Capa do livro: SAÚDE NA FRONTEIRA:<br>estudo epidemiológico e operacional da tuberculose

SAÚDE NA FRONTEIRA:
estudo epidemiológico e operacional da tuberculose

Autores: Reinaldo Antonio Silva-Sobrinho - Tereza Cristina Scatena Villa (orgs)

livro impresso
de R$ 38,90 por
livro digital
de R$ 38,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O livro Saúde na Fronteira: estudo epidemiológico e operacional da tuberculose é a primeira obra publicada que traz o panorama desta doença em Foz do Iguaçu/PR, localidade esta que se faz tão importante geograficamente por ser uma região de tríplice fronteira (Brasil, Paraguai e Argentina).

Os resultados aqui apresentados são decorrentes de anos dedicados a pesquisa em tuberculose na região, por diversos pesquisadores provenientes da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), que a cada dia amplia seu espectro de ações e se firma como pólo de pesquisa na região, bem como da conceituada Universidade de São Paulo (USP).

Os organizadores dedicam a vida acadêmica ao estudo e o controle da tuberculose na Atenção Primária a Saúde do sob a égide do Sistema Único de Saúde (SUS), e foi com muita determinação que os mesmos atuaram na construção desta obra, compilando os dados coletados nos últimos oito anos e intermediando diferentes pesquisadores de ambas as universidades, lançando questionamentos para os alunos, professores, profissionais que atuam na rede pública de saúde e também para as pessoas acometidas pela tuberculose, para assim tecer uma rede sólida de conhecimento e identificar as nuances da doença, seja no processo de cura ou na recidiva.

A pesquisa aqui apresentada retrata, de forma inédita, a tuberculose na região da tríplice fronteira de modo que os problemas não foram só identificados, mas os resultados fornecem subsídios para identificar questões relacionadas a alta incidência e o panorama epidemiológico, além de proporcionar reflexões sobre a melhoria do serviço na região, visando o controle (e porque não a eliminação) da doença e o bem estar do paciente.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-0222-1
DOI: 10.24824/978854440222.1
Ano de edição: 2015
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 154
Formato do Livro: 14x21 cm
Número da edição:1

Sumário

SAÚDE NA FRONTEIRA:<br>estudo epidemiológico e operacional da tuberculose

Autores

Adriana Zilly

Doutora em Ciências Biológicas: Biologia celular e molecular, pela Universidade Estadual de Maringá - UEM/PR. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública em Região de Fronteira e Programa de Pós-Graduação em Ensino da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Aline Ale Beraldo

Membro do Grupo de Estudos Epidemiológico-Operacional em Tuberculose, GEOTB/USP/CNPq. Doutoranda pelo Programa Interunidades de Doutoramento em Enfermagem da Escola de Enfermagem e Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - USP.

Aline Aparecida Monroe

Doutora em Enfermagem em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo – USP. Líder do Grupo de Estudos Operacionais em HIV/aids. Membro do Grupo de Estudos Epidemiológico-Operacional em Tuberculose, GEOTB/USP/CNPq. Docente do Programa de Pós Graduação Enfermagem em Saúde Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.

Amanda Kelly Mendes Alves

Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Anneliese Domingues Wysocki

Doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo - USP. Membro do Grupo de Estudos Epidemiológico-Operacional em Tuberculose, GEOTB/USP/CNPq. Pós-doutoranda pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.

Antonio Ruffio-Netto

Professor titular da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto FMRP-USP. Coordenador da área de Pesquisas Epidemiológicas da Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose (REDE-TB). Docente de Epidemiologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP - USP. Programa de Pós-Graduação em Saúde na Comunidade - FMRP-USP.

Carline Slovinski Acordi

Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Cynthia Borges de Moura

Doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo - USP. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Daiane Sampaio Sosa

Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Érika Simone Galvão Pinto

Doutora em Ciências, pela Universidade de São Paulo-USP. Líder do Grupo de Pesquisa em Tuberculose - GTB/UFRN/CNPq. Membro do Grupo de Estudos Epidemiológico-Operacional em Tuberculose, GEOTB/USP/CNPq. Docente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

Fábio Hudris Martins Gomes

Graduado em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná-Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Helder Ferreira

Mestre em Análises Clínicas pela Universidade Estadual de Maringá- UEM/PR. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Janaína Pauli

Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Jossiana Wilke Faller

Mestre em Enfermagem pela Universidade Estadual de Maringá -UEM/PR. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Lilian Lessa Cardoso

Especialista em Unidade de Terapia Intensiva pela Universidade Luisa de Mrilec. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Lucia Marina Scatena

Doutora Engenharia Hidráulica e Saneamento pela Universidade de São Paulo. Membro do Grupo de Estudos Epidemiológico Operacional em Tuberculose, GEOTB/USP/CNPq. Docente do Departamento de Medicina Social e do Programa de Mestrado Profisional em Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Luciano de Andrade

Doutor em Ciências da Saúde, pela Universidade Estadual de Maringá. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Marcos Augusto Moraes Arcoverde

Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Paraná. Líder do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem GPSC/Unioeste/CNPq. Docente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Maria Amélia Zanon Ponce

Doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo - USP. Membro do Grupo de Estudos Epidemiológico-Operacional em Tuberculose, GEOTB/USP/CNPq. Docente da Faculdade Faceres. Enfermeira da Secretaria de Saúde de São José do Rio Preto - SP.

Marieta Fernandes Santos

Doutora em Enfermagem pela Universidade de São Paulo USP. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Matheus Ceolin

Graduado em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Mayara Silveira Almeida

Graduada em Enfermagem, apoio técnico do Laboratório de Epidemiologia e Pesquisas Operacionais em Saúde - LEO/Unioeste, Foz Iguaçu-PR

Mustafa Hassan Issa

Mestre em Farmácia: Análises Clínicas pela Universidade de São Paulo-USP. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente da Universida de Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Neide Martins Moreira

Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Maringá. Membro do Laboratório de Epidemiologia e Pesquisas Operacionais em Saúde - LEO/Unioeste/CNPq. Docente do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública em Região de Fronteira da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Olauro Raimundo da Silva

Especialista em Saúde Pública pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste. Especialista em Pneumologia Sanitária pela Escola Nacional de Saúde Pública. Enfermeiro da Secretaria Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu-PR.

Oscar Kenji Nihei

Doutor em Ciências Biológicas: Imunologia pela Fundação Oswaldo Cruz. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública em Região de Fronteira e Programa de Pós-Graduação Sociedade, Cultura e Fronteiras da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Regiane Bezerra Campos

Membro do Laboratório de Epidemiologia e Pesquisas Operacionais em Saúde - LEO/Unioeste/CNPq. Mestranda no Programa de Ensino da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Foz do Iguaçu-PR.

Reinaldo Antonio Silva-Sobrinho

Doutor em Ciências, pela Universidade de São Paulo-USP. Líder do Laboratório de Epidemiologia e Pesquisas Operacionais em Saúde - LEO/Unioeste/CNPq. Membro do Grupo de Estudos Epidemiológico-Operacional em Tuberculose, GEOTB/USP/CNPq. Membro da Associação Brasileira de Saúde Coletiva - ABRASCO. Docente do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública em Região de Fronteira e Programa de Pós-Graduação em Ensino da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Rosane Meire Munhak da Silva

Mestre em Biociências e Saúde pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná-Unioeste-PR. Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva em Enfermagem - GPSC/Unioeste/CNPq. Docente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Rúbia Laine de Paula Andrade

Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade de São Paulo-USP. Membro do Grupo de Estudos Epidemiológico-Operacional em Tuberculose, GEOTB/USP/CNPq. Atua na Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto como especialista em laboratório, realizando gerenciamento das atividades da área de pesquisa operacional em tuberculose da Rede Brasileira de Pesquisa em TB.

Simone Pereira Barrosso

Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Tatiane Freire Fragoso

Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Tereza Cristina Scatena Villa

Doutora em Enfermagem pela Universidade de São Paulo USP. Professora Titular na área de Saúde Publica da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP. Pesquisador 1A CNPq. Líder do Grupo Interinstitucional de Pesquisa Operacional em Tuberculose/CNPq. Coordenadora da área de Pesquisas Operacionais da Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose (REDE-TB). Atua como Membro efetivo do Comitê Assessor do PNCT/Ministério da Saúde.

Consultora da FAPESP, CNPQ e CAPES. Representante da Rede Latino Americana de Enfermagem em Tuberculose na International Union Against Tuberculosis, membro do Conselho Diretor em Paris - França (2002-2013). Representante da EERP/USP na Parceria Brasileira Contra a Tuberculose - STOP TB/Brasil (2008-2014). Pesquisadora do Projeto Colaborativo Internacional com a Johns Hopkins University/USA-Brazil ICOHRTA (International Clinical Operational Health Services Research Training Award) (2000– 2015). Está vinculada ao Programa de Pós-Graduação Enfermagem

Saúde Pública da EERP-USP e Programa de Pós-Graduação Interunidades em Enfermagem da EE/USP).

Thiago Goulart Garcia

Graduado em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná-Unioeste, Foz do Iguaçu-PR.

Wesley Martins

Mestrando no Programa de Ensino da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Foz do Iguaçu-PR.