Capa do livro: ENFERMAGEM EM TERRITÓRIOS INDÍGENAS

ENFERMAGEM EM TERRITÓRIOS INDÍGENAS

Autores: Lavinia Santos de Souza Oliveira (Org.)

livro impresso
de R$ 43,50 por
livro digital
de R$ 43,50 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Enfermagem em territórios indígenas... Um livro esperado e construído a partir de diferentes experiências de produzir e conceber o cuidado em saúde. O livro propõe um desafio de refletirmos sobre o trabalho em um espaço intercultural, onde convivem e interagem conhecimentos e práticas distintas sobre a construção do corpo, o ciclo da vida, o adoecimento, a cura e a morte. Conseguir traduzir e sistematizar em palavras as experiências dos profissionais de área, indígenas e não indígenas, é uma tarefa árdua e esse livro nos traz textos e falas potentes em que se misturam afetos, aflições e descobertas. Em alguns momentos o livro nos leva para o território e, longe de nossa sociedade, conseguimos repensar nossas práticas... Principalmente quando se pensa no cuidado com o outro. Um livro que, à semelhança de uma boa muvuca, põe em contato diferentes conceitos da atenção primária, da enfermagem, da saúde coletiva, da antropologia e da psicologia. A base dessa mistura é o vínculo, a confiança que demanda calma, paciência e continuidade.

Dra. Sofia Mendonça
Médica sanitarista, antropóloga e indigenista, coordenadora do Projeto Xingu/EPM-Unifesp, Programa de extensão universitária da UNIFESP. Há 40 anos atuando no Xingu e formando pessoas para o trabalho em saúde indígena.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-0883-4
ISBN DIGITAL:978-65-251-0884-1
DOI: 10.24824/978652510883.4
Ano de edição: 2021
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 166
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

ENFERMAGEM EM TERRITÓRIOS INDÍGENAS

Autores

AMANDA FERREIRA MONTEIRO DAS MERCÊS
Graduada em enfermagem pela EPE/Unifesp. Extensionista do Projeto Xingu, residência em Enfermagem Obstétrica pelo Hospital Sofia Feldman/Faseh. Atua na saúde indígena desde 2017, e atualmente integra a Equipe Multidisciplinar de Saúde Indígena do Polo Base Diauarum, DSEI Xingu.

ANAPAULA MARTINS MENDES
Enfermeira, doutora e mestra em Saúde Coletiva, pela UFSC, desenvolvendo projetos na área da Saúde Indígena. Especialista em Saúde Indígena pela UNIFESP no ano de 2011 onde atualmente atua como tutora e orientadora no curso. Desenvolve ações no âmbito da Saúde Indígena desde o ano de 2005, entre assistência, gestão, pesquisa e ensino, atuando com diferentes povos indígenas no Brasil. Professora Adjunta na Universidade Federal do Amapá e Universidade Federal de Santa Catarina.

ARIELE GOMES BOTELHO
Enfermeira formada pela UFSCAR. Foi extensionista do PET Saúde Indígena nesta universidade. Atuou como enfermeira da atenção primária na cidade de Anastácio, MS. Pós-graduanda lato sensu, modalidade residência multiprofissional na área de concentração em saúde indígena da HU-UFGD.

FABIO RODRIGUES TRINDADE
Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual do Piauí (2007). Especialista em Enfermagem do Trabalho pela Faculdade de Tecnologia Internacional (2010) Mestre em Gerontologia pela Universidade Católica de Brasília (2013). Doutor pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Escola Paulista de Enfermagem – EPE/UNIFESP (2019). Vice-líder do grupo de pesquisa: Aspectos físicos, biológicos, epidemiológicos, educacionais e tecnológicos do envelhecimento – UCB/DF- CNPQ. Professor Adjunto do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí – UFPI.

FERNANDA MATOS FERNANDES CASTELO BRANCO
Possui graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário UNINOVAFAPI (2004). Especialista em Saúde Mental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Programa de Saúde da Família (FACISA), Revisão Sistemática e Metanálise (USP) e em Álcool e outras Drogas (USP). Mestre em Saúde da Família pelo Centro Universitário UNINOVAFAPI. Doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP), Pós doutora em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem em Adições e Saúde Mental (NEPEAASM) - CNPq. Professora Adjunta da Universidade Federal do Amapá - UNIFAP (Campus Binacional). Tem experiência nas áreas de Saúde Mental, Álcool e outras drogas.

FERNANDA RODER MARTINEZ
Enfermeira formada pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto- FAMERP. Especialista em Saúde Pública, obstetrícia e gestão de Projetos e Promoção da Saúde. Enfermeira de campo em saúde indígena no Rio Negro- AM e supervisora do Projeto Xingu/Unifesp. Atuou como tutora, docente e coordenadora de tutoria nos cursos de Especialização e cursos livres em Saúde Indígena na Unifesp.

HELIO CARLOS MELO
Helio Carlos Melo, 56 anos, fotógrafo, artista multimidia, documentarista do Projeto Xingu desde 2003. Jornalista Livre.

LAVINIA SANTOS DE SOUZA OLIVEIRA
Enfermeira graduada pela Escola de Enfermagem da USP. Especialista em Saúde Pública pela ENSP/Fiocruz, mestre e doutora em Saúde Pública pela FSP/USP. Tem experiências de mais de 20 anos em ensino, docência e pesquisa de saúde indígena, saúde pública, enfermagem em saúde coletiva, formação e gestão de pessoas em serviços de saúde. Pesquisadora do CNPq. Trabalha no Projeto Xingu da Unifesp desde 1998.

MARIA INÊS TASSINARI
Doutora em Psicologia pela PUCSP, Psicanalista membro do departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae, Membro do grupo de trabalho e Pesquisa “Faces do Traumático”do departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae. Foi professora da PUC-SP por 16 anos e do COGEAE- PUCSP.

MARIANA MACIEL QUEIROZ
Enfermeira formada pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto- FAMERP.
Especialista em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica pela Faculdade de Enfermagem Albert Einstein; especialista em Saúde Indígena pela UAB/Unifesp
Atua há 15 anos com os Povos Indígenas do Xingu, como enfermeira de campo, formadora de profissionais indígenas e não indígenas e atualmente é assessora técnica para a saúde da Mulher Indígena no Projeto Xingu.

MARISA BERALDO
Enfermeira. Habilitação em Licenciatura para Enfermeiros; Qualificação de Gestores do SUS (FIOCRUZ;) Especialista em Saúde Pública; Especialização em Administração Hospitalar; Especialização em Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências; Mestre em Administração UMESP.
Atuou como:
Assistente Técnico Coordenando a Enfermagem da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo por 10 anos; Na SMS-SP 5 anos no Comitê de Ética; Coordenou a construção de 7 manuais técnicos para a enfermagem da rede básica do município de São Paulo(também autora); Atualmente é professora convidada do Centro Universitário São Camilo nos cursos de Pós-graduação em Administração Hospitalar, MBA- Gestão de Saúde e Pós-graduação em Saúde Pública com Ênfase ESF; Membro do GT Atenção Básica Coren-SP.

MARIA CRISTINA TRONCARELLI
Educadora e jornalista, com experiência de 37 anos na formação de profissionais de saúde e professores indígenas e não indígenas. É membro da equipe multidisciplinar do Projeto Xingu/Unifesp, tendo atuado como tutora e docente no Curso de Especialização em Saúde Indígena desenvolvido pela Unifesp/Unasus e Unifesp/UAB. Formadora e consultora na formação de professores indígenas desde 1984, tendo organizado mais de 40 livros didáticos nas línguas indígenas e na língua portuguesa.

MONTOYA MANTO IKPENG
Agente de Saúde Indígena da etnia Ikpeng, Território Xingu. Atuou como brigadista por um ano e assim se aproximou das questões de saúde. Trabalha na região do médio Xingu e vem tendo destacada atuação no enfrentamento da pandemia pelo Covid-19 na região, juntamente com a equipe de saúde local. Vem fazendo cursos e procurando se aprofundar nesta temática.

NÁDIA CRISTINE COELHO EUGENIO PEDROSA
Possui graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário UNIRG (2008). Especialista em Gestão do Trabalho e educação em saúde Universidade Federal do Amapá UNIFAP (2012). Mestre em Ciências da Saúde Universidade Federal do Amapá UNIFAP (2018). Professora na Universidade Federal do Amapá - UNIFAP (Campus Marco Zero). Tem experiência em enfermagem com ênfase em saúde coletiva.

SOFIA BEATRIZ MACHADO DE MENDONÇA
Médica Sanitarista, Indigenista, Mestre em Antropologia, Doutoranda em Saúde Coletiva pelo Departamento de Medicina Preventiva EPM/Unifesp.
Coordena o Projeto Xingu, Programa de Extensão Universitária da EPM/Unifesp.
Trabalha com Saúde Indígena desde 1981.

TUKUPE WAURÁ
Agente de Saúde Indígena da Etnia Waurá, Parque Indígena do Xingu. Atua na área do Médio Xingu. Formado como Agente Indígena de Saúde pela UNIFESP, em parceria com a Escola de Saúde Pública de Cuiabá. Formado em gestão territorial do Xingu pelo Instituto Socio Ambiental, ISA. É presidente da Associação Indígena Sakuyawa e Arakuni.

SIRATYWY KAWAIWETE (WYRASINGI)
Agente Indígena de Saúde da etnia Kaiabi, atua na região do baixo Xingu, no Território Indígena do Xingu, Mato Grosso. Reside na Aldeia Capivara, onde começou a trabalhar como barqueiro, transportando pacientes e acompanhando atendimentos de saúde.  Fez sua formação nos cursos da Unifesp/Escola de Saúde de Cuiabá; atua na saúde indígena desde 2002.