Capa do livro: NOTAS DE PESQUISA EM HISTÓRIA:<br> possibilidades de estudo e caminhos de investigação

NOTAS DE PESQUISA EM HISTÓRIA:
possibilidades de estudo e caminhos de investigação

Autores: Alexandre da Silva Santos (Org.)

livro impresso
de R$ 31,90 por
livro digital
de R$ 31,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

“Notas de pesquisa em história: possibilidades de estudo e caminhos de investigação” surge como uma proposta de orientação para aqueles que se dedicam à balbúrdia, isto é, a resposta de historiadores para aqueles que negam o seu passado. Aponta caminhos, encoraja à pesquisa histórica, força que reduz a ignorância.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-3823-7
DOI: 10.24824/978854443823.7
Ano de edição: 2019
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 138
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

NOTAS DE PESQUISA EM HISTÓRIA:<br> possibilidades de estudo e caminhos de investigação

Autores

ALEXANDRE DA SILVA SANTOS
Mestre em Letras pela Universidade Federal do Amazonas, em estudos literários. Atua na área de literatura de expressão amazonense. Além disso, exerce pesquisa em Metáfora, Mitologia, Imaginário, Folclore, Ensino de Literatura, Linguística Textual. Membro do grupo de Estudos da Metáfora e Pesquisa sobre Língua e Literatura de Expressão Amazonense (GREMPLEXA). É ainda mestrando em História, pela Universidade Federal do Amazonas, atuando em estudos africanos, na perspectiva da História Cultura. Exerce pesquisa em Ensino de História a partir da Literatura. A relação História e Literatura. Representação. História de Angola, século XX. Membro do grupo de estudos africanos (GEA). Graduado em Letras em Língua Portuguesa pela Universidade do Estado do Amazonas, possui experiência na área de Letras em Teoria Literária, Literatura Brasileira.

ANDREZA MICHELLE DOS SANTOS ALVES
Natural de Manaus – AM. É graduada em Licenciatura Plena em História pela Universidade Federal do Amazonas – UFAM. Atualmente desenvolve junto ao Programa de Pós-Graduação em História da mesma instituição como aluna bolsista do Mestrado um projeto de pesquisa com a temática “Comunidades Eclesiais de Base e Teologia da Libertação: Experiências, memórias e resistências (Manaus, 1980/2019)”, sob a orientação do Prof. Dr. Nelson Tomelin Júnior. E participa do projeto PROCAD/ CAPES “Cultura, Trabalho e Cidade”. Foi estagiária auxiliar de pesquisa do Centro de Memória da Justiça do Trabalho da 11ª Região (AM/ RR) e desenvolveu projeto de pesquisa junto ao programa de Iniciação Científica – PIBIC da UFAM como bolsista CNPq, com o tema “Movimentos por moradia na cidade: Imprensa, memória e vida urbana em Manaus (1985-1989)”.

DHYENE VIEIRA DOS SANTOS
Licenciada em História (2017) e Mestranda em História Social do Trabalho no Programa de Pós-Graduação em História pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Pesquisadora associada no âmbito do PROCAD/CAPES (PUC--SP, UFAM e UFCG – Trabalho, Cultura e Cidade). Pesquisadora do Laboratório de História da Imprensa no Amazonas (LHIA-UFAM) e membro do GT – Mundos do Trabalho, Seção Amazonas. Possui experiência na área de História, com ênfase em História Social do Trabalho, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura, movimento operário, trabalhadores urbanos, motoristas e condutores de bondes, associativismo e imprensa.

FABIANA LOPES SAQUIRAY
Graduada em História pela Universidade do Estado do Amazonas, em 2012. Possui pós-graduação em Metodologia do Ensino de História pela UNIASSELVI, em 2017. Mestranda em História pela Universidade Federal do Amazonas – UFAM. Membro do Laboratório de Estudo de Gênero, LEG. Professora na Escola Estadual Deuzalina Pinto Ribeiro, SEDUC. Bolsista da Fundação de Amparo de Pesquisa do Amazonas, FAPEAM.

FRANCO LINDEMBERG PAIVA DOS SANTOS
Possui graduação em História pela Universidade Federal do Amazonas (2009). Mestrando do programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Amazonas PPGH-UFAM. Atualmente é professor-formador do Centro de Formação Padre Anchieta (CEPAN) da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do ensino do Amazonas SEDUC-AM. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Moderna e Contemporânea.

RICARDO DE OLIVEIRA RAMOS FERRO
Graduado em História pela UFAM em 2017 e cursando Mestrado de História junto ao PPGH UFAM. Experiência: Professor universitário junto FIT (Santarém/PA); CIESA e ULBRA (Manaus/ AM), SEBRA, SENAC e de ensinos fundamental II e Médio IDR (Manaus/AM). Graduado em Ciências Econômicas pela Faculdade Candido Mendes (Rio de Janeiro/RJ) em 1989 com curso de extensão na FGV/RJ. Experiência: Economista, Gerente, Chefe e Supervisor nas áreas de Logística Industrial e Comercial, Recursos Humanos e Financeira. Atuação em Bancos, Indústrias e Comércio Atacadista.

RUBENS RODRIGUES DA SILVA
Nascido em Juazeiro, Bahia, é licenciado em Filosofia pela Universidade Federal do Piauí, graduado em História pela Universidade Nilton Lins, especialista em História e historiografia da Amazônia pela Faculdade Boas Novas e membro do GT Mundos do Trabalho, seção Amazonas. É aluno regular do Mestrado em História Social da Universidade Federal do Amazonas, onde pesquisa sobre o trabalho dos camelôs em Manaus, de 1970 a 2018, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Patrícia Rodrigues da Silva.

VALDIRON BASTOS DA SILVA
Bacharel\Licenciado em História (ESMAC-PA). Especialista em História militar (Unisul-SC), professor da Rede Pública a nove anos. Desde 2016 é professor da Secretaria do Estado
do Amazonas (SEDUC-AM), aluno do Mestrado em História. Departamento de História, Universidade Federal do Amazonas. Membro do grupo de pesquisa História Indígena e da Escravidão Africana na Amazônia (HINDIA) e bolsista Capes.