Capa do livro: BIOPODER E BIOPOLÍTICA NA AMÉRICA LATINA:<br>Colonização, escravidão, racismo e eugenismo<br><br> Coleção:<br>Encontrando-nos. Racismo e Neoliberalismo na América Latina - Volume 1

BIOPODER E BIOPOLÍTICA NA AMÉRICA LATINA:
Colonização, escravidão, racismo e eugenismo

Coleção:
Encontrando-nos. Racismo e Neoliberalismo na América Latina - Volume 1

Autores: Cristina Gomes

livro impresso
de R$ 32,28 por
livro digital
de R$ 32,28 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)
 
Consultar frete e prazo de entrega

Sinopse

Este livro descreve o extermínio da população indígena e sua substituição pela escravização de africanos na América Latina através da violência estrutural, explícita, institucional, cultural e simbólica, em um processo contínuo de extinção pela desumanização, mutilação e assimilação de suas culturas, organizações comunitárias, redes de solidariedade e identidades. Os colonos europeus ocupam permanentemente as terras através do extermínio dos povos originários e de biopolíticas racializantes como a migração; legitimam seus privilégios e o controle do Estado, estabelecendo pactos em que colonizadores e colonizados internalizam o ideal de embranquecimento e pureza racial eugenista. No caso das elites arcaicas brasileiras, o ideal eugenista se impõe através do biopoder - do controle do Estado, das instituições e da política, que usam para se beneficiar financeiramente, formar redes de parentes e colaboradores que os posicionam no topo dos mercados financeiros e empresariais transnacionais. Somente na segunda metade do século XX se ampliou o voto para a maioria da população, o que permitiu a chegada de novas elites não oligárquicas ao poder durante curtos períodos de democracia, interrompidos por golpes de estado que garantem às elites tradicionais manter uma tutela violenta e permanente sobre a maioria da população, inferiorizada, colonizada e impedida de exercer a cidadania e de realizar suas aspirações por dignidade, direitos e participação até os dias atuais.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-251-0357-0
ISBN DIGITAL:978-65-251-0358-7
DOI: 10.24824/978652510357.0
Ano de edição: 2021
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 88
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

BIOPODER E BIOPOLÍTICA NA AMÉRICA LATINA:<br>Colonização, escravidão, racismo e eugenismo<br><br> Coleção:<br>Encontrando-nos. Racismo e Neoliberalismo na América Latina - Volume 1

Autores

CRISTINA GOMES
É médica pela UFRJ, com doutorado em População e Desenvolvimento pelo El Colegio de México. É professora da FLACSO-México, com experiência nas áreas de pobreza, desigualdades, racismo e discriminação, políticas públicas orientadas a jovens, idosos, famílias, mulheres, indígenas e afrodescendentes nas áreas de saúde, proteção e previdência social. Trabalhou no Fundo de População da ONU como Assessora Regional para América Latina, no The Population Council e como avaliadora de políticas públicas no Brasil e no México.