito pela Université Catholique de Louvain, Bélgica, foi pesquisador do Institut d’Etudes Européennes até 2003. Doutor em Direito Constitucional, Ciência Política e Administração na Universitàt de Valencia, onde ensina Direitos Humanos e Direito Econômico e Social desde 2004. Também é consultor na área de desenvolvimento estratégico das autoridades públicas. Suas área de pesquisa são: igualdade de gênero e participação na governança (política, economia) e cooperação trans-fronteiras e inter-territorial na Europa. Publicação recente: “La desigualdad jurídica de facto entre mujeres y hombres. Estudio comparativo entre España y Bélgica, Revista Dilemma, p.34-46, 2012.

 

Ísis Aline Vale Teixeira

É Mestre em Educação pela UFMG e Psicóloga pela UFSJ. Participou de pesquisas sobre letramento, alfabetização e gênero na terra indígena Xacriabá no período de 2003 a 2007. Atualmente trabalha no Serviço de Gestão de Pessoas da Superintendência Regional do INSS em Belo Horizonte e está cursando Especialização em Gestão de Políticas Públicas com Ênfase em Gênero e Relações Étnico-Raciais pela UFOP.

Janice Aparecida de Souza é mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Gênero, Sexualidade e Sexo - GSS, vinculado à mesma instituição. Graduada em História com especialização em Teoria e Método em História Moderna e do Brasil, já lecionou Ciência Política, Metodologia do Ensino de História e Gestão de Processos educativos não escolares. Atualmente é Superintendente de Políticas de Promoção de Direitos Humanos e Cidadania da Secreteria de Estado de Defesa Social do Governo de Minas Gerais.

 

José Simões de Almeida Júnior

Possui graduação em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Campinas, Mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Doutorado em Artes pela Universidade de São Paulo – USP; é pós-doutor pela Universidade de Coimbra. Atuou como professor Adjunto da Faculdade de Educação da UFMG ligado à área de Teatro e Educação. Desenvolve estudos e têm publicações nas áreas de teatro e educação, espaço e cidade além de Sociologia da Cultura.

 

Luana Barbosa de Abreu

É graduanda em Ciências Sociais (UFMG), bolsista de Iniciação Científica (IC/CNPq) da pesquisa “Informação e Conhecimento sobre Dengue entre Alunos da Rede Pública nas Cidades de Sete Lagoas e Belo Horizonte – uma perspectiva de gênero”, tendo recebido a premiação Relevância Acadêmica na XXI Semana de Iniciação Científica da UFMG (2012).

 

Marcel de Almeida Freitas

É Mestre em Psicologia Social, UFMG, e graduado em Ciências Sociais pela mesma universidade. É professor da FEAD-MG e assistente de pesquisa convidado na Faculdade de Educação da UFMG através do programa INCT-Dengue. Tem experiência docente e em investigações na área de Psicologia, Sociologia, Antropologia, Ciência Política, História e Educação. Menos frequentemente também atua em áreas afins, como gestão de pessoas, métodos e técnicas de pesquisa, administração de recursos humanos, preservação do patrimônio cultural e Psicologia do Esporte. Consultor ad hoc para a empresa Socioambiental Ltda. sobre patrimônio imaterial, cultura popular e folclore.

 

María Verónica Moreira

É doutora em Ciências Sociais pela Universidad de Buenos Aires (UBA), Mestre em Antropologia Social pelo IDAES/Universidad Nacional de San Martín e bacharel em Ciências Antropológicas pela Universidad de Buenos Aires. Pesquisadora do Consejo Nacional de Investigaciones Cientificas y Técnicas (CONICET) e pesquisadora do Instituto de Investigaciones Gino Germani. Docente do seminário Cultura Popular y Cultura Masiva na Faculdad de Ciencias Sociales, UBA. Diretora de projetos de pesquisa voltados ao estudo das relações do universo do futebol e os processos políticos mais amplos. Tem artigos científicos e capítulos de livros publicados em diferentes países sobre esportes, violência, cultura e política.

 

Priscila Augusta Lima

É graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, fez Mestrado em Educação, Faculdade de Educação da UFMG. Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo – USP. Foi professora Associada de Psicologia da Educação e Fundamentos da Educação Inclusiva e Educação Especial nos cursos de Licenciatura e Pedagogia da Faculdade de Educação da UFMG durante 20 anos. Fundou, coordenou e ainda participa do GEINE-FAE-UFMG, Grupo de Estudos de Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais. É autora dos livros Educação Inclusiva e Igualdade Social (2006, 2010) e Educação inclusiva: indagações e ações nas áreas da Educação e da saúde (2010). Suas áreas de pesquisa são educação inclusiva e formação de professores.

 

Rafael Adriano de Oliveira Severo

É doutorando em Educação pela PUC-MG. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia. Especialista em Educação Social pela Universidade Católica de Brasília/DF. Especialista em Coordenação e Supervisão Pedagógica pela PUC-MG. Especialista em Gestão de Pessoas e Gerenciamento Empresarial pelo CESG. Graduado em Pedagogia pela PUC-MG. Professor dos Cursos de Pedagogia, Administração e Direito do CESG - Centro de Ensino Superior de São Gotardo. Coordenador e Professor do Curso de Pedagogia e da Pós-Graduação lato sensu em Educação da FACISABH - Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Belo Horizonte. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Culturas - EDUC (PUC Minas). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Gênero, Sexualidade e Sexo - GSS - FAE/UFMG.

 

Thatiane Santos Ruas

É pedagoga pela Universidade do Estado de Minas Gerais, possui Especialização em Gestão de Políticas Sociais pela PUC-MG, Especialização em Pedagogia Empresarial (Universidad Cândido Mendes) e Mestrado em Educação Tecnológica pelo CEFET-MG. Exerce o cargo de Especialista em Educação Básica do Ensino Fundamental na Fundação Helena Antipoff/Escola Sandoval Soares de Azevedo. Pesquisa principalmente as seguintes temáticas: estágio e prática de ensino, currículo, relações de gênero na educação, educação de jovens e adultos, LIBRAS e novas tecnologias de ensino.