Capa do livro: EDUCAÇÃO, MOVIMENTOS SOCIAIS E UTOPIAS

EDUCAÇÃO, MOVIMENTOS SOCIAIS E UTOPIAS

Autores: Amanda Motta Castro - Luciane Tavares dos Santos - Marcio Caetano (Orgs.)

livro impresso
de R$ 63,90 por
livro digital
de R$ 63,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O livro Educação, movimentos sociais e utopias reúne texto de vinte quatro pesquisadoras/os. Neste livro celebramos o centenário de Paulo Freire e renovamos com ele algumas certezas, como a que diz que é preciso esperançar, mesmo com tantos apesar de no atual capítulo da história brasileira. Como afirmam autoras e autores neste livro, a utopia é um modo de caminhar e de lutar.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-1581-8
ISBN DIGITAL:978-65-251-1580-1
DOI: 10.24824/978652511581.8
Ano de edição: 2021
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 290
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

EDUCAÇÃO, MOVIMENTOS SOCIAIS E UTOPIAS

Autores

ADRIELLE LISBOA/UERJ
Mestrado em Educação na Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FFP/UERJ). Graduação em Pedagogia/FFP/UERJ. Vinculada ao Grupo de Estudos e Pesquisas da(s) Infância(s), Formação de Professores(as) e Diversidade Cultural/UERJ/FFP, pesquisando movimentos sociais e questões étnico-raciais.

ALEXANDRE MACEDO PEREIRA/UFPB
Professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Departamento de Habilitações Pedagógicas (DHP), Centro de Educação (CE); Pós-doutor em Linguística (PROLING-UFPB); Doutor na área de Educação (PPGEA-FURG); Mestre em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (PPGEDAM-UFPA); Psicopedagogo (FACINTER); licenciado em Pedagogia (UNEB); Líder do grupo de Pesquisa “Educação Ambiental e Formação de Professores” (EAFP). Graduando em Direito (UNIESP).

AMANDA MOTTA CASTRO/FURG
Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul/FURG e docente do Departamento de Educação da mesma instituição. Doutora pelo programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos/UNISINOS; foi bolsista CAPES durante (2009-2015). Realizou Estágio de doutoramento na Universidad Autonoma Metropolitana del México - UAM, no departamento de Antropologia. Compõe la Comunidad de Pensamiento Feminista Latinoamericano: El Telar e o Grupo de pesquisa interdisciplinar Lélia Gonzalez. Trabalha com os seguintes temas de pesquisa: Feminismo, desigualdades sociais, Educação e Arte Popular.

CARINE MARCON/UFFS
Licenciada em Ciências Sociais e Mestranda em Educação (PPGPE) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Erechim.

CARLOS GUILLERMO MOJICA VÉLEZ/FURG
Mestrando em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande. Colômbia. Licenciado en Educación: Lengua Castellana pela Universidad de Antioquia. Auxiliar de investigación y profesor asesor da Universidad de Antioquia. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Planejamento e Avaliação Educacional.

CARLOS RODRIGUES BRANDÃO/UNICAMP
Licenciado em psicologia e Psicólogo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1965); mestre em antropologia pela Universidade de Brasília (1974). doutor em ciências sociais pela Universidade de São Paulo (1980); livre docente em antropologia do simbolismo pela Universidade Estadual de Campinas. Realizou pós-doutorado na Universidade de Perugia e na Universidade de Santiago de Compostela. É “fellow” do St. Edmunds College da Universidade de Cambridge. Atualmente é professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), professor colaborador do POSGEO da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e professor visitante da Universidade Estadual de Goiás. Possui experiência na área de antropologia, com ênfase em antropologia camponesa, antropologia da religião, cultura popular, etnia e educação, com foco na educação popular. É Comendador do Mérito Científico pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, doutor honoris causa pela Universidade Federal de Goiás, doutor honoris causa pela Universidad Nacional de Lujan (Argentina), professor emérito da Universidade Federal de Uberlândia, e professor emérito da Universidade Estadual de Campinas. Escreveu artigos e livros nas áreas de antropologia, educação e literatura.

CECILIA M. B. SARDENBERG/UFBA
Graduada em Antropologia Cultural na Illinois State University, Ma. e Dra. em Antropologia Social na Boston University e Pós-doc. como Visiting Researcher no Institute of Development Studies. Prof. Associada I no Departamento de Antropologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Diretora do NEIM – Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher/UFBA, e Professora do Programas de Pós-Graduação em Ciências Sociais e em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo – PPG-NEIM/UFBA. Coordenadora pelo NEIM do PROCAD/CAPES com a Universidade Federal de Santa Catarina. Coordenadora Nacional do OBSERVE – Observatório de Monitoramento da Aplicação da Lei Maria da Penha, e líder do grupo de pesquisa vinculado ao OBSERVE. Atua junto ao IDS – Institute of Development Studies, Inglaterra, como Coordenadora (2006/2011) do Grupo da América Latina do Consórcio do Programa de Pesquisas sobre o Empoderamento das Mulheres, financiado pelo Department for International Development – DFID da Grã-Bretanha, e liderando o grupo de pesquisa do Projeto Trilhas do Empoderamento e Mulheres.

DANIELLE BASTOS/UERJ
Professora adjunta da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), no Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira e docente permanente do Programa de Pós-Graduação de Ensino em Educação Básica (PPGEB/UERJ). Doutora em Educação (PROPED/UERJ). Líder do Grupo de Pesquisa Educação, Estudos Ameríndios e Fronteiras (GEAF/CNPq). Coordenadora do projeto de pesquisa Pensando Culturas Ameríndias: a inserção/ influência das autorias indígenas nos materiais didáticos da região Sudeste (FAPERJ/APQ1). Tem experiência nos seguintes assuntos: cosmologia, alteridade, processos de escolarização e currículo entre os povos ameríndios viventes nos territórios brasileiro e hispano-americano.

EMILIA DA SILVA PIÑEIRO/UFRGS
Doutoranda em Política Social e Direitos Humanos. Mestranda em Política Social e Direitos Humanos na Universidade Católica de Pelotas – UCPEL. Bacharel em Direito. Pesquisadora do grupo de pesquisa do CNPq: Laboratório de Estudos Psicossociais Cidades Seguras e Direitos Humanos (LEPS/UCPEL).

EVERTON FÊRRÊR DE OLIVEIRA/FURG
Doutorando em Educação Ambiental pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental (PPGEA/FURG) e mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEDU/UFSM). Docente do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Membro do Grupo de Estudos e Fundamentos da Educação Ambiental e Popular (GEFEAP).

INÊS BARBOSA DE OLIVEIRA/UERJ
Professora titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e professora adjunta da Universidade Estácio de Sá. Doutora em Educação pela Université des Sciences Humaines de Strasbourg e pós-doutora pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Ex-presidente da Associação Brasileira de Currículo (2015-2019).

KEROLIN KALINKA NUNES IUNG/UFFS
Licencianda em Geografia e Bolsista (FNDE) do Grupo PET Práxis/Licenciaturas da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Erechim.

LUCIANE TAVARES DOS SANTOS/UFF
Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Vinculada ao Grupo de Pesquisa Políticas do Corpo e Diferenças (POCs/UFPel) e ao Laboratório de Estudos e Aprontos Multimídia – relações étnicos-raciais na cultura digital (LEAM/UFF). Suas pesquisas trazem os cotidianos e a educação popular, as juventudes de favela, o gênero em perspectiva interseccional.

MARCEL JARDIM AMARAL/FURG
Doutorando em Educação Ambiental pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental (PPGEA/FURG) e mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEDU/FURG). Membro do Grupo de Estudos e Fundamentos da Educação Ambiental e Popular (GEFEAP).

MÁRCIA ESTEVES DE CALAZANS/UFRGS
Psicóloga. Pós-doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Pós-doutora pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia INCT/CNPq: Violência, Democracia e Segurança Cidadã pela Universidade de São Paulo (USP). Doutora em Sociologia e Mestre em Psicologia Social e Institucional (UFRGS). Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Membro da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO); Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED); Associação Brasileira de Sociologia (SBS) e da Latin American Studies Association (LASA). Integrante do Grupo de Trabalho Violencias, políticas de seguridad y resistencias, Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO). Atualmente desenvolve a pesquisa “Ações Afirmativas no Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRGS” e “Estados Plurinacionais e Educação Ambiental”. Membro docente do CLACSO para Diploma Superior en Seguridad, Violencia y Democracia. Pesquisadora no Núcleo de Estudos sobre Educação e Direitos Humanos, UCSAl/CNPq. Pesquisadora no Centro de Investigación en Gubernamentalidad y Estado da Universidad Nacional de Rosário/AR.

MARCIA ALVARENGA/UERJ
Professora associada da UERJ. Doutora em Educação pela UFRJ. Atua na graduação e no Programa de Pós-Graduação em Educação-Processos Formativos e Desigualdades Sociais (FFP/UERJ). Foi membro titular do Conselho Superior de Ensino Pesquisa e Extensão da UERJ (2012-1014 e 2014-2016). Líder do grupo de pesquisa Políticas Públicas e Educação de Jovens e Adultos Trabalhadores (PPEJAT/CNPq). Pesquisadora do CNPq (2008-2010; 2010-2012; 2014-2017) e Faperj com projetos de auxílios à pesquisa. Pós-Doutorado em Educação pela UFMG (CNPq) e Pós-Doutorado em Educação pela Universidade de Évora. Bacharel em Direito pela UFF e Licenciada em Pedagogia pela UERJ. Integra o Programa de extensão e pesquisa Vozes da Educação: Políticas, História e Memória das escolas. Vice-coordenadora do GT Educação de Pessoas Jovens e Adultas da ANPEd. Procientista da UERJ com bolsa de produtividade Faperj/UERJ. Vice-coordenadora da Cátedra Sérgio Vieira de Mello-Seção UERJ. Experiência na área de Educação, com ênfase em Políticas Públicas e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas públicas e educação, educação de jovens e adultos trabalhadores, poder local, direito à educação e movimentos sociais.

MARCIO CAETANO/UFPEL
Po?s-doutor em Currículo, com apoio do PNPD-CAPES, no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Coordenador do Centro de Memória LGBTI João Antônio Mascarenhas (UFPEL/UFES/UFOB), líder do Grupo de Pesquisa POC’s – Políticas do Corpo e Diferenças e docente na Universidade Federal de Pelotas (UFPel) onde orienta investigações desenvolvidas no Programa de Pós-graduação em Educação.

MARGARETE VON MÜHLEN POLL/UFPB
Professora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Departamento de Língua Portuguesa e Linguística (DLPL), Centro de Humanas Letras e Artes (CCHLA), Doutora e Estudos Linguísticos (UFMG); Mestre em Linguística (UFSC); Graduada em Licenciatura Plena em Letras Português/Alemão (UNISINOS); Líder do grupo de Pesquisa “Historiografia da Língua Portuguesa no Brasil”.

MARIA DA GLORIA GOHN/UNICAMP
Profa. na UNICAMP; Colaboradora da UFABC; Pesquisadora CNPq 1 A. Graduação em Sociologia pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo, doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo e Pós-Doutorado pela New School University, New York.

MARIA TEREZA G. TAVARES/UERJ
Graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação, Mestrado em Educação pela Universidade Federal Fluminense e Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pós-Doutorado em Educação pela Unicamp. Atualmente é pesquisadora associada ao Diretório Vozes da Educação: Memória, História e Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, coordenando o Grupo de Estudos e Pesquisas- Infância(s), Formação de Professores/as e Diversidade Cultural-GIFORDIC/UERJ/PPGedu. Coordenadora do GT Educação Popular da ANPED. Professora efetiva do Programa de Pós-Graduação em Educação-Processos Formativos e Desigualdades Sociais-PPGedu/FFP/UERJ. Possui experiência na área de Educação Popular, com ênfase em Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores(as) de educação infantil, educação popular, direito à cidade e educação da(s) infância(s) em periferias urbanas.

PAOLA BONAVITTA/UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA
Dra. en Estudios Sociales en Ame?rica Latina, Mg. en Sociologi?a, Lic. en Comunicacio?n Social por la Univ. Nacional de Co?rdoba. Diplomada en Feminismos Poli?ticos por la UNAM. Becaria postdoctoral de CONICET. Docente universitaria e investigadora.

RAYLENE MOREIRA/FURG
Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG Pedagoga pela Universidade Federal Fluminense, membra do Grupo de pesquisa Nós do Sul: Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre identidades, currículos e culturas. Bolsista CAPES.

THIAGO INGRASSIA PEREIRA/UFFS
Sociólogo, Mestre e Doutor em Educação (UFRGS). Pós-Doutor em Educação (ULisboa). Professor da área de Fundamentos da Educação com atuação na graduação e pós-graduação (PPGPE e PPGICH). Tutor (FNDE) do Grupo PET Práxis/Licenciaturas da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Erechim.

VILMAR ALVES PEREIRA/CNPQ
Educador popular e ambiental. Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Graduado em Filosofia pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Líder do Grupo de Pesquisa sobre os Fundamentos da Educação Ambiental e Popular-(GEFEAP). Pesquisador no PPGEA-FURG. Professor Colaborador na Universidade Internacional do Cuanza (UNIC) Angola. Professor Orientador de Doutorado em Educação na Universidade Internacional Iberoamericana (UNINI) em Porto Rico e Doutorado em Projetos UNINI-México. Bolsista de Produtividade do CNPq Nível 2 em Educação. Coordenador do Conselho de Educação da ARUTEMA - Associação Rio Grandina de Umbanda e Religiões de Matriz Africana.