Capa do livro: EDUCAÇÃO FÍSICA E DIFERENÇA: <br>perspectivas e diálogos

EDUCAÇÃO FÍSICA E DIFERENÇA:
perspectivas e diálogos

Autores: William de Goes Ribeiro - Rita de Cassia de Oliveira e Silva - Denise de Souza Destro (Orgs.)

livro impresso
de R$ 62,90 por
livro digital
de R$ 62,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O campo da Educação Física nunca esteve apartado de discursos sociais. A centralidade no corpo reitera e provoca questões que estão relacionadas com políticas e finalidades educacionais em disputa. A disciplinarização dos corpos na escola do início do século XX no Brasil, por exemplo, emerge na articulação exército/militarismo e higienismo/medicina, produzida no conjunto de outros discursos amparados pelo desejo de modernidade, segundo os padrões eurocêntricos. Houve mudanças de significações no que concerne à prática da Educação Física no âmbito escolar, porém a relação componente curricular e sociedade permanece em meio a disputas por hegemonia. Ao rejeitarmos a disciplinarização dos corpos e reafirmarmos que as questões sociais, políticas e culturais perpassam o universo escolar e o componente curricular, no qual o corpo se evidencia, esta obra torna-se quase um manifesto à diferença, compreendida como um direito, como mobilizadora de lutas e debates que, postos à explicitação, oferece a possibilidade do político e do diálogo. Assim, entendemos como relevante considerar os atravessamentos da escolarização, currículo, formação docente, didática, entre outros, como um direito. Ao dialogarmos com referenciais distintos, diferença tanto pode se articular em alguns dos nossos textos de forma intercambiável com diversidade como pode assumir uma distinção em relação ao termo. Convidamos os/as leitores/as à reflexão e ao debate a partir das questões enunciadas nesta obra, que está dividida em três áreas temáticas: Educação Física, corpo e diferença; Educação Física e formação de professores; e Educação Física, escola e cultura. 

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-0556-7
ISBN DIGITAL:978-65-251-0550-5
DOI: 10.24824/978652510556.7
Ano de edição: 2021
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 292
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

EDUCAÇÃO FÍSICA E DIFERENÇA: <br>perspectivas e diálogos

Autores

ANA IVENICKI
PhD em Educação pela University of Glasgow, professora Emérita da Universidade Federal do Rio de Janeiro, lotada na Faculdade de Educação/UFRJ. Pesquisadora 1A do CNPq. Possui publicações no Brasil e no exterior. É coordenadora do Grupo de Estudos Multiculturais /GEM, cadastrado no diretório de pesquisas do CNPq.

ANA PAULA DA SILVA SANTOS
Professora da Rede Municipal de Duque de Caxias, Professora da Universidade Estácio de Sá, integrante do Gecec - Grupo de estudos cotidiano, escola e cultura (s) da Puc-Rio. Doutora em educação pela Puc-Rio.

ANDRÉ DOS SANTOS SOUZA CAVALCANTI
Professor da rede municipal de educação do Rio de Janeiro, professor da Rede municipal de educação de Itaboraí. Especialista em Educação Física Escolar pela Universidade Federal Fluminense. Mestrado em Educação pela Faculdade de Formação de professores da UERJ. Pesquisador das relações étnico-raciais.

DENISE DE SOUZA DESTRO
Licenciada em EF pela UFJF. Mestre e Doutora em Educação pela UERJ. Professora de Educação Física da Prefeitura de Juiz de Fora/MG. Técnica da Secretaria de Educação de Juiz de Fora/MG.

FABIANO LANGE SALLES
Professor do Colégio Pedro II, instituição em que coordena o Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação Física Escolar (GEPEFE). Licenciado em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mestre e Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

GENIANA DOS SANTOS
Licenciada em Língua Portuguesa e Literaturas pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e em Pedagogia pelo Centro Universitário Claretiano – Batatais. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Professora Adjunta na Universidade Federal de Mato Grosso – Instituto de Educação, Departamento de Ensino e Organização Escolar, nas áreas de Didática e Linguagem.

JEIMIS NOGUEIRA DE CASTRO
Doutor em Ensino em Biociências e Saúde (FIOCRUZ). Licenciado em Educação Física (UFRRJ) e em Pedagogia (UERJ).  Docente do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, Campus Valença, Rio de Janeiro. Atua na educação básica com ensino de Educação Física e coordena o curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Temas e Perspectivas Contemporâneas em Educação e Ensino.

JOE GOMES
Professor de Educação Física da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Especialista em Educação Física escolar pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Especialização em Ciência do Futebol e Futsal Universidade Castelo Branco (UCB). Licenciado em Educação Física Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

MARCEL CAVALCANTE DE SOUZA
Mestre em Práticas de Educação Básica pela Pró Reitoria de Pós Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura do Colégio Federal Pedro II (PROPGPEC/CPII), Especialista em Educação Física Escolar pelo Instituto de Educação Física da Universidade Federal Fluminense (IEF/UFF) e graduado em Educação Física, licenciatura plena, pela Escola de Educação Física e Desportos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEFD/UFRJ). Professor de Educação Física da rede pública municipal do Rio de Janeiro. Professor de Karatê, faixa preta 5º Dan, pela Federação Fluminense de Karatê Interestilos e pela Confederação Brasileira de Karatê Interestilos (FFKI/CBKI). Ator e pesquisador do método Teatro do Oprimido.

MARCELO SIQUEIRA DE JESUS
Professor Adjunto da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri,  líder do Grupo de Pesquisa sobre Negro e Educação no Vale do Jequitinhonha - GENEJEQUI. Mestre e Doutor em Educação pela Universidade Federal Fluminense.

MARIA SIMONE VIONE SCHWENGBER
Professora doutora na Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí, Rio Grande do Sul, Brasil.

MONIQUE MARQUES LONGO
Professora Adjunta da UERJ onde coordena o GECCI (Grupo de Educação, Corpo, Cultura e Infância). Doutora em Educação pela PUC-RJ e Mestre em Educação pela UFRJ. Psicopedagoga.

RAQUEL ALEXANDRE PINHO DOS SANTOS
Professora do Colégio Teresiano. Área: gênero e diversidade sexual. Licenciada em Biologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mestre e Doutora em Educação pela PUC – RJ.

RITA DE CASSIA DE OLIVEIRA E SILVA
É graduada em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Mestra em Educação pela mesma universidade e Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Faz parte do Grupo de Estudos sobre Cotidiano, Educação e Cultura(s) (GECEC) coordenado pela professora Vera Maria Candau e é líder do Grupo de Estudos sobre Formação de professores/as, diversidade e diferença cultural (GEFPRODi-UFRJ). Discute sobre formação de professores/as, interculturalidade, decolonialidade, feminismos negros e decolonial. Atuou por mais de 17 anos como professora na Educação Básica e atualmente é professora adjunta da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

SILVANA MATOS UHMANN
Professora doutora na Universidade Federal Fluminense, Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Brasil.

THALES RODRIGO DE SIQUEIRA
Especialista em Educação Física Escolar, Graduado em Educação Física pela Escola Superior de Cruzeiro - ESC/ESEFIC.  

WILLIAM DE GOES RIBEIRO
Professor Adjunto da Universidade Federal Fluminense, instituição em que coordena o grupo de pesquisa OENDU – Currículo, Cultura e Diferença. Licenciado em Educação Física, Mestre e Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pós-doutorado em currículo pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro.