Capa do livro: HISTÓRIA DA FIOCRUZ NO PARANÁ:<BR> do passado aos nossos dias

HISTÓRIA DA FIOCRUZ NO PARANÁ:
do passado aos nossos dias

Autores: Tiago Brandão

Esta História da Fiocruz no Paraná é um dos primeiros trabalhos sobre o processo político de nacionalização (e regionalização) da Fiocruz e, até a data da publicação, o único que se debruça sobre a implantação da Fiocruz no Paraná. Esta obra procura preservar a memória histórica e institucional da Fiocruz no Paraná, presentemente sediada no polo da Cidade Industrial do Tecpar, em Curitiba, proporcionando, assim, uma história sobre o atual Instituto Carlos Chagas e o “velho” Instituto de Biologia Molecular do Paraná. Permite, ainda, ao leitor especialista e ao leitor leigo, observar o trajeto histórico por detrás da atual presença da Fiocruz no Paraná, inserindo a história recente num lastro de tradições científicas e epidemiológicas do sanitarismo brasileiro no estado do Paraná, identificando os atores individuais envolvidos e trazendo vários testemunhos (cerca de 30 entrevistados), explorando os seus discursos e a visão estratégica subjacente às decisões políticas. Esse ecossistema conforma um modelo relativamente original à escala nacional brasileira, ao compreender a importância estratégica em causa com este empreendimento tecnocientífico, em que se procura implementar e cumprir o ciclo inteiro da produção de conhecimento, desde a pesquisa de base e aplicada aos processos de desenvolvimento, produção e inovação em tecnologias para a área da saúde. A obra é redigida tendo em mente o público em geral, apostando também na formação de novas lideranças e jovens cientistas que porventura desconheçam os meandros de negociação e formulação das políticas nas áreas da Ciência, Tecnologia e Inovação, indispensáveis à consolidação de um setor estratégico da Saúde Pública. Em suma, a história aqui contada revela-nos a importância de um país possuir uma infraestrutura científica e tecnológica, o que se torna hoje tanto mais atual quanto o presente momento de crise pandêmica nos vem demonstrando, colocando com enorme atualidade a importância de, à escala nacional e regional, dispor-se de recursos humanos e capacidades tecnológicas e de desenvolvimento produtivo, para combater crises epidemiológicas e/ou de sanidade pública, com ferramentas e pessoas capazes de implementar e conduzir políticas de diagnóstico e vacinação. É sem dúvida um tema com assinalável importância para gestores e administradores do Complexo Econômico e Industrial da Saúde — CEIS, no Brasil e no mundo ibero-americano em geral, que se interessem pela história da constituição de sistemas científicos e tecnológicos em contextos periféricos.

Impresso
de R$ 518,70 por
R$ 399,00
Digital
de R$ 518,70 por
R$ 363,09

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-0207-8
ISBN DIGITAL:978-65-251-0203-0
DOI: 10.24824/978652510207.8
Ano de edição: 2021
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 248
Formato do Livro: 21x28 cm
Número da edição:1

HISTÓRIA DA FIOCRUZ NO PARANÁ:<BR> do passado aos nossos dias
TIAGO BRANDÃO (1982-)
É formado em História, Mestre e Doutor em História Contemporânea, pela Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH, Portugal). É atualmente pesquisador integrado do grupo de pesquisa História, Territórios e Comunidades (HTC) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH) e docente da Pós-Graduação em Gestão e Políticas de Ciência e Tecnologia da NOVA FCSH. Seu currículo registra livros publicados, artigos e capítulos peer review, sobre história das políticas científicas, estudos críticos de inovação, história dos conceitos e das ideias em Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI), sobre o caso português e apoiando-se também no estudo comparado destes processos históricos, nomeadamente em países do mundo ibero-americano. Tem também atuado no Brasil, tanto ao nível da docência universitária e estudos pós-graduados como publicando em colaboração com autores brasileiros e latino-americanos.