Capa do livro: OS INSTITUTOS FEDERAIS DE EDUCAÇÃO NA AMAZÔNIA:<br>caminhos, desafios e Proposições

OS INSTITUTOS FEDERAIS DE EDUCAÇÃO NA AMAZÔNIA:
caminhos, desafios e Proposições

Autores: Cleilton Sampaio de Farias - José Júlio César do N. Araújo (Orgs.)

livro impresso
de R$ 50,28 por
livro digital
de R$ 50,28 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)
 
Consultar frete e prazo de entrega

Sinopse

Ao discutir as interfaces da institucionalização dos Institutos Federais com a política social e como lócus de formação de professores este livro, de modo propositivo, apresenta os caminhos descobertos e os desafios a serem enfrentados pelos sujeitos que constroem a história diária da implantação dos IFs na Amazônia.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-0981-7
DOI: 10.24824/978854440981.7
Ano de edição: 2016
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 206
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

OS INSTITUTOS FEDERAIS DE EDUCAÇÃO NA AMAZÔNIA:<br>caminhos, desafios e Proposições

Autores

ARMINDA RACHEL BOTELHO MOURÃO
Doutora em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2002). Atualmente é professora associada da Universidade Federal do Amazonas. Cursou o mestrado em Educação pela Universidade Federal do Amazonas (1990). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Qualificação Profissional, atuando principalmente nos seguintes temas: educação ambiental, trabalho e educação, representação social, formação de professores e educação. É autora de vários livros dentre eles: O movimento social dos professores de 1º e 2º grau no Estado do Amazonas: uma análise crítica, A fábrica como espaço educativo, Demissão Voluntária: do sonho de empreendedor à realidade do desemprego, Da Qualificação à Competência. Novas relações entre o Trabalho e a Educação? Coordena o Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Amazonas. Foi diretora da Faculdade de Educação (2006 a 2014).

CÉSAR GOMES DE FREITAS
Possui graduação em Ciências Contábeis (2000) e em Administração (2002) pelo CESD - Centro de Ensino Superior de Dracena/SP, pós-graduação (lato sensu - especialização) em Gestão Econômica e Financeira pelo CESD - Centro de Ensino Superior de Dracena/SP (2002), mestrado acadêmico em Desenvolvimento Local pela UCDB - Universidade Católica Dom Bosco de Campo Grande/MS (2008), aperfeiçoamento em Ciências, Tecnologia e Educação na Amazônia pelo Instituto Oswaldo Cruz da Fiocruz/RJ (2013) e é doutorando em Ensino em Biociências e Saúde pelo IOC - Instituto Oswaldo Cruz da Fiocruz/RJ (2013). Docente efetivo na área de Administração do Campus Rio Branco do Instituto Federal do Acre (IFAC), atualmente ocupa a função de Coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Logística. Entre 2003 e 2011 atuou na área do ensino superior, como docente e coordenador de curso, na iniciativa privada. Tem experiência de dois anos como educador no ensino técnico profissionalizante no Instituto Dom Moacyr (CEFLORA). Foi articulista do Jornal Cidades Paulista (2001 a 2004) e do Jornal Voz do Norte (2003 a 2012).

CLEILTON SAMPAIO DE FARIAS
Licenciado em Geografia pela Universidade Federal do Acre (2006), Mestre em desenvolvimento Regional pela PPG/MDR UFAC (2011), Estudante do doutorado em Ensino de Biociências e Saúde pela FIOCRUZ/IOC (2013). Professor efetivo da área de geografia do Instituto Federal de Educação, ciência e Tecnologia do Acre - IFAC desde 2010, Líder do grupo de pesquisa Relações e Sociais e Educação – RESOE desde 2012, onde desenvolve as linhas de pesquisa em metodologia e ensino e práticas pedagógicas e geografia da saúde. Membro da comissão de publicação da Revista Uáquiri: A geografia e a Amazônia em questão - ISSN 1806-0218. Organizador do livro Caminhos de pesquisa na Amazônia" (Oficina de Livros, 2011 (ISBN 856184336-6). Foi diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão do Campus Rio Branco - IFAC, foi diretor Geral Substituto do Campus Rio Branco - IFAC, foi Coordenador de Pesquisa da Pró-reitoria de Inovação -PROIN/IFAC. Foi Gestor de Políticas Públicas efetivo do Acre de 2006 a 2010.

CRISTINA MARIA DELOU
Psicóloga e Licenciada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1981), Especialista e Mestre em Educação na área de concentração Educação de Superdotados pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1987), e Doutora em Educação, pelo Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001). Atualmente, é Professora Associado IV, da Faculdade de Educação, da Universidade Federal Fluminense (UFF). Criou e coordena o curso de pós-graduação lato-sensu Educação Especial e Inclusiva, da Faculdade de Educação. É líder do Grupo de Pesquisa Talento e Capacidade Humana na Sociedade e na Educação, vinculado ao Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil do CNPq. É Membro do Conselho Editorial de diversas revistas científicas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando em: educação especial, educação inclusiva, altas habilidades, superdotação, materiais didáticos acessíveis, inclusão e formação continuada de professores. Foi Membro do Conselho Técnico do Conselho Brasileiro para Superdotação (ConBraSD) no período de 2003 a 2012. Presidente para o biênio 2011-2012. Vice-Presidente da Associação Brasileira de Diversidade e Inclusão (ABDIn) para o biênio 2015-2016.

DEUZILENE MARQUES SALAZAR
Mestre em Educação na linha de pesquisa História da Educação, Processos de Trabalho e Novas Tecnologias pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Amazonas (2007). Licenciada em Pedagogia - Orientação e Supervisão Educacional (1998) e especialização em Supervisão Educacional pela Universidade Federal do Amazonas (1999). Desenvolve tese de doutoramento no Curso de Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Amazonas sobre Política de Formação de Professores no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas - IFAM. Professora do ensino básico, técnico e tecnológico do IFAM.

FRANCISCA ELIZANGELA SOUZA CABRAL
Especialista em Gestão da Educação Profissional, Científica e Tecnológica (IFAC). Bacharel em Administração (IEVAL). Coordenadora de Polo, UNINTER, Cruzeiro do Sul.

FRANCISCO DIÉTIMA DA SILVA BEZERRA
Economista, Mestre em Desenvolvimento Regional pela UFAC (2015). É professor de Economia do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal do Acre (IFAC), atuando nos cursos superiores e técnicos com as seguintes disciplinas: Introdução à Economia; Administração e Economia Rural; Economia Regional; Empreendedorismo e Inovação; Administração, Planejamento e Extensão Rural; e Introdução ao Cooperativismo. Tem experiência na área de Economia, atuando principalmente nos seguintes temas: agricultura familiar, economia do meio ambiente e desenvolvimento regional e desenvolvimento sustentável.

GRABRIELA BARBOSA DE FARIAS ANDRADE E SILVA
Discente do Curso Superior Tecnológico em Processos Escolares do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre – IFAC/Campus Rio Branco. Bolsista de Iniciação Científica (IC/IFAC – Campus Rio Branco), de 2013 a 2014.

HELENA CARLA CASTRO
Graduada em Habilitação Farmacêutica (1992) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ, com Mestrado em Química Biológica pela UFRJ (concentração em Imunoquímica e Química de proteínas em 1996) e Doutorado Sanduíche (concentração em Biologia e Modelagem Molecular em 2000) no Instituto de Bioquímica da UFRJ - Brasil e na Universidade da Califórnia em São Francisco - Estados Unidos. O Pós-doutoramento foi realizado na área de Farmacologia (concentração Farmacologia Bioquímica e Molecular) na Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora Associada do Instituto de Biologia da Universidade Federal Fluminense (IB-UFF), coordena o Programa de Pós graduação em Ciências e Biotecnologia (http://www.biotec.uff.br) do IB-UFF, sendo membro permanente do Programa de Pós-graduação em Patologia da Universidade Federal Fluminense e membro colaborador do Programa de Pós-graduação em Ensino de Biociências e Saúde (Fiocruz-RJ) e do curso de Mestrado Profissionalizante em Diversidade e Inclusão (IB-UFF). A pesquisadora coordena o Laboratório de Antibióticos, Bioquímica, Ensino e Modelagem molecular (LABiEMol) na Universidade Federal Fluminense em Niterói no estado do Rio de Janeiro. Atualmente é Cientista do Nosso Estado - FAPERJ e Bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq - Nível 1.

JAMILLE DOS SANTOS SOUZA
Cursando o último período da graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas-IFAC, membro do Grupo de Pesquisa- RESOE-IFAC/CNPq, foi bolsista de Iniciação Científica-CNPq/IFAC, e bolsista de Projeto de Extensão-IFAC.

JESSE RODRIGUES DOS SANTOS
Doutor em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA) da Universidade Federal do Pará (2010). Mestre em Processos Socioculturais na Amazônia no Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia pela Universidade Federal do Amazonas (2003). Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Amazonas (1996). Conselheiro do Conselho Regional de Economia do Estado do Amazonas na gestão 2016-2018. Atualmente, é professor magistério superior em Manaus, consultor de projetos de desenvolvimento regional e ocupa o cargo público de Economista lotado na Coordenação Geral de Estudos Econômicos Empresariais da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA). Atuou no período de 2011 a 2014 como Professor Assistente da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) no Projeto Especial do Curso de Ciências Econômicas no Núcleo de Estudos Superiores do Município de Manacapuru(AM). Tem experiência na área de Economia, na área de concentração Economia Agrária e dos Recursos Naturais com ênfase nos seguintes temas: desenvolvimento regional de base primária, sustentabilidade socioambiental, processos socioculturais na Amazônia e dinâmica do pensamento social e teoria econômica da mudança evolucionária. Líder do Grupo de Pesquisa Grupo de Estudos em Desenvolvimento Socioambiental do Amazonas (GEDSA) com foco nas mudanças econômicas e institucionais no subsetor da produção familiar camponesa em território amazonense.

JOSÉ JÚLIO CÉSAR DO NASCIMENTO ARAÚJO
Doutorando em Educação (UFAM). Mestre em Desenvolvimento Regional(UFAC) Professor de Língua Portuguesa no Instituto Federal do Acre. Autor dos livros: O Homem falando no escuro (UEA/SEC, 2003) e Simbolismo e imaginário: um olhar sobre a cultura no Vale do Juruá (Travessia Editora, 2007). Coautor Caminhos da pesquisa na Amazônia (Oficina de Livros, 2011)e Processos de Territorialização e Identidades Sociais (RIMA/EDUA, 2012).

JOSÉ MARLO ARAÚJO DE AZEVEDO
Doutorando em Biotecnologia e conservação do programa de pós-graduação da rede BIONORTE. Docente do Instituto Federal do Acre na área de agronomia com ênfase em Manejo conservação e fertilidade do solo. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Melhoramento Vegetal, tem experiência em trabalhos com germinação de sementes, teste de tetrazólio, emasculação, polinização, montagem de exsicata e extração de Óleo de Piper Aduncum e P. hispidinervum. É graduado em Engenharia Agronômica (UFAC) e Mestre em Agronomia com ênfase em Produção Vegetal (UFAC), voltado para o melhoramento de pastagens.

JOSINA MARIA PONTES RIBEIRO
Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Acre (2002), Especialista em Direitos Humanos e Sociedade pela União Educacional do Norte - UNINORTE (2005), Mestre em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro - IUPERJ (2009) e Doutoranda em Ensino de Biociências e Saúde pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/FIOCRUZ).  Já trabalhou como Socióloga da Gerência de Planejamento da Secretaria Estadual de Cidadania e Assistência Social - SECIAS (2003-2006). Fez parte do quadro docente da União Educacional do Norte (UNINORTE - 2003 a 2011). Prestou consultoria no Núcleo Social da EKOAR, onde foi a técnica responsável pela elaboração de "Diagnóstico da realidade da criança e do adolescente no município de Rio Branco- 2009" (Realização: Instituto Votorantim e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). Tem experiência na participação em conselhos, em especial no Conselho Municipal de Assistência Social.  Desde 2011 atua como Docente EBTT -  Ciências Sociais no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC)/Câmpus Rio Branco, em regime de dedicação exclusiva.  Já atuou no IFAC como Diretora de Extensão Tecnológica da Pró-Reitora de Pesquisa e Inovação (PROIN/IFAC – 2011 a 2014) e como Coordenadora de Pesquisa e Extensão do IFAC/Câmpus Rio Branco (2014). Faz parte do Grupo de Pesquisa Relações Sociais e Educação (RESOE- IFAC), Grupo de Pesquisa Saúde, Qualidade de Vida e Segurança do Trabalho (SQVST- IFAC), Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI – IFAC/Campus Rio Branco). É Bolsista de Extensão “B” do CNPQ, atuando como Assessora de Gestão Social dos Núcleos de Extensão em Desenvolvimento Territorial do Baixo Acre (2015-2016).

JULIEUZA DE SOUZA NATIVIDADE
Mestranda em Educação (UFAM). Pesquisa ensino integrado e educação profissional.  Possui graduação em Licenciatura Plena em Letras Língua Portuguesa pela Universidade do Estado do Amazonas (2008). Especialista em Docência em Língua Portuguesa nas séries finais do ensino fundamental pela Faculdade Táhirih (2010). Atualmente é professora de Língua Portuguesa, Literatura e Português Instrumental do Ensino Básico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas – IFAM/Campus Parintins.

MARY CLÍCIA DA COSTA MORAES
É Especialista em Gestão da Educação Profissional Científica e Tecnológica. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Acre (2003). Atualmente é Técnica em Assuntos Educacionais do Instituto Federal do Acre. Tem experiência na área de Educação, como Professora de Matemática e outras disciplinas e Coordenação pedagógica nas séries iniciais do Ensino Fundamental.

MIRNA SUELBY MARTINS DA ROCHA
Mestre em Letras: Linguagem e Identidade pela Universidade Federal do Acre (2012). Especialista em Formação de Professores para Educação on-line pela Faculdade de Educação, da Universidade de Brasília UnB (2010). Graduada em Letras (2004) também pela Universidade Federal do Acre. É professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal do Acre. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, Produção Textual e Literatura.

ORLEINILSON AGOSTINHO RODRIGUES BATISTA
Mestrando em Ensino de Ciência e Matemática (UFAC). Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Acre (2004) e graduação em Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Federal do Acre (1999). Atualmente é servidor permanente do Instituto Federal do Acre. Trabalha com Matemática, Álgebra, Estatística, Educação Inclusiva e Estágio Curricular Supervisionado. É atualmente coordenador de área de Matemática do Pibid/IFAC.

PATRÍCIA FERREIRA SILVA
Discente da Licenciatura em Biologia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre – IFAC/Campus Rio Branco. Bolsista de Iniciação Científica (IC/IFAC – Campus Rio Branco) 2015 a 2016.

RADIGE DE OLIVEIRA LIMA RIBEIRO
Especialista em Gestão da Educação Profissional, Científica e Tecnológica (IFAC). Professor - PRONATEC/IFAC. Licenciada em pedagogia (Faculdade Reunida – Instituto de ensino superior de são Paulo). Licenciada em contabilidade (Instituto de educação ciência e tecnologia do Vale do Juruá. Professora da Scretaria de educação do Estado do Acre.

RAPHAELA BOMFIM DE OLIVEIRA
Especialista em Gestão da Educação Profissional, Científica e Tecnológica (IFAC). Professor - PRONATEC/IFAC. Licenciada em Ciências Biológicas(UFAC). Auxiliar em Assuntos Educacionais no Instituto Federal do Acre.

RENATA GOMES DE ABREU FREITAS
Licenciada em Geografia e Mestre em ecologia e Manejo de Recursos Naturais pela Universidade Federal do Acre (UFAC). Doutoranda em Ensino de Biociências e Saúde no Instituto Oswaldo Cruz – IOC – FIOCRUZ. Atualmente é professora no Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre – IFAC. Possui experiência com ensino e pesquisa em Educação Ambiental.

SILVANIA MARQUES GADELHA DE SOUZA
Graduanda em Licenciatura em Ciências Biológicas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre – IFAC. Bolsista de Iniciação Científica – CNPQ.

SILVIA CRISTINA NOGUEIRA CONDE
Doutora e mestre em Educação (PPGE/UFAM). Graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Amazonas (2001). Professora Assistente I do Departamento de Administração e Planejamento da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Amazonas. Pesquisa sobre os Institutos Federais na Amazônia, sua expansão e o trabalho desenvolvido. É coautora em A Educação profissional na Região Norte: reflexões e críticas (EDUA, 2013).