Capa do livro: IDENTIDADE:<br> questões contextuais e teórico-metodológicas

IDENTIDADE:
questões contextuais e teórico-metodológicas

Autores: Maria Vilani Cosme de Carvalho (Org)

livro impresso
de R$ 60,35 por
livro digital
de R$ 60,35 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Este livro sistematiza estudos sobre questões contextuais e teórico-metodológicas relativas ao tema “identidade social” e as disponibiliza aos interessados. De modo geral, os diversos artigos que compõem este livro tratam a identidade como processo de construção do eu ou do grupo social, mas também como categoria teórica que explica e expressa muito bem o caráter social, histórico, dinâmico e transformador do homem.

É mediante a compreensão da identidade como categoria teórica de análise do impacto das transformações da vida objetiva na vida subjetiva que os autores especulam os diferentes processos de constituição da identidade pessoal, profissional, étnica e de gênero do jovem do campo, de grupos marginalizados, da pessoa com deficiência, de alunos do ensino médio noturno, do aluno adolescente, do professor, do supervisor escolar, entre outros. A discussão empreendida acerca dos processos identitários evidencia a contradição, a transformação, a totalidade e o movimento que constituem processos como o da identidade social.

Em síntese, o livro reúne estudos de pesquisadores de diferentes áreas e instituições de ensino sobre a identidade pessoal e/ou coletiva, abordando-a como questão social e política, considerando o emprego das narrativas e/ou análise do discurso como procedimentos metodológicos, de modo a compreendê-la como processo, como algo concreto, que vai se formando, conservando-se e transformando-se tendo como base as múltiplas determinações sociais, históricas e culturais que a constituem.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-8042-161-3
DOI: 10.24824/978858042161.3
Ano de edição: 2011
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 364
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

IDENTIDADE:<br> questões contextuais e teórico-metodológicas

Autores

Ana Gabriela Nunes Fernandes. É graduada em Psicologia pela Universidade Estadual do Piauí (2009) e em Letras Português pela Universidade Federal do Piauí (2008), mestra em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2011). Atualmente, atua como psicóloga escolar educacional e docente de Língua Portuguesa no Município de Teresina. Em suas pesquisas, aborda temáticas que envolvem as áreas de Psicologia da Educação e de Psicologia Escolar. 

 

Antonia Edna Brito. É doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), professora do Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino do Centro de Ciências da Educação – UFPI e professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação–PPGEd–UFPI. Realiza estudos sobre formação de professores, alfabetização e docência superior. É coordenadora do Núcleo de Pesquisa sobre Formação e Profissionalização em Pedagogia (NUPPED)

 

Carmen Lúcia de Oliveira Cabral. É graduada em Licenciatura Plena Em Filosofia pela Universidade Federal do Piauí (1985) e em Licenciatura Plena Em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (1988), mestra em Educação pela Universidade Federal do Piauí (1999) e doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2003). Atualmente é professora da Universidade Federal do Piauí. Tem experiência na área de Ciências Humanas/Educação, atuando principalmente nas sub-áreas Formação Docente (Pedagogia e Licenciaturas) e Ensino de Filosofia. Vem desenvolvendo pesquisas sobre os temas “Trabalho Docente”, “Produção de Saberes”, “Prática Pedagógica” e “A Relação entre Pedagogia e Filosofia”. 

 

Cristiane de Sousa Moura Teixeira. É pedagoga, especialista em Supervisão Escolar e mestra em Educação pela Universidade Federal do Piauí. Atualmente é professora da Universidade Estadual do Piauí. Tem como temas de estudo “Supervisão Escolar” e “Processos de Constituição da Identidade Profissional”. 

Cristina Cardoso de Araujo. É graduada em Pedagogia e especialista em Metodologia do Ensino Superior pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e supervisora escolar da Rede Estadual de Ensino do Maranhão. 

 

Daniela Leal. É graduada em Pedagogia pela Uni Sant’Anna (1999), especialista em Psicopedagogia pela Uni Sant’Anna (2002) e Educação Inclusiva e Deficiência Mental pela PUC-SP (2005) e mestra em Educação: Psicologia da Educação pela PUC-SP (2008). Atualmente é doutoranda em Educação: Psicologia da Educação pela PUC-SP (CNPq). 

 

Francilene Brito da Silva. É graduada em Licenciatura Plena em Educação Artística pela Universidade Federal do Piauí (2001), especialista em Teoria do Conhecimento pelo Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Piauí (2004) e em História da Arte e da Arquitetura pelo Instituto Camillo Filho (2006), mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Piauí (2010-2011). Atualmente é professora do Curso Técnico em Artes Visuais do Instituto Federal do Piauí e Coordenadora Temática Cultural dos Programas "Escola Aberta" e "Mais Educação", da Prefeitura Municipal de Teresina. Tem experiência na área de Educação, com ênfase no Ensino da Arte e Diversidade Cultural. É membro da diretoria da Associação Piauiense dos Professores de Arte. 

 

Francis Musa Boakari. É graduado em Ciências Sociais - Sociologia - University of Iowa (1979), graduado em Estudos Religiosos - University of Ibadan (1975), mestre em Psicologia da Educação - University of Iowa (1981) e doutor em Sociologia da Educação - University of Iowa, Estados Unidos, (1983). Em 1995/96, na Auburn University, Auburn, Alabama, também nos EU, completou o Pós-Doutoramento na Área da Educação para a Diversidade. De 1987 até 2004, foi Prof. Adj. do Depto. de Ciências Sociais (DCS), Área de Sociologia, do Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHL) da UFPI. Entre janeiro de 2002 a dezembro de 2008, foi do quadro permanente (selecionado internacionalmente) do Interdisciplinary Ph.D. Program, International Education & Entrepreneurship (IE&E) Concentration, University of the Incarnate Word, San Antonio, Texas, Estados Unidos. Desde janeiro de 2009, voltou como Professor Adjunto reconcursado do Depto. de Fundamentos da Educação (DEFE), Área de Sociologia, do Centro de Ciências da Educação (CCE) da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Outras Sociologias Específicas, atuando principalmente com os temas “Cultura-História africana, afrodescendência e a diáspora”, “questões das Ações Afirmativas”, “Globalização” e “Assistência international”. Revisor de artigos para Comparative Education Review, Verbum Incarnatum: An Interdisciplinary Journal e Education Review: A Journal of Book Reviews (on-line) [Revista de Resenhas de Livros - on-line]. Em tempos recentes, tem concentrado os seus serviços de extensão à reconstrução de sua terra natal, Serra Leoa, depois da Guerra dos Diamantes, 1991-2001. Estava engajado também, nas atividades de "empoderamento" de grupos de mulheres na Tanzania e Zambia - 2004-2009. 

 

Ivana Maria Lopes de Melo Ibiapina. É graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (1994) e em Ciências Econômicas também pela Universidade Federal do Piauí (1989), mestra em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2002) e doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2004). Em 2009, concluiu estágio pós-doutoral na PUC-SP, supervisionado pela professora doutora Maria Cecilia Camargo Magalhães, na área de Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem. Atualmente, é professora titular da Universidade Federal do Piauí, Centro de Ciências da Educação, Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino e do Programa de Pós-Graduação em Educação. É coordenadora da base de pesquisa FORMAR. Tem experiência nas áreas de Educação Básica e Superior. Pesquisa os temas “Trabalho e Formação Docente”, “Formação e Desenvolvimento de Conceitos Científicos”, “Significados e Sentidos com base na Teoria da Atividade Sócio Histórico Cultural”, “Docência Universitária”, “Prática Pedagógica Crítica, Criativa e Emancipatória”, “Desenvolvimento profissional docente”. Desenvolve estudos e pesquisas com base no referencial teórico e metodológico da Teoria Sócio-Histórico-Cultural (TASHC) e da pesquisa Crítica de Colaboração (PCCol). 

 

Maria Escolástica de Moura Santos. É graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (2004), especialista em Supervisão Escolar pela Universidade Cândido Mendes (2006), mestra em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2010). É professora-pesquisadora da Universidade Federal do Piauí, Campus Ministro Petrônio Portela, lotada no Departamento de Fundamentos da Educação, área de Fundamentos Psicológicos da Educação.  Desenvolve estudos e orienta Trabalhos de Conclusão de Curso que envolvam discussões sobre os aspectos psicossociais relacionados ao processo de formação docente, processos de constituição de identidades e de produção de significados e sentidos no contexto escolar.

 

Maria da Glória Soares Barbosa Lima. É doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), professora de Didática e de Prática de Ensino do Centro de Ciências da Educação–UFPI e professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação–PPGEd–UFPI. Realiza estudos sobre formação de professores e docência superior. É Membro do Núcleo de Pesquisa sobre Formação e Profissionalização em Pedagogia – NUPPED. 

 

Maria do Carmo Alves do Bomfim. É graduada em Licenciatura Plena Em História - Faculdade Católica de Filosofia do Piauí (1968), graduada em Licenciatura Curta Em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (1978), mestra em Educação, História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1991) e doutora em Educação, História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). Desde 1991, é aposentada da Secretaria Estadual da Educação e Cultura do Piauí. Desde 1992, é professora efetiva, adjunta III da Universidade Federal do Piauí. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação e Movimentos Sociais / Educação e Diversidades Culturais, pesquisando, principalmente, práticas educativas nos movimentos sociais, educação e gênero, educação e cidadania, educação e etnia/raça, juventudes e identidades, juventudes, cultura de Paz e violências na escola, Juventudes, Mídias e Violências.

 

Maria Salonilde Ferreira. É professora, pesquisadora voluntária vinculada à Linha de Pesquisa Base de Pesquisa “Currículo, Saberes e Práticas Educativas” do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN. É graduada em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras, mestra em Educação pela Universidade Federal de São Carlos/SP, doutora em Ciências da Educação pela Université de Caen /França. Realiza pesquisas na área das Ciências da Cognição, especificamente, a formação e desenvolvimento de conceitos em situações formais de escolarização, tendo como suporte teórico metodológico o materialismo histórico-dialético. Autora e organizadora de livros, como Pesquisa em Educação: múltiplos olhares (2007), Mapas e Redes Conceituais: reestruturando concepções de ensinar e aprender (2008), Epistemologia das Ciências da Educação (2009), Buscando Caminhos: uma metodologia para o ensino-aprendizagem de conceitos (2009). Membro da Associação Francofone Internacional de Pesquisa Cientifica em Educação – AFIRSE/Secção Brasileira.

 

Maria Vilani Cosme de Carvalho. É doutora em Educação, com área de concentração em Psicologia da Educação, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004). É professora-pesquisadora da Universidade Federal do Piauí, lotada no Departamento de Fundamentos da Educação e no Programa de Pós-Graduação em Educação do Centro de Ciências da Educação e coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Psicologia da Educação – NEPPED/UFPI. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Psicologia da Educação, atua, especialmente, no estudo e orientação de Trabalhos de Conclusão de Curso, Dissertações e Teses. Estuda e pesquisa temáticas relativas à dimensão subjetiva da Educação, tendo como foco os processos constitutivos da (trans)formação humana, os processos constitutivos da identidade do educador, os processos de produção de significados e sentidos da profissão docente, em especial da atividade docente, tendo como fundamentação a Psicologia Sócio-Histórica.

 

Marli Clementino Gonçalves. É graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (2003), especialista em Educação do Campo e Desenvolvimento pela Universidade de Brasília (2005) e mestra em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2009). Atualmente é professora efetiva, assistente I da Universidade Federal do Piauí MS-B, na área de Fundamentos Políticos e Administrativos da Educação, integra o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Políticas e Gestão Educacional. Tem experiência em Educação, com ênfase em Educação do Campo, Juventudes, Movimentos Sociais do Campo e Práticas Educativas.

 

Mary Gracy e Silva Lima. É graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), mestra em Educação também pela UFPI e doutoranda em Educação: Currículo na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP).  Atualmente é professora assistente da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e da Universidade estadual do Maranhão (CESTI/UEMA). É pesquisadora nas áreas de formação de professores, prática pedagógica docente, gestão escolar e educacional e identidade profissional docente. 

 

Mitsuko Aparecida Makino Antunes. É graduada em Psicologia pelo Instituto Unificado Paulista, mestra em Filosofia da Educação pela PUC/SP e doutora em Psicologia Social pela PUC/SP. Atualmente é professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – Programa de Pós-Graduação em Educação: Psicologia da Educação.

 

Pollyanna Jericó Pinto Coêlho. É graduada em Licenciatura Plena Em Educação Artística pela Universidade Federal do Piauí (1990), graduada em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Piauí (1985), mestra em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2003) e doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2008). Atualmente é professora titular da Universidade Federal do Piauí, do Departamento de Música e Artes Visuais e coordenadora do Pólo Arte na Escola. É membro da Associação Piauiense dos Professores de Arte e coordena projetos na área das disciplinas de Artes Visuais. Tem experiência na área de Educação. 

 

Rita de Cássia Barbosa Paiva Magalhães. É graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), mestra em Educação Especial pela UFSCar-SP e doutora em Educação pela UFC. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), coordenadora do GT Educação Especial da Anped (2010-2011), membro da diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial (ABPEE). É Organizadora do Livro “Reflexões sobre a diferença: uma introdução à educação especial”, publicado pela Editora FDR, é pesquisadora na área de educação especial/ inclusão, com ênfase em formação docente, identidades e currículo. 

 

Ronaldo Matos Albano. É graduado em Licenciatura Plena em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba (2002), graduado em Formação em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba (2003) e mestre em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2008). É professor assistente da Universidade Federal do Piauí, Campus Ministro Petrônio Portela, no Departamento de Fundamentos da Educação e no Centro de Educação Aberta e à Distância, na área de fundamentos psicológicos da educação. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Docência e Intervenção Terapêutica, atuando principalmente nos temas psicologia clínica-hospitalar, educação, aprendizagem e desenvolvimento. 

 

Thaizi Helena Barbosa e Silva Luz. É graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (1997), especialista em Ensino pela Universidade Federal do Piauí (2002) e mestra em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2010). Atualmente é professora assistente e coordenadora do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Piauí, Campus Professor Barros Araújo, em Picos. 

 

Victor Manuel Fortes. É licenciado em Ciências Sociais e Pedagógicas pela Escola Superior Politico-Militar de Minsk - Bielorussia; mestre e doutor em Psicologia da Educação pela PUC-SP. Atualmente é docente e pesquisador efetivo da Universidade de Cabo Verde (UniCV) – Praia. Área de insvestigação: Psicologia da Educação e  Constituição identitária de docentes.