Capa do livro: INTERFACES DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL

INTERFACES DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL

Autores: Andréia da Silva Quintanilha Sousa - Arlete Maria Monte de Camargo (Orgs)

livro impresso
de R$ 52,90 por
livro digital
de R$ 52,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

Este livro é fruto do XXII Seminário Nacional Universitas/Br intitulado “Expansão da Educação Superior e da educação profissional: tensões e desafios”. O Seminário foi promovido pela Rede Universitas/Br em parceria com o Observatório da Educação CAPES/ UERJ e o Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e aconteceu no período de 21 a 23 de maio de 2014, na UFRN, em Natal. Os textos contidos neste livro espelham o acúmulo da produção científica por essa rede, traduzida em análises e em ações acadêmicas sobre o atual processo de expansão da educação superior brasileira diante da expansão que esse nível educacional vem experimentando de forma acentuada na história da educação brasileira. Os pesquisadores debruçaram-se na composição de um quadro da expansão da educação superior brasileira a partir das bases de dados do Censo da Educação Superior do Inep e, em informações, documentos oficiais e outros dados obtidos em  fontes, como Cadastro dos Cursos e Instituições da Educação Superior do Inep, Enade, Pnad/IBGE etc. 

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-0251-1
DOI: 10.24824/978854440251.1
Ano de edição: 2015
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 206
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

INTERFACES DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL

Autores

ANDRÉIA DA SILVA QUINTANILHA SOUSA

Possui pós-doutorado pelo Observatório da Educação CAPES/MEC/INEP/PUCRS (2009), doutorado em Educação (2004) e mestrado em Educação (2000) ambos pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, graduação em História pela Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Professora Associada da Universi­dade Federal de Rondônia. Experiência e publicações na área de Estado e Políticas Educacionais, com ênfase atualmente nas Políticas de Educação Superior na mo­dalidade a distância. Pesquisadora da Rede Universitas/Br participante do Projeto Integrado Políticas de Expansão da Educação Superior no Brasil após a Reforma do Aparelho de Estado (OBEDUC/CAPES). Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas de Educação Superior/Mariluce Bittar – GEPPES/MB, da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior e Sociedade – GEPES/UFPB e do Grupo Interdisciplinar de Avaliação de Políticas Públicas – GIAPP/UFRN.

ARLETE MARIA MONTE DE CAMARGO

Formada em Pedagogia, com doutorado em Educação pela Universidade Fe­deral de Minas Gerais (2004). É Professor Associado IV do Instituto de Ciências da Educação, da UFPA e desenvolve estudos e pesquisas na área de Formação de professores, Currículo e educação superior, trabalho Docente e educação básica. Atua em cursos de licenciatura e pós-graduação em educação (lato e stricto sensu).

ANA LYDIA VASCO DE ALBUQUERQUE PEIXOTO

Doutora em Ciência Veterinária pela UFRPE. Professora Titular I do Centro Universitário Cesmac (CESMAC) e Professora adjunta da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL). Pesquisadora da Rede UNIVERSITAS/BR e do Observató­rio de Educação/CAPES, participante do projeto de pesquisa “Avaliação, Expansão e Qualidade da Educação Superior no Século XXI: uma análise sobre o conceito de qualidade nos cursos de graduação no período pós-SINAES 2004-2012” que conta com financiamento do CNPq e CAPES.

ANA LUISA ALVES CORDEIRO

Doutoranda em Educação, na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). Artigo apresentado no XXII Seminário Nacional Universitas/Br, Eixo 5 Acesso e Permanência na Educação Superior, constando orientação Profa. Dra. Mariluce Bittar (in memoriam). Atual orientador: Prof. Dr. Ahyas Siss. Bolsista PROSUP/ CAPES. Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisas Políticas de Educação Supe­rior (GEPPES-UCDB) e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Gênero, Raça e Etnia (GEPEGRE-UEMS).

ANDRÉA ARAUJO DO VALE

Doutora em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade do Es­tado do Rio de Janeiro (UERJ). Professora adjunta do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal Fluminense (UFF). Atua como colaboradora no Programa de Políticas Públicas e Formação Humana, no qual realiza pesquisa de pós-doutoramento. Pesquisadora da Rede Universitas/Br e participante do Obser­vatório da Educação “Políticas de Expansão da Educação Superior no Brasil”, sob coordenação geral da profa. Deise Mancebo.

CARLA B. ZANDAVALLI M. ARAUJO

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Católica Dom Bosco (1988), graduação em Educação Artística pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (1988), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (1997) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2009). Atua desde 1989 em cursos de formação de professores. Foi Coordenadora da Comissão Própria de Avaliação do Centro Universitário de Campo Grande e Pró-Rei­tora Acadêmica da mesma instituição. É professora adjunta da UFMS. Tem experiên­cia na área de Educação, com ênfase em Avaliação de Sistemas, Instituições, Planos e Programas Educacionais, principalmente nos seguintes temas: avaliação de sistemas, autoavaliação, formação de professores, expansão e permanência no ensino superior, tecnologias aplicadas à educação, Educação a Distância. Participa dos seguintes Gru­pos de Pesquisa: Universitas/Br (UFRGS), Políticas Públicas de Educação (UFMS) e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Aberta e a Distância (UFMS).

CARLA CHRISTINA IMENES DE MORAIS

Gaduada em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, insti­tuição em que também concluiu o Mestrado em Educação e o Doutorado em Políti­cas Públicas e Formação Humana. Atualmente é professora adjunta da UFV, tutora do Programa de Educação Tutorial – PET Educação/UFV- Florestal. Atua ainda como pesquisadora da Rede Universitas/BR e participa do Observatório da Educa­ção “Políticas de Expansão da Educação Superior no Brasil”, sob coordenação geral da profa. Deise Mancebo.

CATHARINA MARINHO MEIRELLES

Doutoranda no Programa de Políticas Públicas e Formação Humana da Uni­versidade do Estado do Rio de Janeiro. Membro do Observatório da Educação – Po­líticas da Expansão da Educação Superior no Brasil (OBEDUC/ CAPES). Participa, atualmente, do Estágio Científico Avançado na Universidade do Minho – Portugal, no âmbito do Programa de Doutorado Sanduiche no Exterior da CAPES. Possui graduação em Psicologia e mestrado em Administração, ambos pela Universida­de Federal Fluminense. Atualmente é Professora Assistente 4 no Departamento de Psicologia da Universidade Federal Fluminense, no Polo Universitário de Volta Re­donda, tendo sido responsável pela criação e implementação do curso. Atua, princi­palmente, nos seguintes temas: Psicologia Organizacional e do Trabalho; Políticas Públicas, Educação Superior, Gestão de pessoas, Saúde do Trabalhador, Relaciona­mento Interpessoal, Negociação Empresarial e Desenvolvimento Gerencial.

DÁVILLA CAMILA DA SILVA CORREIA

Discente do curso de graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário Cesmac (CESMAC). Bolsista PIBIC pela Rede UNIVERSITAS/BR pelo projeto de pesquisa “Avaliação, Expansão e Qualidade da Educação Superior no Século XXI: uma análise sobre o conceito de qualidade nos cursos de graduação no período pós­-SINAES 2004-2012” que conta com financiamento do CNPq e CAPES.

DÉBORA REGINA ALMEIDA DA SILVA

Cursa atualmente o sexto semestre do curso de Licenciatura Plena em Peda­gogia, da Universidade Federal do Pará. Bolsista de Iniciação Científica do CNPq/ OBEDUC no Grupo de Estudos e Pesquisa GESTRADO, do Instituto de Ciências da Educação, onde desenvolve o plano de trabalho intitulado “Formação de profes­sores e expansão do ensino superior e formação em exercício”, vinculado ao projeto “Políticas da Expansão da Educação Superior no Brasil a partir de 1995” coordena­do pelas professoras Olgaíses Maués e Arlete Maria Monte de Camargo.

DEISE MANCEBO

Doutora em História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Ca­tólica de São Paulo (PUC/SP), com pós-doutorado em Psicologia Social pela Uni­versidade de São Paulo (USP). Professora titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, atuando como professora e pesquisadora no Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas e Formação Humana (PPFH/UERJ). Pesquisadora da Rede Universitas/Br, na qual coordena o Observatório da Educação “Políticas de Expan­são da Educação Superior no Brasil”.

EVELYN COSTA

Graduanda em Psicologia pela Universidade Federal do Maranhão – UFMA. Participou como aluna de Iniciação Científica do projeto de pesquisa sobre compor­tamento de motoristas e envolvimento em acidentes, vinculado ao Grupo de Estudos e Pesquisas em Psicologia, Desenvolvimento, Saúde e Vida Urbana, com registro no CNPq. Atualmente integrada ao OBEDUC no estudo sobre as “Políticas da Expansão do Ensino Superior” e a Rede Universitas/Br através do Grupo de Estudo e Pesquisa que se dedica as análises sobre “As Repercussões do REUNI no Trabalho Docente e Cultura das IFES”, onde também tive participação como aluna de Iniciação Científica.

GLADYS BEATRIZ BARREYRO

Doutora em Educação. Professora na Universidade de São Paulo no Programa de Pós-graduação em Educação, no Programa de Pós-graduação em Integração da Améri­ca Latina e na Escola de Artes, Ciências e Humanidades.

JACKELINE NASCIMENTO NORONHA DA LUZ

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Mato Grosso, Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso, Doutoranda em Educação no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Goiás. Participa: do Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais (GEP­DES/UFMT), e da Rede UNIVERSITAS/Br. Estuda temáticas relacionadas às políti­cas de educação superior. Bolsista Capes.

LENA LETÍCIA DO NASCIMENTO BRAGA

Cursa atualmente o último semestre do curso de Pedagogia da Universidade Fede­ral do Pará. Bolsista de Iniciação Científica do CNPQ no Grupo de Estudos e Pesquisa GESTRADO, do Instituto de Ciências da Educação, onde desenvolve seu plano de tra­balho intitulado “Formação e valorização do magistério no Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica – Parfor”, vinculado ao projeto “As Políticas de Formação e de Valorização dos Professores e as repercussões sobre o Trabalho Docen­te” coordenado pelas professoras Olgaíses Maués e Arlete Maria Monte de Camargo.

LIDIANE MATTOS

Graduanda em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Bolsista de Iniciação Científica do CNPq e participante do Observatório da Educação “Políticas de Expansão da Educação Superior no Brasil”.

LUCELMA SILVA BRAGA

Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, na área de concentração Filosofia e História da Educação. Atualmente é docente da Univer­sidade Federal do Maranhão, campus universitário de Chapadinha-MA. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisas “História, Sociedade e Educação no Brasil” e do projeto de pesquisa financiado pelo OBEDUC, intitulado “Políticas da Expansão da Educação Superior”.

LUIZ FERNANDO REIS

Doutorando no Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas e Forma­ção Humana da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ. Professor da Unioeste – Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Coordenador do Núcleo Pa­raná – Região Oeste da Auditoria Cidadã da Dívida Pública. Participa do projeto integrado de pesquisa, desenvolvido pela Rede Universitas/BR, “Expansão da Edu­cação Superior no Brasil (OBEDUC)” – subprojeto “Políticas de Financiamento da Educação superior no Brasil” – financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pes­quisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

MARIA DAS GRAÇAS MEDEIROS TAVARES

Doutora em Educação Brasileira pela UFRJ. Professora Associada IV do Centro de Ciências Humanas e Sociais/ Escola de Educação/Departamento de Fundamentos da Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Vice­-coordenadora do projeto de pesquisa “Avaliação, Expansão e Qualidade da Educação Superior no Século XXI: uma análise sobre o conceito de qualidade nos cursos de gra­duação no período pós-SINAES 2004-2012” que conta com financiamento do CNPq e pesquisadora da Rede UNIVERSITAS/BR e do Observatório de Educação/CAPES.

MÁRCIO FERREIRA

Doutor em Educação pela UnB e docente na Licenciatura em Educação do Campo da UnB.

MONICA CASTAGNA MOLINA

Doutora em Desenvolvimento Sustentável pela UnB, coordenadora da linha de pesquisa Educação do Campo: desenvolvimento rural e práticas político-peda­gógicas do PPGE-UnB e docente na Licenciatura em Educação do Campo da UnB.

PATRÍCIA SIMONE NOGUEIRA

Possui graduação em Nutrição pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso, Douto­randa em Ciências Nutricionais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Participa: do Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais (GEPDES/ UFMT), e da Rede Universitas/Br. Estuda temáticas relacionadas às políticas de edu­cação superior e políticas relacionadas à área da saúde. Bolsista da FAPEMAT.

PRISCILA ANDREZA MEIRELES

Gaduanda em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Bolsista de Iniciação Científica do Observatório da Educação “Políticas de Expansão da Educação Superior no Brasil”, sob coordenação geral da profa. Deise Mancebo.

QUEILA FRANCIÉLE FABRIS BOSIO

Mestre em Educação pela Unioeste – Universidade Estadual do Oeste do Pa­raná. Professora da Unioeste. Pesquisa (dissertação mestrado) concluída “Financia­mento da política pública para a educação profissional no estado do Paraná”, desen­volvida no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. (PPGE-UNIOESTE).

ROBERTO ANTONIO DEITOS

Doutor em Educação pela Unicamp. Professor Associado do Curso de Pedagogia e do Programa de Pós-graduação em Educação e pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Política Educacional e Social (GEPPES) da Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, Paraná, Brasil. Realizou estágio de pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em Educação da UEM – Universidade Estadual de Marin­gá, Paraná, com apoio e financiamento da Fundação Araucária/SETI/Governo do Para­ná. Participa do Núcleo Paraná – Região Oeste da Auditoria Cidadã da Dívida Pública.

SUELI DE FÁTIMA OURIQUE DE ÁVILA

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Santa Úrsula (1986), Mes­trado em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993) e doutora­do e Pós-doutorado em Políticas Públicas e Formação Humana pelo Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas e Formação Humana – Universidade Estadual do Rio de Janeiro (2010). É Coordenadora e Professora do Curso de Psicologia da Universidade Veiga de Almeida - Campus Cabo Frio. É pesquisadora da Rede Universitas/BR e participante do Observatório da Educação “Políticas de Expansão da Educação Superior no Brasil”, sob coordenação geral da profa. Deise Mancebo.

SUELY FERREIRA

Graduada em História pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e em Psico­logia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), mestre em Educa­ção pela PUC-GO e doutora em Educação pela UFG. Professora adjunta da UFG. Desenvolve pesquisas na área de políticas e gestão para educação superior.

TEREZA CHRISTINA MERTENS AGUIAR VELOSO

Possui doutorado em Educação pela Universidade Federal de Goiás. É Pro­fessora Associada da Universidade Federal de Mato Grosso atuando no ensino de graduação e na Pós-graduação stricto e lato sensu, em Educação e Nutrição. Inte­gra: o Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas de Educação Superior (GEPDES/ UFMT), o Grupo de Estudo e Pesquisa em Políticas Educacionais e a Rede UNI­VERSITAS/Br. Experiência na área de Educação com ênfase em políticas educa­cionais, com publicações nas temáticas: educação superior, políticas de acesso a educação superior, mecanismos de seleção, avaliação educacional e políticas de formação na área da saúde.