Capa do livro: EDUCAÇÃO F͍SICA ESCOLAR E MOTIVAÇÃO:<br>a influência de um programa de ensino sobre a prática de atividades físicas

EDUCAÇÃO F͍SICA ESCOLAR E MOTIVAÇÃO:
a influência de um programa de ensino sobre a prática de atividades físicas

Autores: Carla Ulasowicz - José Fernando Bitencourt Lomônaco

livro impresso
de R$ 53,63 por
livro digital
de R$ 53,63 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

       A Educação Física Escolar tem testemunhado inúmeras discussões e propostas de ressignificações no tocante a sua forma de ensinar, vivenciando diferentes abordagens sobre como direcionar o trabalho do professor na escola. Tem-se pautado, na maioria das vezes, em perspectivas pedagógicas que realçam a prática, no sentido do fazer sem proporcionar ao aluno informações sobre o porquê executar determinadas atividades. Neste contexto, o aluno vivencia uma prática descontextualizada.

 

       Levando em consideração tal perspectiva e após vivenciar um programa de Educação Física para idosos (PAAF-GREPEFI-EEFEUSP), cujo objetivo era o de proporcionar-lhes conhecimentos para o auto cuidado, ensinando-lhes o porquê fazer, o que fazer como fazer e o quanto fazer de atividades físicas e motoras a fim de ampliar as capacidades dos diferentes sistemas do corpo, iniciamos a reestruturação da proposta deste programa de idosos vinculando-a a uma nova sistematização de conteúdos. Constatamos que esta nova forma de veicular  o conteúdo era mais efetiva do que a anterior, uma vez que os alunos conseguiam associar os fundamentos biológicos  à melhoria de determinado sistema do corpo estudado, o que tornava as aulas mais motivadoras  e prazerosas.

 

       Em função desta experiência, ocorreu-nos a ideia de investigar a influência de um programa de ensino na motivação para a prática de atividades físicas, ou seja, verificar se as informações sobre os benefícios da prática de atividades físicas e os malefícios do sedentarismo seriam capazes de motivar os alunos a praticarem atividades físicas, não apenas no ambiente escolar, mas e, principalmente, na sua vida diária. Esta foi a hipótese central da Dissertação de Mestrado elaborada pela primeira autora, sob a orientação do segundo autor, apresentada e defendida no Programa de Pós-graduação em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

 

       É o relato deste estudo que ora apresentamos sob a forma de livro a fim de melhor divulgar nosso trabalho junto aos profissionais da Educação Física. O conteúdo do trabalho é assim apresentado:

 

1)No Capítulo 1 são tecidas considerações sobre a Educação Física Escolar, sua importância e sua íntima relação com a área da saúde e/ou qualidade de vida.

2)No Capítulo 2 são apresentados estudos sobre a relação entre a motivação e a prática de atividades físicas e são expostos os objetivos da presente pesquisa.

3)O Capítulo 3, a seção de Método, explicita as características da amostra, os materiais utilizados e os procedimentos adotados.

4)No Capítulo 4 são apresentadas as análises dos resultados dessa pesquisa.

5)Finalmente, no Capítulo 5, são analisados e discutidos os resultados encontrados, apontadas as limitações do trabalho e sugeridas novas pesquisas sobre o tema.

 

Esperamos que esse trabalho contribua para chamar a atenção dos  envolvidos no processo de ensino e  aprendizagem da Educação Física Escolar para a  importância do conhecimento como fator motivador para a prática de atividades físicas.

 

                                               Carla Ulasowicz

                                               José Fernando Bitencourt Lomônaco

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-8042-062-3
DOI: 10.24824/978858042062.3
Ano de edição: 2011
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 160
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

EDUCAÇÃO F͍SICA ESCOLAR E MOTIVAÇÃO:<br>a influência de um programa de ensino sobre a prática de atividades físicas

Autores

Carla Ulasowicz

Licenciada em Educação Física pela Universidade do Grande ABC (UNIABC), Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM), Ex-integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física para Idosos (GREPEFI-EEFEUSP), Mestre em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP), Professora de Educação Física na Educação Infantil e no Ensino Fundamental I da Rede Particular de Ensino, Membro do grupo autônomo "Professores-Pesquisadores” que versa sobre pesquisas na Educação Física escolar (http://br.groups.yahoo.com/group/professorespesquisadores), Mediadora de aprendizagem do Programa de Enriquecimento Instrumental (PEI) do Prof. Dr. Reuven Feuerstein.

 

José Fernando Bitencourt Lomônaco

É Mestre, Doutor e Livre-Docente pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Seu principal interesse teórico e de pesquisa é o estudo do processo de aprendizagem humano, principalmente em sua interface com a Educação. É Professor Orientador do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano do Instituto de Psicologia da USP. É autor de livros sobre Psicologia da Aprendizagem, publicou grande número de artigos em revistas científicas e orientou dezenas de dissertações de mestrados e teses de doutorado.