Capa do livro: MÚLTIPLOS OLHARES PARA AS PRÁTICAS DE LINGUAGEM NO ESPAÇO-TEMPO DA SALA DE AULA

MÚLTIPLOS OLHARES PARA AS PRÁTICAS DE LINGUAGEM NO ESPAÇO-TEMPO DA SALA DE AULA

Autores: Nívea Rohling da Silva (Org.) - Maria Aparecida Lapa de Aguiar (Org.) - Rosana Mara Koerner (Org.)

livro impresso
de R$ 60,35 por
livro digital
de R$ 60,35 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

“Múltiplos olhares para as práticas de linguagem no espaço-tempo da sala de aula” foi gestado nos encontros do grupo de pesquisa Práticas de Linguagem em Sala de Aula (PLISA) do Curso de Letras da Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE), cujo objetivo é ampliar as reflexões em torno das práticas de linguagem em contexto de ensino/aprendizagem de línguas (materna e estrangeira). Além dos pesquisadores do referido grupo, somam-se a esse diálogo pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que estão profundamente comprometidos, no âmbito da pesquisa, da extensão e do ensino, com as discussões sobre linguagem, leitura, escrita, mídia-educação e ensino/aprendizagem de línguas, e ainda pesquisadores da própria Univille, cujo interesse está situado no campo dos estudos literários, da cultura e dos programas de leiturização.

Sendo uma coletânea, os olhares aqui apresentados são múltiplos. No entanto, há um “fio condutor”, ou melhor, um “lugar de encontro” desses diferentes olhares, que é a perspectiva da linguagem como articuladora das práticas de ensino/aprendizagem, seja na educação básica, seja no ensino superior, seja no âmbito das reflexões teórico-aplicadas que reverberam no trabalho pedagógico. Todas essas instâncias estão imbricadas nas relações constituídas no discurso didático.

Os textos aqui reunidos dialogam com o professor, agente de letramento que atua no espaço-tempo de sala de aula, com o graduando em Letras, que é um professor em formação inicial, e também com pesquisadores que se debruçam sobre as relações entre linguagem e ensino.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-8042-108-8
DOI: 10.24824/978858042108.8
Ano de edição: 2011
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 214
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

MÚLTIPLOS OLHARES PARA AS PRÁTICAS DE LINGUAGEM NO ESPAÇO-TEMPO DA SALA DE AULA

Autores

Elisangela Viana

Graduada em Tecnologia da Informação pela União de Tecnologias e Escolas de Santa Catarina (UTESC) e em Letras com habilitação em Língua Portuguesa e Inglesa pela Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE) em 2010. Desenvolveu o programa Relógio de Ouro que contém as obras de Machado de Assis e outros recursos de leitura e interação digital e o site Joinville Literária - www.joinvilleliteraria.com.br - que se constitui como um espaço para a divulgação das obras e de autores joinvilenses e o jogo Leiturama de incentivo à leitura dos escritores do site. Atualmente, é mestranda pelo curso Patrimônio Cultural e Sociedade da UNIVILLE e seu foco de pesquisa é investigar manifestações poéticas contemporâneas no ciberespaço. 

 

 

Fábio Lessa Peres

É psicólogo formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Desde a graduação desenvolve projetos relacionados à utilização da linguagem audiovisual na área da saúde mental e educação. Foi bolsista de iniciação científica no Núcleo de Antropologia Audiovisual (NAVI) da UFSC, atuando como editor de documentários etnográficos. Mestre em Educação e Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSC, realizou pesquisa sobre a utilização da linguagem audiovisual por um grupo de crianças de uma comunidade tradicional de Florianópolis-SC. Atualmente é pesquisador do Núcleo de Infância Comunicação e Arte (NICA) da UFSC e atua na clínica psicológica desenvolvendo trabalhos que envolvem o uso terapêutico de mídias com crianças e adolescentes.

 

                            

Ítalo Puccini

Formado em Letras-Licenciatura pela UNIVILLE, pós-graduado em Psicopedagogia e Educação Inclusiva (CENSUPEG) e pós-graduado em Contação de Histórias e Literatura Infantil e Juvenil (AUPEX). Professor de Língua Portuguesa e Literatura para as séries finais do Ensino Fundamental. Escritor e leitor. Escreve no www.um-sentir.blogspot.com

 

 

Lilane Maria de Moura Chagas

Professora do Departamento de Metodologia do Ensino (MEN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Membro do Núcleo de Infância, Comunicação e Arte (NICA), coordenado pela Profª. Drª. Gilka Girardello;  membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ontologia Crítica (GEPOC), coordenado pela  Profª. Drª. Patricia Laura Torriglia; membro do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Alfabetização e Ensino da Língua Portuguesa (NEPALP), coordenado pela  Profª. Drª. Nilcéa Lemos Pelandré.

 

 

Maria Aparecida Lapa de Aguiar

Graduada em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Especialização em Metodologia do Ensino: Séries Iniciais (pré à 4a série) (UFSC). Mestre em Educação (UFSC) com bolsa de pesquisa CAPES (1996-1998). Doutora em Educação pela UFSC (2004-2007) com bolsa de pesquisa CNPq. Estágio de Doutoramento pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCE-UP/Portugal - jul/fev/2006) com bolsa de pesquisa CAPES. Entre 1985-1999 atuou na educação básica em escolas públicas e particulares de Florianópolis/SC. De 1999 até 2010 atuou em cursos de Graduação no município de Joinville/SC, atua também na formação continuada em redes de ensino (estadual e municipal). Atualmente é docente  no Departamento de Estudos Especializados em Educação na Universidade Federal de Santa Catarina (EED/CED/UFSC) com pesquisa na área de formação de professoras alfabetizadoras.

 

Marly Krüger de Pesce 

Licenciada em Letras pela FURJ/Univille com especialização em Língua Inglesa pela UFPR, mestre em Educação pela FURB, doutoranda em Educação- Psicologia da Educação na PUC/SP. Professora titular da Univille desde 1979 nas áreas de Linguística Aplicada, Metodologia e Estágio de Língua Inglesa. Atuou na Educação Básica como professora de inglês por dez anos. Atualmente é presidente do Conselho Municipal de Educação de Joinville. Coordena o projeto de extensão voltado a linguagem da não-violência.  Atua em cursos de capacitação para professores de nível superior e de educação básica. Pesquisa temas relacionados à linguagem, ensino de língua estrangeira, práticas pedagógicas, educação a distância e formação de professor. É integrante do Grupo de Pesquisa Práticas de Linguagem em Sala de aula (PLISA) da UNIVILLE.

 

 

Nara Caetano Rodrigues

Professora de Língua Portuguesa na educação básica há 20 anos e doutora em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina. Desde 1998, atua no Colégio de Aplicação-CED/UFSC, desenvolvendo atividades de ensino, pesquisa e extensão. É pesquisadora do Núcleo de Estudos em Linguística Aplicada da UFSC (NELA - PGL/UFSC), atualmente coordena o projeto “A pesquisa em Linguística Aplicada na Escola Básica” e participa do projeto “História das instituições escolares, memória educacional e formação de professores” (CA/MEN/UFSC - projeto aprovado pela FAPESC). Também participa como professora-orientadora na atividade permanente “Pés na estrada do conhecimento e Iniciação Científica” (CA-CED/UFSC) e desenvolve atividades de formação continuada de professores das redes públicas municipais (RS e SC) como formadora do Programa GESTAR II-MEC/UFSC/2010-2011. É autora de artigos sobre questões relacionadas ao ensino de LP e do livro “A construção dialógica do discurso do professor de Língua Portuguesa” (Pedro & João Editores, no prelo).

 

 

Nívea Rohling da Silva

Graduada em Letras-Português pela Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE). Mestre em Linguística com concentração em Linguística Aplicada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com bolsa de pesquisa CAPES. Atualmente é doutoranda em Linguística também pela UFSC com bolsa de pesquisa CNPq. Tem experiência docente na educação básica, no ensino profissionalizante e no ensino superior. Desenvolve atividades de pesquisa e ensino em temas como: Ensino-aprendizagem da Linguagem, Análise Dialógica do Discurso, Gêneros do Discurso, Formação de Professores, Estudos bakhtinianos. Publicou recentemente o livro: O gênero entrevista pingue-pongue: reenunciação, enquadramento e valoração do discurso do outro. É integrante do Núcleo de Estudos em Linguística Aplicada da UFSC (NELA - PGL/UFSC) e do Grupo de Pesquisa Práticas de Linguagem em Sala de aula (PLISA) da UNIVILLE.

 

 

Rosana Mara Koerner

Graduada em Pedagogia e em Letras, cursos nos quais atualmente atua como professora, na Universidade da Região de Joinville – UNIVILLE. É mestre e doutora em Linguística Aplicada à Língua Materna pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Realiza atividades de pesquisa desde 2005, sob a temática dos gêneros discursivos e do letramento. Desde 2007 coordena uma atividade de formação continuada para professores das séries iniciais do Ensino Fundamental da rede pública de ensino. Já foi professora nestas séries, especialmente em turmas de alfabetização. Coordena o Grupo de Pesquisa  Práticas de Linguagem em Sala de aula (PLISA) da UNIVILLE. Publicou, em 2010, 0 livro: Entre saberes e fazeres da/na alfabetização: o ato de mediar do professor alfabetizador pela Editora CRV.

 

 

Roselete Fagundes Aviz de Souza

Graduada em Letras pela Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE), mestre em Educação pela Universidade do Vale de Itajaí (UNIVALI). É doutoranda em Educação: Ensino e Formação de Educadores, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com estágio na Universidade Eduardo Mondlane – Centro de Estudos Africanos em Moçambique – África. É pesquisadora do Núcleo  Infância, Comunicação e Arte (NICA) da UFSC e do Grupo de Pesquisa Práticas de Linguagem em Sala de aula (PLISA) da UNIVILLE.

 

 

Taiza Mara Rauen Moraes

Graduada em Letras pela Universidade do Contestado,  mestre em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina  e doutora em Teoria da Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora titular da Universidade da Região de Joinville no curso de Letras, ministrando as disciplinas: Teoria da literatura, Literatura Brasileira e Metodologia do Ensino de Língua e Literatura e no mestrado em Patrimônio Cultural e Sociedade, ministrando as disciplinas: Tópicos Especiais, Cultura Visual e Verbal e Estudos Culturais. Pesquisadora em Teoria Genética, atuando principalmente nos seguintes temas: leitura - contação de histórias, leitura - incentivo - formação de leitores, cinema; crítica; debate, leitura e leitura - prazer. Coordena o Comitê Proler Joinville e o Programa Institucional de Incentivo a Leitura da Univille. Desenvolve projetos de pesquisas na área de Letras e Cultura, com ênfase em Leitura em Meios Eletrônicos, Memória e Gênero.