Capa do livro: POLÍTICAS PÚBLICAS DE INCLUSÃO SOCIAL NA REGIÃO AMAZÔNICA:<br>gestão de aprendizagens

POLÍTICAS PÚBLICAS DE INCLUSÃO SOCIAL NA REGIÃO AMAZÔNICA:
gestão de aprendizagens

Autores: Luciana Fabiano dos Santos Uchôa - Zuíla Guimarães Cova dos Santos - Marcélio Rodrigues Uchôa

livro impresso
de R$ 35,90 por
livro digital
de R$ 35,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

Na Compra de 3 livros do site, frete grátis

Na Compra de 2 livros do site, 50% de desconto do frete

Na Compra de 1 livro do site, 15% de desconto do frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

No início da década de 1980, a falta de professores magisterianos no estado de Rondônia era grande e ingressar no sistema público de ensino era muito fácil, pois não havia concurso público. A indicação política predominava na efetivação dos contratos. Alguns eram feitos a partir de referências pessoais, necessidades econômicas, destaque no curso profissionalizante do magistério e outros devido a interesses particulares.

 

A Universidade Federal de Rondônia (UNIR) foi criada em 1982 pela Lei Nº 7011, de 08 de julho, após a criação do Estado de Rondônia pela Lei Complementar nº 47 de 22 de dezembro de 1981. A UNIR é a única instituição de ensino superior (IES) pública de Rondônia.

A oferta de uma educação superior precisa constituir dinamismo e interação, além de viabilizar orientações acadêmicas que formam o perfil profissional. As atividades práticas vivenciadas no período da graduação contribuem para o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias às relações no meio profissional e familiar. Além de desenvolver a inteligência cognitiva e a inteligência política, desenvolve também a inteligência emocional, competência de grande importância para superação das adversidades presentes no dia a dia.  Constrói um leque de relacionamentos pautados no respeito, no compromisso e na solidariedade profissional.

 

Com a educação superior aprende-se a respeitar as opiniões contrárias, compartilhar decisões, assumir responsabilidades, socializar conhecimentos. Contribui ainda para a superação de desafios, para a capacidade de avaliar as ações e ser capaz de transformá-las. 

Anteriormente, a Educação a Distância (Ead) era encarada como um ensino superficial e preconceituoso, mas após várias leituras, estudos, participação em debates presenciais, on-line, entre outros, passou-se a compreendê-la como uma modalidade de educação com grande qualidade e capacidade de elevar os níveis de ensino. Hoje se compreende o desenvolvimento e a expansão da modalidade de ensino à distância no atual cenário educacional, tecnológico e de políticas sociais no Brasil como um excelente recurso de emancipação das massas excluídas. Diante das mudanças radicais de paradigmas e valores, percebe-se que há uma demanda por uma educação diferenciada, que instrumentalize o cidadão a compreender e superar os novos desafios no campo da produção de saberes, da vida política e da vida social, oportunizando-o ao conhecimento do mundo e de si mesmo a partir da diversidade de linguagens.

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-62480-72-0
DOI: 10.24824/978856248072.0
Ano de edição: 2010
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 116
Formato do Livro: 15x21 cm
Número da edição:1

Sumário

POLÍTICAS PÚBLICAS DE INCLUSÃO SOCIAL NA REGIÃO AMAZÔNICA:<br>gestão de aprendizagens

Autores

Luciana Fabiano dos Santos Uchôa

 

Nasceu na cidade de Guajará-Mirim – Rondônia. Em 1990 obteve formação profissionalizante no Curso de Magistério no qual adquiriu habilitação para lecionar no Ensino Infantil e Fundamental de 1ª a 4ª série. Iniciou sua trajetória acadêmica na Universidade Federal de Rondônia concluindo em 2000 a graduação no Curso de Pedagogia com habilitação em Supervisão Escolar. Em 2010 iniciou uma nova graduação: Bacharelado em Gestão Ambiental (em andamento).


Pós-graduou-se (Lato Sensu) em “Gestão de Recursos Humanos” no ano de 2001, em “Ensino Superior” no ano de 2002, em “Linguagem e Educação” no ano de 2004 e em “Administração Pública” no ano de 2009. Iniciou seu Mestrado em “Ciências da Linguagem” em 2007, no qual desenvolveu pesquisa sobre “A influência da linguagem da Universidade na preservação do meio ambiente”. O envolvimento com a questão ambiental foi decorrente dos dois anos em que morou na Ilha de Fernando de Noronha (PE), lugar onde teve contato com o turismo ecológico. Na ilha, além de desempenhar atividades de guia - turístico, ministrou aulas de Biologia para o Ensino Médio na única escola do arquipélago.


Obteve sua primeira formação científica através do Programa de Iniciação Científica – PIBIC, vinculado ao CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, pelo qual foi contemplada com Bolsa de Iniciação Científica durante os 3 anos em que desenvolveu pesquisas na área de Linguística. Na vida profissional foi aprovada como servidora efetivo-estatutária nos seguintes concursos públicos:


para Professor de Educação Infantil/1ª a 4ª série da rede municipal de ensino de Guajará-Mirim (RO) em 1991;

para Professor de Biologia da rede estadual de ensino do estado de Rondônia em 2001;

para Supervisor Escolar da rede estadual de ensino do estado de Rondônia em 2001;

para Supervisor Escolar da rede municipal de ensino de Nova Mamoré (RO) em 2006;

para Supervisor Escolar da rede municipal de ensino de Guajará-Mirim (RO) em 2007;

para Professor do Magistério Superior da Universidade Federal de Rondônia – UNIR em 2008;

para Técnico em Assuntos Educacionais – Nível Superior – da Universidade Federal de Rondônia – UNIR em 2009.

 

Leciona no Departamento Acadêmico de Ciências da Educação na Universidade Federal de Rondônia e Coordena o Departamento Acadêmico de Ciências Sociais e Ambientais na mesma instituição.


Atualmente desenvolve pesquisas na área de Legislação e Gestão Ambiental.

lucianafabiano1@hotmail.com

 

 

Marcélio Rodrigues Uchôa

 

Nasceu na cidade de Guajará-Mirim – Rondônia. No distrito da mesma cidade, uma colônia agrícola chamada “Iata”, viveu desde o nascimento até a idade de 8 anos, quando se mudou para o município de Nova Mamoré (RO).  


Saiu de Rondônia em 1997, aos 21 anos, para graduar-se na UCG - Universidade Católica de Goiás, na cidade de Goiânia. Concluiu a graduação no curso de Geografia, a escolha pelo curso foi motivada pela curiosidade e necessidade de atualização sobre a formação político-econômica e geográfica do Brasil.


Na UCG atuou como monitor vindo, a administrar disciplinas no curso de Geografia. Como coordenador, desenvolveu ações político-acadêmicas no CA – Centro Acadêmico de Geografia. Na rede privada de Goiânia atuou no magistério como professor de Geografia e ministrou aulas em Cursos Preparatórios para concurso público.


De volta para Rondônia, depois de 08 anos, assumiu os cargos de Chefe de Gabinete, Secretário Municipal de Fazenda, Controlador Municipal, Coordenador Municipal de Transporte e Trânsito, Assessor Executivo e Técnico Geógrafo na Prefeitura de Nova Mamoré (RO). Cursou a Pós-Graduação (Lato Sensu) em “Administração Pública” durante 02 anos na Universidade Federal de Rondônia, tornando-se em 2009, Especialista em Administração Pública.


Mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Rondônia – UNIR/Campus “José Ribeiro Filho” – Porto-Velho/Rondônia. Sob o filtro teórico de Ladislau Dowbor, desenvolveu a pesquisa intitulada: “Poder Local: um estudo econômico-político-sócio-ambiental”, com o intuito de identificar as potencialidades para o desenvolvimento sustentável na região amazônica.

Professor Efetivo da Universidade Federal de Rondônia, do Departamento Acadêmico de Ciências Sociais e Ambientais. Ministra aulas e desenvolve pesquisas na área de Políticas Públicas.

marcelio.brasileiro@hotmail.com

 

 

Zuíla Guimarães Cova dos Santos

 

Mestre em Ciências da Linguagem pela universidade federal de Rondônia – UNIR, pós-graduada em Psicopedagogia pela Universidade Federal de Rondônia - UNIR, em Gestão Escolar pela Universidade Federal de Rondônia e em Tecnologias Educacionais pela Pontifícia Universidade Católica – PUC/RJ.


Atualmente é professora credenciada no Departamento de Gestão Ambiental do Campus de Guajará-Mirim – UNIR , coordena a equipe de tutoria do curso de Pedagogia a distância da Universidade Federal de Rondônia – Unir  e é professora do curso de especialização em Gestão Escolar do MEC em parceria com a UNIR e a Secretaria Estadual de Educação de Rondônia.


Atua desde 1984 no sistema estadual de ensino público de Rondônia, onde ocupou diferentes cargos como: diretora, supervisora e coordenadora. Como professora atuou desde a educação infantil até o ensino médio. Nos últimos cinco anos vem trabalhando em cursos de formação de professores presenciais e a distância. Destaca-se nesse percurso as ações que desenvolveu  com a Secretaria de Educação a Distância – SEED, no período de 2005 a 2008 como multiplicadora nacional do Programa Formação pela Escola.  Participa do grupo de pesquisa PRAXIS/Unir e desenvolve estudos com as seguintes temáticas: linguagem, formação de professores, tecnologias educacionais e inclusão social.

zuilagc@gmail.com