Capa do livro: “OS ‘INTRUSOS’ E OS ‘OUTROS’ NO ENSINO SUPERIOR”:<br>relações de raça e classe nas ações afirmativas da UFES

“OS ‘INTRUSOS’ E OS ‘OUTROS’ NO ENSINO SUPERIOR”:
relações de raça e classe nas ações afirmativas da UFES

Autores: Sérgio Pereira dos Santos

livro impresso
de R$ 69,90 por
livro digital
de R$ 69,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O livro investiga as categorias de raça e de classe social no processo de implementação das cotas sociais da Ufes entre 2006 a 2012, analisando a posição de professores e alunos de cursos de graduação da Ufes sobre o ingresso de alunos cotistas, sobretudo negros e pobres. A pesquisa aponta, mesmo diante de discriminações, a importância das ações afirmativas para afro-brasileiros como políticas que combatem as desigualdades raciais no ensino superior.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-0875-9
DOI: 10.24824/978854440875.9
Ano de edição: 2016
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 408
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

“OS ‘INTRUSOS’ E OS ‘OUTROS’ NO ENSINO SUPERIOR”:<br>relações de raça e classe nas ações afirmativas da UFES

Autores

SÉRGIO PEREIRA DOS SANTOS
Natural de João Neiva/ES, afro-brasileiro e de família originada das camadas populares. É professor adjunto da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Pós-doutorando em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFES. Doutor e mestre em Educação pelo PPGE da UFES. Graduado em Pedagogia pela UFES. Pesquisador do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Educação (NEPRE) da UFMT. Pesquisador externo do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros (NEAB) da UFES e do Observatório das Políticas de Democratização de Acesso e Permanência na Educação Superior (OPAA) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Desenvolve pesquisas sobre relações raciais brasileiras, ações afirmativas, branquitude, identidade negra, racismo e educação.