Capa do livro: TRABALHO E PLURALIDADE EPISTEMOLÓGICA

TRABALHO E PLURALIDADE EPISTEMOLÓGICA

Autores: Pablo Almada - Elizardo Scarpati Costa (Orgs.)

livro impresso
de R$ 55,00 por
livro digital
de R$ 55,00 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Nas primeiras duas décadas do século XXI, as relações de trabalho precárias têm estado cada vez mais presentes e em diferentes níveis. Esse livro compõe parte desse panorama, atentando para as desestruturações do modus operandi do trabalho, elucidados pela pesquisa social.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-5868-455-8
ISBN DIGITAL:978-65-5868-456-5
DOI: 10.24824/978655868455.8
Ano de edição: 2021
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 202
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

TRABALHO E PLURALIDADE EPISTEMOLÓGICA

Autores

ELIZARDO SCARPATI COSTA (ORG.)
Professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Furg). Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), mestre em Sociologia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (Feuc) e pela L´École de Haltes Études en Science Sociales (EHESS). É doutor em Sociologia pelo Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra (UC). Pós-Doutorado na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e no Central European Labour Studies Institute (Celsi), Eslováquia.

PABLO ALMADA (ORG.)
Pós-Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FCLAR-Unesp). Graduado em Ciências Sociais – Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mestre em Sociologia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (Feuc). Doutor em Democracia no Século XXI pelo Centro de Estudos Sociais/Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (CES-Feuc).

ANGELINA MICHELLE DE LUCENA MORENO
Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FCLAR-Unesp). Graduada em Bacharelado e Licenciatura Plena em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Paulo (EFLCH-Unifesp) e mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (EFLCH-Unifesp).

LUANDA NAIADE OLIVEIRA DA SILVA
Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Estudos Étnicos e Africanos – Pós-Afro, do Centro de Estudos Afro-Orientais da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Graduada em Ciências Sociais (Bacharelado em Sociologia) e Mestra em Ciências Sociais, ambos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

PATRÍCIA MARÍLIA FÉLIX DA SILVA
Pós-Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Pernambuco (PPGS-UFPE). Graduada em Psicologia e em Licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Mestra em Sociologia e Doutora em Sociologia, ambos pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

FLAVIENE LANNA
Doutoranda em Ciências Sociais na École des hautes études en sciences sociales (EHESS). Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestrado em Ciências Sociais pela École des hautes études en sciences sociales (EHESS), França. Pesquisadora no Grupo de interesse científico sobre os cânceres de origem profissional no subúrbio de Seine-Saint-Denis (Giscop93).

JAIME AJA VALLE
Professor Associado de Sociologia na Universidade de Córdoba (UCO), Espanha. É Doutor em Ciências Sociais pela mesma Universidade.