Capa do livro: FAZ ESCURO, MAS CANTAMOS: <br>agroecologia e política no sul do Piauí

FAZ ESCURO, MAS CANTAMOS:
agroecologia e política no sul do Piauí

Autores: Kelci Anne Pereira - Valcilene Rodrigues da Silva - Millena Ayla da Mata Dias (Orgs.)

livro impresso
de R$ 70,90 por
livro digital
de R$ 70,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

*Frete com desconto será enviado pela modalidade impresso normal

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Um escuro marca hoje os caminhos da humanidade, em que se imbricam antropocentrismo, patriarcalismo e colonialismo a constituírem o capitalismo e o sistema-mundo moderno, resultando numa aviltante escalada de injustiça social e degradação ambiental que, em sua fase neoliberal monopolista, exibe enorme força para continuar sua saga destruidora. Uma das frentes relevantes desse movimento opressor se desenrola em área de fronteira agrícola no sul do Piauí, abordada neste livro.
Mais do que iluminar essa caminhada, os processos aqui registrados constituem experiências em que equipes acadêmicas e comunidades interagem dialogicamente numa (trans)formação de sujeitos, populares e escolares, em que estes se potencializam para ações de resistência. Nessa luta se aliam a mobilização política, o conhecimento científico e a prática campesina, valorizando os saberes-fazeres de uma agroecologia comprometida com a (re)produção da vida e com seus sentidos prenhos da dignidade que se consubstancia na permanente construção coletiva de territorialidades socioagrobiodiversas, contrapondo-se radicalmente ao pacto de poder e dinheiro do agro-mínero-hidro-bio-carbono-negócio.
Nesse caminho, que em diálogo se faz com as pessoas na luta de seu caminhar, o arado pode parecer torto, mas é só seu jeito espirituoso e resiliente de traçar o solo em leiras férteis onde plantam-se sementes de um outro amanhã, já colhendo frutos de um hoje iluminado, ressignificado e potencializado pela luta coletiva. E, associada a todas as notas de esperança e de alegria das canções que guiam tal práxis nessa noite escura, subjaz uma clave de sol a pautar sonhos libertários.

Amadeu Logarezzi

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-1904-5
ISBN DIGITAL:978-65-251-1899-4
DOI: 10.24824/978652511904.5
Ano de edição: 2021
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 256
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

FAZ ESCURO, MAS CANTAMOS: <br>agroecologia e política no sul do Piauí

Autores

ADRIANA MIRANDA DE SANTANA ARAUCO
Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Piauí (2000), Mestrado e Doutorado em Microbiologia Agropecuária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP Jaboticabal. Professora Associado II da Universidade Federal do Piauí/Câmpus Professora Cinobelina Elvas/CPCE. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase nos seguintes temas: digestão anaeróbia, águas residuárias, microbiologia do solo, fungos micorrízicos arbusculares e processos microbianos.

ANA CAROLINE OLIVEIRA DA SILVA
Discente de Engenharia (UFPI/CPCE) Florestal e militante do NAGU.

ANA RAFAELA LIMA MARREIROS GARCIA
Discente da Medicina Veterinária da Universidade Federal do Piauí.

ANNE VALÉRIA COSTA ALVES
Acadêmica de Medicina Veterinária na Universidade Federal do Piauí. Fundadora e presidente do Grupo de Estudos em Reabilitação animal – ReabVet (2019), membro efetiva do Grupo de Estudos em Biodiversidade – GBio (2019), é criadora de conteúdo da revista InfoPet (2021). Possui como linhas de pesquisa: clínica e medicina integrativa de pequenos animais e silvestres, educação ambiental.

BERNADETE MARIA COÊLHO FREITAS
Professora Adjunta da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Atualmente é integrante do Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurgueia (NAGU-UFPI) e do Núcleo de Pesquisa e Estudos das Comunidades Camponesas (NUPESCC-UFPI), desenvolvendo atividades de extensão voltadas aos temas agrotóxicos, agroecologia e cartografia social. Possui doutorado em Geografia pela Universidade de São Paulo (USP), mestrado e graduação em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Foi professora substituta da Universidade Estadual do Ceará, no período de 2011 a 2015. Tem atuado nas áreas de Geografia, Ensino de Geografia e Educação do Campo. Além disso, participa em Grupo de Pesquisa relacionado ao tema dos agrotóxicos e suas implicações à saúde humana e ambiental, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), entre outras.

BIANCA DANIELLE DE OLIVEIRA
Discente de Engenharia Florestal (UFPI/CPCE) e integrante do NAGU.

CAIO DE MENESES CABRAL
Engenheiro de Pesca pela Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Acadêmica de Serra Talhada – UFRPE/UAST. Foi bolsista de Iniciação ao Extensionismo – IEX do CNPq junto ao Núcleo de Estudos, Pesquisas e Práticas Agroecológicas do Semiárido (NEPPAS). Foi estagiário do Centro de Educação Comunitária Rural, onde desenvolveu TCC sobre Engenharia de Pesca e Agricultura Familiar no Semiárido. Mestre em Extensão Rural e Desenvolvimento Local (POSMEX) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), onde desenvolveu pesquisa de dissertação sobre políticas públicas e desenvolvimento local no Semiárido rural. Trabalhou como Assessor Técnico de Nível Superior no Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá. Professor Efetivo da Universidade Federal do Piauí, em Bom Jesus, lotado no Curso de Engenharia Agronômica. Doutorando pela Universidad de Córdoba – Espanha.

DAVI LIMA PANTOJA
Bacharel em Ciências Biológicas (2004) pela Universidade Federal de Viçosa, Mestre em Biologia Animal (2007) e Doutor em Ecologia (2013) pela Universidade de Brasília / University of Texas at Austin (EUA). Pós-Doutorado (2014) na Universidad Nacional de Córdoba / CONICET (Argentina). Foi professor substituto do Departamento de Zoologia da Universidade de Brasília (2014-2015). Em 2015, ingressou na Universidade Federal do Piauí, em Bom Jesus no Vale do Gurgueia, e em 2019 transferiu-se para o Departamento de Biologia/CCN em Teresina. É fundador e curador da Coleção Herpetológica da UFPI (CHUFPI), e co-fundador do Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurgueia (NAGU). Desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão, e tem experiência nas áreas de Ecologia, Zoologia, Biogeografia e Conservação da Natureza, com ênfase no estudo dos répteis e anfíbios (Herpetologia).

EDUARDO JUSTINO SANTANA
Mestrando em Agriculturas Familiares e Desenvolvimento Sustentável (INEAF/UFPA), Engenheiro Florestal (UFPI/CPCE), militante de Movimento Camponês Popular (MCP) integrante do Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurgueia (NAGU/UFPI).

ELIZABETE ALVES CARVALHO
Licenciada em Educação do Campo na área de Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do Piauí, campus Professora Cinobelina Elvas. É integrante do Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurgueia (NAGU/UFPI), camponesa e professora da educação básica.

ENDRIGO NERES VIEIRA
Discente do curso de Zootecnia (UFPI/CPCE) e integrante do Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurgueia (NAGU).

FELIPE JOSÉ DA COSTA ANDRADE
Discente do curso de Medicina Veterinária (UFPI/CPCE). Nascido e criado no distrito de Icoaraci, Belém do Pará, 22 anos, vegano e pagão. Há alguns anos trabalha com fauna e sua relação com as comunidades humanas, para entender os ciclos que movem os ecossistemas.

FERNANDA MOTA DA SILVA
Especialista em Docência dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, Das Populações do Campo e Carcerária na Modalidade da Educação de Jovens e Adultos, é graduada em Licenciatura Plena Normal Superior pela Universidade Estadual do Piauí – UESPI (2006). É Professora efetiva da rede municipal de ensino da cidade de Bom Jesus, PI. Desenvolveu trabalho como professora na Escola Família Agrícola Vale do Gurgueia (EFAVAG) no ano de 2009, coordenadora pedagógica nos anos de 2010, 2013, 2014, 2015, foi diretora no período de 2016 a 2020. Pedagógica da Escola Família Agrícola Vale do Gurgueia (EFAVAG). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação no Campo, Educação de Jovens e Adultos, Educação Infantil e Educação Fundamental.

GILVAN DA SILVA COSTA
Estudante de Engenharia Agronômica (UFPI/CPCE) e integrante do Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurgueia (NAGU/UFPI).

JACKSON RAMON QUADROS BRANDÃO
Discente do curso de Medicina Veterinária (UFPI/CPCE), membro efetivo do Gbio e membro do GECUN-cunicultura.

JANAILTON COUTINHO
Licenciado em Ciências Agrícolas; especialista em Educação do Campo e agricultura Familiar; Mestre em Extensão Rural e Doutor em Educação Brasileira. Atualmente é professor do curso de Agronomia e Veterinária do Centro de Ciências Agrárias e da Biodiversidade da Universidade Federal do Cariri.

JULIANA DE SOUSA SILVA
Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Piauí (2012), Especialista em Ecologia pelo Centro de Ensino a Distância da Universidade Federal do Piauí (2017), Especialista em Gestão, Licenciamento e Auditoria Ambiental pela Universidade Norte do Paraná (2018). Desenvolvo pesquisa na área de Herpetologia, Ecologia, Zoologia e Educação Ambiental, com ênfase no estudo de répteis e anfíbios junto ao Grupo de Pesquisa em Herpetologia do Piauí. Atualmente é Bióloga (CRBIO= 107.057/05D) na 13ª Gerência Regional de Saúde de Bom Jesus, responsável pelo setor de Entomologia com ênfase em saúde pública.

KELCI ANNE PEREIRA
Graduada em pedagogia e em comunicação social; especialista em comunicação popular e comunitária; mestre e doutora em educação. Foi consultora da Unesco para a Agenda Territorial de Desenvolvimento Integrado de Alfabetização e EJA e coordenou projetos de extensão e pesquisa ligados às temáticas educação popular e trabalho associado em assentamentos rurais, pela Incoop e pelo Niase da UFSCar. Atuou nos cursos de especialização em «Educação de Jovens e Adultos» (UFSCar) e em «Educação do Campo e Agroecologia» (USP/ENFF), integrando as equipes de docentes convidados e a coordenação político-pedagógica dos cursos. Foi docente da Licenciatura em Educação do Campo (LEdoC) da UNB/FUP e, desde 2017, é professora da LEdoC da UFPI/CPCE. Tem experiência nos temas: educação do campo; economia solidária; agroecologia; teatro político. É membro programa de extensão e pesquisa Terra em Cena (UnB) e coordenadora do Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurguéia (NAGU), do Projeto Escola de Teatro Político e Vídeo Popular do PI e do Projeto Cenas Camponesas: teatro, formação humana e organização social. Faz parte do grupo de pesquisa «Terra em Cena: teatro, audiovisual na educação do campo» e do «Núcleo de Pesquisas e Estudos com Comunidades Camponesas» (Diretório de grupos do CNPq).

LEANDRO PINTO XAVIER
Mestre em Ciências Sociais com ênfase em Antropologia pela Universidade Federal do Pará (2006). Graduação (Bacharelado e Licenciatura) em Ciências Sociais pela Universidade da Amazônia (1997/2001). Professor Adjunto IV da Universidade Federal do Piauí, exercendo suas atividades de ensino, pesquisa e extensão na Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do Colegiado do Curso de Bacharelado em Gastronomia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente, desenvolve atividades e pesquisas na área da Sociologia Aplicada à Gastronomia e da Antropologia da Alimentação.

LILIAN SILVA CATENACCI
Docente do Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal da Amazônia da Universidade Federal do Pará, Docente do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Aplicadas a Animais de Interesse Regional (PPGTAIR), Doutora em Epidemiologia Viral no Instituto Evandro Chagas (PA) e docente da Universidade Federal do Piauí (UFPI), sendo responsável pelas disciplinas de clínica e criação de animais silvestres, manejo de fauna e medicina da conservação. Autora de capítulo sobre arboviroses no Livro Fowler, 9a edição. Realizou doutorado sanduíche nos Estados Unidos, como estudante compartilhada entre a University of Missouri-St Louis e o Institute for Conservation Medicine (ICM) at the St Louis Zoo, em Saint Louis. Foi por quatro anos da diretoria da Associação Brasileira de Veterinários de Animais Selvagens. Possui graduação em Medicina Veterinária pela UNESP (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus Botucatu) (SP) (2004) e mestrado em Zoologia pela Universidade Estadual de Santa Cruz (BA) (2008). É pesquisadora associada do Centro de Pesquisa e Conservação do Zoológico da Antuérpia, Bélgica desde 2005 e do Institute for Conservation Medicine do Zoo Saint Louis desde 2019. Integrante do Comitê Gestor de Crise para o enfrentamento do COVID-19.

MARCIEL ROCHA DA SILVA
Licenciado em Educação do Campo na área de Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do Piauí, campus Professora Cinobelina Elvas. É integrante do Núcleo de Agroecologia e Arte do Vale do Gurgueia (NAGU/UFPI), camponês e militante do Movimento Agroecológico.

MÁRCIO DA SILVA DA COSTA
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Piauí (2008), mestrado (2010) e doutorado (2014) em Ciência Animal pela Universidade Federal do Piauí. Atualmente é professor Adjunto classe A, nível II da Universidade Federal do Piauí. Coordenador de estágio curricular do Curso de Bach. em Zootecnia. É professor no programa de Pós-Graduação em Zootecnia desta IFES. Tem experiência na área de Zootecnia, com ênfase em Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos, atuando principalmente nos seguintes temas: recursos genéticos, marcadores morfológicos, marcadores moleculares, ovinos, caprinos, bovinos, genômica.

MARIA FRANCISCA BRASILEIRO COSTA BARBOSA DE LIMA
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Especialista em Psicopedagogia Institucional. Possui graduação em Licenciatura em Educação do Campo – Ciências Humanas e Sociais pela UFPI (2018) e graduação em Licenciatura em Pedagogia – Faculdades Integradas da Terra de Brasília (2009). Atualmente é professora substituta da UFPI – Campus Professora Cinobelina Elvas/ Bom Jesus, PI, no Curso de Licenciatura em Educação do Campo. Atualmente exerce a função de coordenadora de eixo na Escola Família Agrícola de Eliseu Martins (EFAEM) – PI. Tem experiência na área da Pedagogia da Alternância, Educação do Campo, com ênfase em Formação Continuada e Gestão Escolar.

MARIA RAIMUNDA BORGES FALCÃO
Licencianda em Educação do Campo na área de Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do Piauí, campus Professora Cinobelina Elvas. É integrante do Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurgueia (NAGU/UFPI) e colaboradora administrativa do projeto intitulado “quintais agroecológicos e as mulheres no protagonismo dos processos produtivos e econômicos no território da Chapada das Nascentes”. É camponesa e militante do Movimento Agroecológico.

MILLENA AYLA DA MATA DIAS
Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural (PPGMADER/UnB). Engenheira Florestal pela Universidade Federal do Piauí Campus Professora Cinobelina Elvas, lugar de reencontros, pôde vivenciar a agroecologia na teoria e como movimento junto ao Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurgueia e nas práticas com as comunidades camponesas, em especial com as mulheres quebradeiras de coco babaçu da comunidade Sítio, Cristino Castro, Piauí, juntamente com o projeto Ações de sustentabilidade e boas práticas na cadeia produtiva do coco babaçu. Atua com as questões de sua própria classe, das camadas populares por meio da experiencia do projeto Pré-Enem Popular Vale do Gurgueia. Natural da cidade de Urbano Santos, interior do Maranhão.

MYLLA MARIA DE SOUSA GUERRA
Discente em Ciências da Natureza na Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASP).

POLLYANA OLIVEIRA DA SILVA
Descendente de agricultores familiares, foi a primeira na família a conseguir o tão sonhado título de graduação e pós-graduação. Médica veterinária formada pela Universidade Federal do Piauí/UFPI, com mestrado e doutorado no Curso de Pós-Graduação em Zootecnia tropical, na mesma instituição, atualmente é professora efetiva do curso de Bacharelado em zootecnia da Universidade Federal do Piauí, Campus Professora Cinobelina Elvas. Está atuante em projetos na linha de pesquisa Genética e Melhoramento de animal de interesse econômico, com enfase em caprinos e ovinos. Faz parte do Núcleo de agroecologia e artes do Vale do Gurgueia-NAGU, onde coordena o projeto intitulado: Quintais agroecológicos e as mulheres no protagonismo dos processos produtivos e econômicos, no território da chapada das Nascentes; e Implementação de tecnologias na criação de ovinos e caprinos do assentamento Chupeiro, Elizeu Martins, PI.

PRISCILA TEIXEIRA DE SOUZA CARNEIRO
Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Ceará (2006), mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal do Ceará (2010) e doutorado em Ciências Veterinárias pela Universidade Estadual do Ceará (2014). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Cariri – UFCA, no curso de Medicina Veterinária. Coordena o projeto de extensão “Guarda responsável: conhecer e sentir para o bem-estar dos animais garantir”. Tem experiência nas áreas de Agroecologia, Bioclimatologia e Bem-estar Animal.

SINEVALDO GONÇALVES DE MOURA
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Piauí (2003), mestre em Ciência Animal pela Universidade Federal do Piauí (2006) e doutor em Ciência Animal pela Universidade Federal do Piauí (2010). Atualmente é professor Associado II da Universidade Federal do Piauí do Campus Professora Cinobelina Elvas. Tem experiência na área de Agronomia e Zootecnia, com ênfase em Apicultura. Professor das disciplinas: 1- Apicultura para os cursos de Zootecnia, Veterinária, Agronomia e Engenharia Florestal; 2- Meliponicultura para o curso de Zootecnia e 3- Empreendedorismo.

SÔNIA GUILHERME DE SOUSA
Licenciada em Ciências Biológicas (2019) pela Universidade Federal do Piauí, em Bom Jesus no Vale do Gurgueia. Colabora em estudos voltados para a herpetofauna do Vale do Gurgueia, participa do Grupo de Pesquisa em Herpetologia do Piauí e tem experiência nas áreas de Ecologia, Zoologia e Educação Ambiental, com ênfase no estudo dos répteis e anfíbios (Herpetologia).

SÔNIA MARIA RIBEIRO DE SOUZA
Licenciada em Geografia pela Faculdade de Ciências e Tecnologia/Universidade Estadual Paulista – UNESP/Campus de Presidente Prudente (2000), com Mestrado (2005) e Doutorado (2011) pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia /Unesp/Presidente Prudente. Professora Adjunta da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Ministro Petrônio Portella. Atua na área de Geografia, ênfase em Geografia Humana e desenvolve pesquisa com temas voltados à questão agrária: estrutura fundiária, relações de trabalho, agricultura camponesa, agroecologia, cartografia social e meio ambiente. Membro dos Grupos de Pesquisa: CEGeT- Centro de Estudos de Geografia do Trabalho/Unesp/Presidente Prudente e NUPESCC – Núcleo de Pesquisa e de Estudos de Comunidades Camponesas/UFPI, além do NAGU- Núcleo de Agroecologia do Vale do Gurguéia/UFPI.

THIAGO BATISTA DE SOUSA
Licenciado em Educação do Campo na área de Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do Piauí, campus Professora Cinobelina Elvas. É integrante do Núcleo de Agroecologia do Vale do Gurgueia (NAGU/UFPI), camponês e militante do Movimento Agroecológico.

TOBIAS EMÍLIO TAVARES LIMA
Acadêmico na área de Medicina Veterinária, sendo secretário geral da Liga Acadêmica de Medicina Veterinária Preventiva – LAVEP (2019), diretor de finanças do Grupo de Reabilitação em Medicina Veterinária – ReabVet (2019), ligante do Grupo de Estudos em Biodiversidade – GBio (2019). Linha de pesquisa com ênfase em Medicina Veterinária Preventiva e Clínica e Manejo de Animais Silvestres com foco na fauna marinha.

VALCILENE RODRIGUES DA SILVA
Professora da Licenciatura em Educação do Campo na Universidade Federal do Piauí. É integrante do Núcleo de Educação, Pesquisa e Práticas em Agroecologia e Geografia (NEPPAG-UFPE), do Núcleo de Agroecologia e Artes do Vale do Gurgueia (NAGU/UFPI) e Faz parte do grupo de pesquisa “Terra em Cena: teatro, audiovisual na educação do campo” e do Núcleo de Pesquisas e Estudos com Comunidades Camponesas (NUPESCC/UFPI). Filha de camponesa, militante do movimento agroecológico, sertaneja e amante da poesia popular!

VANESSA PARAGUAI RODRIGUES
Licenciada em Ciências biológicas (2019) pela Universidade Federal do Piauí, Campus de Bom Jesus. Durante a graduação realizou pesquisas voltadas para a conservação da herpetofauna piauiense, com foco no Vale do Gurguéia, atualmente participa do Grupo de pesquisa em Herpetologia do Piauí. Experiência em Ecologia, zoologia com foco na herpetofauna, educação ambiental e meio ambiente.

VIVIANY LUCIA FERNANDES DOS SANTOS
Possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2007), mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2010) e doutorado em Programa Integrado de Doutorado em Zootecnia pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2014). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Piauí, na área de produção de ruminantes.

YANNE KAMMILY AVELINO MACHADO
Discente de Medicina Veterinária (UFPI/CPCE) e militante do NAGU.