Capa do livro: O ENSINO DE HISTÓRIA NA REVISTA NOVA ESCOLA (1986-2002): cultura midiática, currículo e ação docente

O ENSINO DE HISTÓRIA NA REVISTA NOVA ESCOLA (1986-2002): cultura midiática, currículo e ação docente

Autores: Márcia Elisa Teté Ramos

livro impresso
de R$ 54,90 por
livro digital
de R$ 54,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Este trabalho analisa como a revista Nova Escola (Editora Abril) elabora seu próprio modelo curricular em época de transição paradigmática do ensino de história – considerando o recorte temporal de 1986 a 2002 –, e de como os professores de história apropriam-se desse currículo.Por ser um impresso produzido na cultura midiática, o qual propõe facilitar e/ou traduzir os currículos oficiais para os professores, toma-se referenciais teóricos que possam dar condições de enfocá-lo como texto que procura realizar uma recodificação curricular e que é lido/interpretado conforme determinados códigos culturais. Através de entrevista com professores de história, baseada na técnica de Grupo Focal, investigou-se a apropriação, bem como as práticas curriculares que derivam da leitura que estes sujeitos realizam da revista.No primeiro capítulo, destaca-se a materialidade da Nova Escola, que no período estudado ajustou-se aos modelos de leitura/interpretação do professor-leitor inserido na cultura midiática emergente. Cotejando o discurso de Nova Escola e o currículo prescrito pelos órgãos envolvidos na política educacional, no segundo capítulo, destaca-se a forma como essa revista apresenta o ensino de história de 1986 a, mais ou menos, 1995, abarcando a historiografia marxista e a pedagogia histórico-crítica, então referenciais dominantes na reestruturação curricular do período pós-regime militar. No terceiro capítulo, seguindo a mesma metodologia, foi tomado o período de 1995 a 2002, momento em que Nova História e Construtivismo consistiam os referenciais dominantes na implementação dos Parâmetros Curriculares Nacionais e quando se discutia a necessidade de tornar o país competitivo diante da “globalização”.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-0517-8
DOI: 10.24824/978854440517.8
Ano de edição: 2015
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 224
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

O ENSINO DE HISTÓRIA NA REVISTA NOVA ESCOLA (1986-2002): cultura midiática, currículo e ação docente

Autores

MÁRCIA ELISA TETÉ RAMOS
Possui graduação em História pela Universidade Estadual de Londrina (1988) e mestrado em Educação - História da Educação - pela Universidade Estadual de Maringá (1991). É professora de Metodologia e Prática do Ensino de História na Universidade Estadual de Londrina e doutora em Educação - História da Educação - na Universidade Federal do Paraná (2009). Tem experiência na área de História, com ênfase em Ensino de História, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de história, história da educação, currículo, metodologia do ensino de história e cultura midiática. É docente do curso de História e do programa de mestrado em História Social da UEL, Linha de Pesquisa História e Ensino. Coordenadora do Laboratório de Ensino de História. Editora da revista História & Ensino. Coordenadora do PIBID História do Ensino Médio em 2012 e 2013. Membro da comissão avaliadora do PNLD 2015. Foi coordenadora do GT Ensino de História e Educação (ANPUH - PR) de 2010 a 2014 e hoje é vice-coordenadora. É membro da diretoria da ANPUH - PR desde 2012. É representante do Brasil no GIR (Grupo de Discussão em Rede) do HaD (História a Debate). Atualmente realiza pós-doutorado na USP sob orientação da Prof.ª Drª Kátia Abud.