Capa do livro: CIDADE FEMININA:<br> leitura de uma metáfora em João Cabral de Melo Neto

CIDADE FEMININA:
leitura de uma metáfora em João Cabral de Melo Neto

Autores: Edelvito Almeida do Nascimento

livro impresso
de R$ 40,00 por
livro digital
de R$ 40,00 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)
 
Consultar frete e prazo de entrega

Sinopse

Na obra de João Cabral de Melo Neto e, notadamente, no seu último livro (Sevilha andando, 1990), a convergência de três elementos – a cidade, a mulher e a água – dá origem ao complexo metafórico analisado por Edelvito Nascimento. De certa maneira, tal complexo apontaria para a busca do que Roberval Pereyr denomina de unidade primordial. Isto equivale a dizer que esses três elementos compõem um conjunto simbólico, por meio do qual a obra do poeta engenheiro, talvez inconscientemente, se aproxima dos antigos mitos, conferindo à cidade os atributos divinos e femininos da fertilidade, da atração e da liquidez. Nascimento faz uma leitura que rastreia as insinuações desses três elementos desde os primeiros poemas até a última publicação de JCMN, quando o complexo metafórico se apresenta com os contornos definidos.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-1591-7
ISBN DIGITAL:978-65-251-1590-0
DOI: 10.24824/978652511591.7
Ano de edição: 2021
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 102
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

CIDADE FEMININA:<br> leitura de uma metáfora em João Cabral de Melo Neto

Autores

EDELVITO NASCIMENTO
Possui mestrado em Estudos Literários (UEFS – 2014); Especialização em Antropologia das Populações Afro-brasileiras (UESB – 2018) e em Ensino de Literatura (UESB – 2017). Licenciado em Letras (UESB – 2005), atua no Ensino Básico da rede pública, na Bahia. Atualmente, desenvolve pesquisa na área de memória e religiosidade popular de matriz afro-brasileira e indígena, no Programa de Pós-Graduação em Memória, Linguagem e Sociedade (UESB).