livro digital
ETNOMATEMÁTICA:<br>saberes do campo

ETNOMATEMÁTICA:
saberes do campo

Autores: José Roberto Linhares de Mattos

livro impresso
de R$ 41,90 por
R$ 35,90
livro digital
de R$ 41,90 por
R$ 29,33

Disponibilidade: 5 Dia(s)

 
Indique para um amigo
Calcule prazo de entrega e frete:

Sinopse

Tratar os saberes provenientes da cultura de diferentes grupos sociais permeia o ensino e a aprendizagem contextualizados no cotidiano, os quais envolvem o saber-fazer matemático que é vivenciado por trabalhadores em suas práticas pessoal, profissional e social. Consequentemente, os assuntos tratados neste livro abordam os saberes que estão envolvidos nos fazeres dos trabalhadores agrícolas e de uma escola do campo, com ênfase na etnomatemática desenvolvida por Ubiratan D’Ambrosio, “uma área em pleno florescimento” como afirma o próprio no prefácio deste livro. As pesquisas que compõem os seis capítulos deste livro foram desenvolvidas em projetos e dissertações de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – PPGEA/UFRRJ, sob a orientação do professor José Roberto Linhares de Mattos, pesquisador dedicado ao estudo dos saberes e fazeres de produtores rurais, da educação do campo e de comunidades indígenas. Neste contexto, as pesquisas apresentadas em ETNOMATEMÁTICA: Saberes do campo desafiam o leitor a compreender os processos de ensino e de aprendizagem da Matemática de forma diferenciada, por meio de atividades práticas cotidianas, bem como, mostram a importância da análise de fazeres e de saberes de grupos culturalmente diferenciados por práticas e atividades profissionais, por interesses de quaisquer teores, sejam artístico, político, religioso, cultural ou social, que enfoquem a geração e a difusão do conhecimento matemático. Desse modo, o Programa de Pesquisa Etnomatemática tem uma proposta metodológica importante para realizar esta análise, pois utiliza estratégias diferenciadas de natureza matemática.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-1099-8
DOI: 10.24824/978.85.444.1099.8
Ano de edição: 2016
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 168
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

ETNOMATEMÁTICA:<br>saberes do campo

Autores

DEJILDO ROQUE DE BRITO
Possui graduação em Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade Federal do Amapá. Especialização em Metodologia de Ensino de Matemática e Física pela Faculdade Internacional de Curitiba. Foi professor da Escola Estadual Edgar Lino da Silva, do Colégio Santa Bartolomea e da Faculdade Seama. Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá – IFAP, onde também atua como Coordenador de Extensão do Campus Macapá. É Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola – PPGEA, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Cultura – GEPEC.

JORGE RICARDO CARVALHO DE FREITAS
Professor de Ensino Básico Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - IFPE - Campus Barreiros. Graduado e Especialista em Matemática pela Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul - FAMASUL, Palmares - PE. Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, PPGEA/ UFRRJ - RJ e Doutorando em Educação Matemática pela Universidade Anhanguera de São Paulo – PPGEM/UNIAN/SP. Em seu trabalho de ensino, extensão e pesquisa, valoriza as diversidades culturais, suas práticas e as questões políticas que envolvem a manutenção da tradição, com um olhar voltado para o Programa Etnomatemática.

JOSÉ ROBERTO LINHARES DE MATTOS
Pós-doutorado pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, onde trabalhou no projeto Fronteiras Urbanas: A dinâmica de encontros culturais na educação comunitária. Professor do Departamento de Geometria do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade Federal Fluminense. Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – PPGEA/UFRRJ.  Professor do Programa de Doutorado em Educação em Ciências e Matemática da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática – PPGECEM/REAMEC. Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Cultura – GEPEC. Pesquisador do Brazilian Urban Boundaries - BUB. Membro do GT 5 da Sociedade Brasileira de Educação Matemática – SBEM. 

MARCIA MARIA PAES SANTOS
Possui doutorado em Produção Vegetal em Fitomelhoramento pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Mestrado em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Graduação em Pedagogia pela Faculdade de Ciências Aplicadas Sagrado Coração e em Licenciatura Plena em Matemática pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Alegre. Atuou como professora de ensino básico técnico e tecnológico do IFES-Campus de Alegre e de Santa Teresa. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: mudanças paradigmáticas, conceitos matemáticos no mundo agrário, interdisciplinaridade e transdisciplinaridade. Atuou como professora durante 29 anos em diferentes modalidades de ensino, desde as séries iniciais até ao ensino superior. A pesquisa desenvolvida para titulação do doutorado envolveu três cultivares de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.) como fonte de energia alternativa, intitulada Efeito e Otimização da Adubação Nitrogenada e Fosfatada em Três Cultivares de Capim-Elefante para Fins Energéticos no Sul do Espírito Santo.

MARIA LEOPOLDINA BEZERRA BRITO
Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Campus Crato, desde 1992. Nasceu em Crato-CE, aos 27 de abril de 1966. Graduada em Ciências com Habilitação em Matemática pela Fundação de Ensino Superior de Pernambuco – FESP, Mestre em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro-UFRRJ, área de concentração: Educação Agrícola. Ao concluir a dissertação de mestrado em 2010, fez uma apresentação em versos de cordel, A Matemática no Trabalho do Agente Rural: Aspectos Etnomatemáticos, um resumo de sua dissertação de mestrado que foi apresentado na UFRRJ e na Universidade Federal Fluminense - UFF em Niterói-RJ. Realizou outros trabalhos em versos de cordel como: Na Ecotrilha da Transdisciplinaridade ainda no período do mestrado. Com os alunos do IFCE Crato, trabalhou temas sobre a história da matemática, Trigonometria, Estudo das Funções e Estudo das Matrizes em versos de cordel. Em 2015 realizou mais dois trabalhos em cordel; Drogas Não, Porquê? Trabalhado na campanha anti drogas do IFCE Crato, e o Cordel Ubi da Paz, Ubi do Amor, para o Encontro do Grupo de Amigos de Ubiratan D’Ambrósio – GAU. Acredita na arte do cordel como meio de educar, aprender, preservar a cultura e divertir-se fazendo versos.

SILVANA LUCAS BOMTEMPO MATOS
Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ubá/MG, especialização em Educação Matemática pela Universidade Federal de Juiz de Fora/MG e mestrado em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Atualmente é professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais, Campus de Rio Pomba/MG. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Educação Matemática, atuando principalmente no seguinte tema: Educação Matemática e Etnomatemática.

Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ubá/MG, especialização em Educação Matemática pela Universidade Federal de Juiz de Fora/MG e mestrado em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Atualmente é professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais, Campus de Rio Pomba/MG. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Educação Matemática, atuando principalmente no seguinte tema: Educação Matemática e Etnomatemática.

 

THAMY PEREIRA DOS SANTOS
Possui Licenciatura em Matemática pela Faculdade de Filosofia Santa Dorotéia e Pós-Graduação em Matemática, na referida Faculdade. Mestra em Ciências pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, em Educação Agrícola. Possui experiência de dez anos como Professora de Matemática nas Secretarias de Educação Pública do Estado do Rio de Janeiro e no Município de Nova Friburgo. Atua como Professora regente, em Nova Friburgo, nos CEFFA CEA Rei Alberto I e CEFFA Municipal Rei Alberto I, ambas com a Pedagogia da Alternância.