Capa do livro: QUESTÕES REGIONAIS E A GEOGRAFIA ECONÔMICA: <br> Perspectivas e desafios contemporâneos

QUESTÕES REGIONAIS E A GEOGRAFIA ECONÔMICA:
Perspectivas e desafios contemporâneos

Autores: Maria Terezinha Serafim Gomes - Eliseu Savério Sposito ( Orgs. )

livro impresso
de R$ 71,83 por
livro digital
de R$ 71,83 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Nos últimos anos, o Brasil passou por mudanças significativas, com crescimento expressivo do PIB (Produto Interno Bruto), da renda, do emprego, principalmente no período de 2003-2014. Nessa época, consolidou-se o que alguns chamaram de neodesenvolvimentismo, porém a política macroeconômica continuou a mesma do período anterior, dos anos 1990, com a adesão das políticas neoliberais e a lógica do capital rentista. A primazia do capital financeiro-rentista tornou-se avassaladora e contribuiu para o acirramento das desigualdades econômicas e sociais. O ciclo de crescimento do PIB e do emprego se encerrou em 2014. Observa-se uma alteração na participação da indústria na composição do PIB, somando atualmente 11% em detrimento aos 20% dos anos 1980.  Diante desta constatação, estaria o país passando por um processo de desindustrialização ou por uma nova reestruturação/configuração dos espaços produtivos? Outro aspecto no que se refere à questão regional é pensar a integração regional em suas múltiplas escalas. Na atual conjuntura política e econômica em que o Brasil se insere há um “desmonte” da perspectiva de integração regional entre o Brasil e os países vizinhos.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-4055-1
ISBN DIGITAL:978-65-5578-136-6
DOI: 10.24824/978854444055.1
Ano de edição: 2020
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 246
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

QUESTÕES REGIONAIS E A GEOGRAFIA ECONÔMICA: <br> Perspectivas e desafios contemporâneos

Autores

MARIA TEREZINHA SERAFIM GOMES
Possui graduação em Bacharelado Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998). Licenciatura em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1996), mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001) e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (2007). Foi professora da Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM e da Universidade Estadual de Maringá – UEM e da Atualmente é professora da Universidade Estadual Paulista – UNESP. Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Regionais – NUPERG. Vice-Coordenadora do Curso de Geografia. Membro do Grupo de Pesquisa Dinâmica Econômica (UNICENTRO). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbana, Geografia Econômica e Geografia Regional e interface com Geografia política, atuando principalmente nos seguintes temas: espaço urbano, cidades médias, cidade e região, reestruturação produtiva, inovação, integração regional, dinâmica econômica e Desenvolvimento regional.

ELISEU SAVÉRIO SPOSITO
Graduação em Geografia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Presidente Prudente (1974). Mestrado em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo (1983) e doutorado em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo (1990). Livre Docência pela Universidade Estadual Paulista, campus de Presidente Prudente (2000). Pós-doutorado na Université de Paris I – Sorbonne-Panthéon (1994-1996). Credenciado no Programa de Pós-Graduação da Universidade Estadual Paulista (nota 7 CAPES). Professor Titular (2007), aposentado da Universidade Estadual Paulista. Professor visitante na Universidade Federal de Uberlândia, Campus do Pontal, Ituiutaba. Professor visitante – Universidad de Salamanca, Universidad Nacional de San Juan, Universidade Estadual do Ceará. Membro do corpo editorial de inúmeros periódicos científicos no Brasil e no exterior. Editor-chefe da Revista Formação (do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UNESP/FCT – 2017-2020). Coordenador da área de Geografia na FAPESP (desde 2013). Foi coordenador do GAsPERR (Grupo de Pesquisa Produção do Espaço e Redefinições Regionais (1993-2017). Membro da ReCiMe (Rede de Pesquisadores sobre Cidades Médias (desde 2006). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbana e Econômica, atuando principalmente nos seguintes temas: território, industrialização, pensamento geográfico, dinâmica econômica, produção do espaço e cidades médias.

ANTONIO MARCOS ROSEIRA
Professor Adjunto do Bacharelado em Relações Internacionais (BRI) no Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS) da Universidade Federal do ABC (UFABC). Vice-Coordenador do curso de Bacharelado em Relações Internacionais. Professor do Bacharelado em Ciências e Humanidades (BC&H) na mesma instituição. Possui doutorado e mestrado pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. É graduado em Geografia pela Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR. Durante a Pós-Graduação desenvolveu projetos com linhas de pesquisa em Geografia Política e Geografia Regional, privilegiando os seguintes temas: geopolítica global, integração sul-americana, globalização, fronteiras internacionais, regionalização, regionalismo, política internacional, projeção internacional do Brasil e teorias e discursos em Geografia Política. Atualmente desenvolve projeto de pesquisa em torno das relações do Brasil com o continente sul-americano e potências regionais emergentes na Europa, Ásia e África.

ARMEN MAMIGONIAN
Possui graduação em Geografia e História pela Universidade de São Paulo (1956), especialização em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo (1959), doutorado em Geografia Industrial pela Universidade de Estrasburgo (1962) e pós-doutorado pela Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne (1984). Atualmente é professor Associado Aposentado da Universidade de São Paulo-USP e professor titular da Universidade Federal de Santa Catarina e Membro de corpo editorial da Geografia Econômica – Anais de Geografia Econômica e Social. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Humana. Atuando principalmente nos seguintes temas: industrialização.

CLAUDETE DE CASTRO SILVA VITTE
Possui graduação em Geografia pela Universidade de São Paulo (1984), mestrado em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas – SP (1993) e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é professora MS3.2 da Universidade Estadual de Campinas e foi Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Geografia do Instituto de Geociências da Unicamp (2015-2017). Coordenadora do grupo de Pesquisa no CNPq Geografia das Relações Internacionais: Estado, Economia Território e Integração Regional. As áreas de interesse são: Geografia das Relações Internacionais: Estado, Economia, Território e Integração Regional na América Latina; Geografia Regional; Geografia Econômica, Geografia Política e Geografia Urbana. Atua principalmente nos seguintes temas: processos de integração na América Latina; infraestrutura produtiva da América do Sul, Segurança & Defesa na América Latina; Geopolítica e Geoeconomia de recursos naturais na América do Sul; Planejamento e Gestão Governamental no Brasil. Pesquisadora CNPq.

EDILSON ALVES PEREIRA JÚNIOR
Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP Campus de Presidente Prudente – SP (Conceito Capes 7). Realizou Estágio Sanduíche na Université Paris Dauphine – Paris 9 na cidade de Paris, França. Foi professor visitante na Universidad Nacional de Córdoba/UNC Argentina. Tem Mestrado em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará – UECE. Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Estadual do Ceará (UECE), onde leciona e orienta pesquisas na Graduação e no Programa de Pós-Graduação, além de assumir a coordenação do Laboratório de Estudos do Território e da Urbanização (LETUr). Publicou 2 livros, 18 artigos em periódicos especializados, 9 capítulos de livro e 114 trabalhos em anais de eventos. Atua na área de Geografia, com ênfase em Geografia Econômica e Geografia Urbana. É bolsista produtividade do CNPq.

LEANDRO BRUNO SANTOS

Possui Licenciatura e Bacharelado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Campus de Presidente Prudente (2005). É mestre (2008) e doutor (2012) pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia pela Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, com estágio sanduíche na Benemérita Univerdad Autónoma de Puebla (BUAP). Foi professor Assistente Doutor, entre 2013 e 2015, da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Ourinhos. Atualmente é Professor Adjunto do Curso de Geografia, Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional (ESR), Universidade Federal Fluminense (UFF). É também credenciado como docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPG) no ESR/UFF. Coordena o Núcleo de Estudos em Economia Política Geográfica (NEEPG). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Econômica, Geografia Industrial e Geopolítica, atuando principalmente nos seguintes temas: Estado, Mundialização, Empresas Multinacionais, Investimentos Diretos Estrangeiros, Estruturas de Mercados, Teorias da Localização Industrial. É autor dos livros “O capitalismo industrial e as multinacionais brasileiras”, em co-autoria com Eliseu Savério Sposito, e “Estado e internacionalização das empresas multilatinas”. Jovem Cientista do Nosso Estado (JCNE) pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro – FAPERJ.

LISANDRA PEREIRA LAMOSO
Licenciada e Bacharel em Geografia pela Unesp de Presidente Prudente (1990), Mestre em Geografia pela mesma instituição (1994) e Doutora em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (2001). É Professora Titular na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), com atuação no curso de graduação em Geografia (licenciatura e bacharelado). Docente no Mestrado e Doutorado em Geografia da UFGD. Suas pesquisas têm ênfase em Geografia Humana e Econômica, pesquisando principalmente os temas: Desenvolvimento econômico brasileiro; Comércio exterior; Geografia de Mato Grosso do Sul. Coordenou pesquisa sobre segurança pública nos municípios de fronteira do Estado de Mato Grosso do Sul, como parte das atividades do ENAFRON. Foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação – Mestrado em Geografia da UFGD 2006 a 2009. Foi editora da Revista da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia (Anpege) de 2014 a 2017; membro do Conselho Científico da Revista de Geografia (IBGE). Realizou estágio de pós-doutoramento na UFRJ (2009). Realizou estágio de pós-doutoramento na Facultad de Ciências Económicas y Empresariales da Universidade Autónoma de Madri em 2016/2017 (Espanha). É Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2, do CNPq.

OLGA LUCIA CASTREGHINI DE FREITAS-FIRKOWSKI
Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1984), mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1989), doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (2001) e pós-doutorado pela Université Paris 1 – Panthéon-Sorbonne, (2007-2008). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal do Paraná, pesquisadora junto ao INCT/Observatório das Metrópoles e coordenadora do Núcleo Curitiba do Observatório das Metrópoles. É bolsista produtividade do CNPq. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbano-metropolitana, já tendo atuado no campo da Geografia Industrial, em especial tratando da indústria automobilística. Atualmente atua nos seguintes temas: metropolização do espaço; metrópole e região metropolitana; a conformação metropolitana de Curitiba; estudos comparados no âmbito metropolitano.

SANDRA LENCIONI
Professora Titular Sênior do Departamento de Geografia, defendeu tese de livre-docência em 1997, tendo desenvolvido seu pós-doutorado em 1992, na Universidade de Paris I (Pantheon-Sorbonne). Possui Bacharelado em Geografia pela Universidade de São Paulo (1975) e Licenciatura em Geografia (1975). O mestrado e o doutorado são em Geografia (Geografia Humana), sendo o primeiro título de 1985 e, o segundo, de 1991, ambos obtidos na Universidade de São Paulo. Participa de 4 grupos de pesquisa certificados pelo CNPq, sendo líder do grupo de pesquisa Metamorfoses Metropolitanas e Regionais do Laboratório de Estudos Regionais em Geografia (LERGEO/USP). É membro de vários conselhos editoriais, publicou uma centena de artigos e textos, cabendo destacar os livros: Região e Geografia e o livro: Metrópole, Região e Regionalização, que recebeu Menção Honrosa pela ANPUR em 2019. E, ainda, orientou cerca de 50 doutorados. Em 2019 recebeu o prêmio Eidorfe Moreira de Geografia Regional pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará e homenagem da ANPEGE. Tem experiência na área de Geografia Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria da região, metrópole e indústria. É bolsista produtividade do CNPq.

SILVIA SELINGARDI-SAMPAIO

Graduada em Geografia com Licenciatura e Bacharelado pela antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro (atual Instituto de Geociências e Ciências Exatas da UNESP – Campus de Rio Claro). Doutorada em Geografia pela mesma Instituição. Livre Docente em Geografia Industrial desde 1996, junto ao Instituto de Geociências e Ciências Exatas da UNESP – Campus de Rio Claro. Atualmente, como professor voluntário da mesma Instituição, exerce funções de Docência e de Pesquisa junto ao Curso de Pós-Graduação em Geografia, ministrando disciplinas na área de Geografia Econômica/Industrial, e orientando nos Cursos de Mestrado e Doutorado. Parecerista para avaliações de Mérito Científico da FAPESP, CAPES, CNPq e AGETEO.