Capa do livro: RACISMO ESTRUTURAL: <br>experiências da relação do Estado com afrodescendentes na América Latina

RACISMO ESTRUTURAL:
experiências da relação do Estado com afrodescendentes na América Latina

Autores: Eduardo Restrepo - Simone Rodrigues Pinto

Embora não desconheçamos que o racismo está incorporado nas concepções e práticas de indivíduos específicos, neste livro nos colocamos em uma perspectiva que entende o racismo como um fato histórico-estrutural. Em vez de ser produto de indivíduos com preconceitos racistas ou práticas discriminatórias, o racismo deve ser entendido como uma dimensão estrutural das formações sociais racializadas. Com este livro analisamos, através de abordagens específicas, as relações entre o Estado e os afrodescendentes e a forma como estes são mediados pelo racismo estrutural. Revisitamos momentos históricos em países do Caribe, como Haiti e República Dominicana, assim como na América do Sul, como Brasil e Colômbia, para analisar em sua densidade histórica as representações produzidas sobre os africanos e seus descendentes, os discursos de inclusão/exclusão nas narrativas nacionais, os mecanismos de controle e articulação política das pessoas de ascendência africana às propostas políticas localizadas, e a forma como as marcas raciais têm funcionado em alguns contextos no Caribe e na América do Sul.

Impresso
de R$ 54,30 por
R$ 41,77
Digital
de R$ 54,30 por
R$ 38,01

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-65-5868-114-4
ISBN DIGITAL:978-65-5868-103-8
DOI: 10.24824/978655868114.4
Ano de edição: 2020
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 176
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

RACISMO ESTRUTURAL: <br>experiências da relação do Estado com afrodescendentes na América Latina
EDUARDO RESTREPO
É doutor em Antropologia (com ênfase em Estudos Culturais) pela Universidade de Carolina do Norte de Chapel Hill, atualmente é professor e Diretor do Mestrado de Estudos Culturais e do Departamento de Estudos Culturais na Faculdade de Ciências Sociais da Universidad Javeriana. É reconhecido como um dos mais importantes pesquisadores latino-americano dos Estudos Culturais. Também integra a Associação Latino-americana de Antropologia (ALA), na qual foi presidente entre 2015-2017 e é membro-fundador da Red de Antropologías del Mundo – World Anthropologies Network (RAM-WAN), entre várias outras atuações.

SIMONE RODRIGUES PINTO
É professora associada da Universidade de Brasília, atuando junto ao Departamento de Estudos Latino-Americanos e à Pós-Graduação da Faculdade de Direito. Possui graduação em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1996), mestrado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1998), doutorado em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (2004). Foi visiting scholar na Yale University/EUA e na FLACSO República Dominicana, professora visitante na Université Paris-Diderot (Paris VII), com quem mantém intercâmbios de pesquisa, e realizou estágio pós-doutoral no então Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas da Universidade de Brasilia. Atualmente coordena a Rede Internacional de Pesquisas e Observatório acerca de Desaparecimento Forçado (ROAD Iniciative) e o Grupo de Pesquisa acerca de Desaparecimento Forçado e Desaparecidos Sociais.