Capa do livro: ETNODESENVOLVIMENTO E GESTÃO TERRITORIAL:<br>comunidades indígenas e quilombolas

ETNODESENVOLVIMENTO E GESTÃO TERRITORIAL:
comunidades indígenas e quilombolas

Autores: Ismar Borges de Lima (Org)

livro impresso
de R$ 54,90 por
livro digital
de R$ 54,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

O livro reúne abordagens conceituais e capítulos com estudos de caso que juntos resultam em uma produção literária de inquestionável valor intelectual, revelando o tecido social, as rotinas, e as demandas desses dois grupos étnicos em seus próprios ‘territórios’, bem como as demandas por uma autonomia plena nas tomadas de decisões, na autossustentação, na autodeterminação, e na capacitação por meio de processos e mecanismos de base participativa e de viés endógeno. Uma mudança de paradigma nas premissas e percepções sobre ‘desenvolvimento local’ de modo que o destino e o futuro dos povos indígenas e Quilombolas possam ser decididos ‘por eles para eles mesmos’, sem mediações ou interferências exógenas, externas, concretizando um ‘ethos’ e desejos deles, consagrando-se – desta forma – mais um capítulo na reparação histórica propiciando uma relativa ‘justiça social e racial’ em face aos desrespeitos, abusos, subordinação, humilhações, violências sofridos por esses dois grupos no Brasil. Os textos apresentados são de diversas matrizes e matizes disciplinares, incluindo a Geografia, a Sociologia, a Antropologia devido à complexidade intrinsecamente interdisciplinar na busca de soluções exequíveis para os dilemas, obstáculos, e desafios institucionais, logísticos, políticos, geográficos, e técnicos enfrentados pelas minorias étnicas no país concernentes à autogestão de suas vidas e história. As interpretações e contribuições para a obra emanam de autores de reconhecida respeitabilidade e credibilidade acadêmica de diversas Universidades do país. O Livro preenche lacunas na literatura e revela-se uma fonte robusta e profícua de informações no tema atendendo aos mais diversos interesses de uma ampla audiência, desde acadêmicos, pesquisadores, instituições e organizações, poder público, e a comunidade em geral. 

Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-444-0226-9
DOI: 10.24824/978854440226.9
Ano de edição: 2014
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 234
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

ETNODESENVOLVIMENTO E GESTÃO TERRITORIAL:<br>comunidades indígenas e quilombolas

Autores

ORGANIZADOR:

ISMAR BORGES DE LIMA 

Doutor em Geografia Humana e Turismo pela University of Waikato (Nova Zelândia). Título convalidado/reconhecido pelo Instituto de Estudos Socioambientais, Universidade Federal de Goiás, UFG. Mestre em Relações Internacionais pela International University of Japan (Japão). Atualmente professor-efetivo da Universidade Estadual de Roraima, UERR, Coordenador-geral do Laboratório Multidisciplinar em Planejamento Regional, Dinâmicas Territoriais e Desenvolvimento Sustentável na Amazônia Setentrional, MULTIAMAZON. Professor permanente do Programa de Mestrado em Agrocologia da Universidade Estadual de Roraima, UERR.

AUTORES:

MARIA GERALDA DE ALMEIDA

 Possui mestrado e doutorado em Geografia pela Université de Bordeaux III, França, pós-doutorado em Geografia Humana pela Universidad de Barcelona, em Geografia Cultural pela Université Laval, Universita Degli Studi Di Genova, Itália, e Universite de Paris IV, Paris-Sorbonne. Foi presidente da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Geografia (ANPEGE) de 2009 a 2011. Atualmente é professora titular da Universidade Federal de Goiás onde é pesquisadora do Laboratório de Estudos e Pesquisas das Dinâmicas Territoriais-LABOTER, e no CNPq, o Grupo de Pesquisa Geografia Cultural: territórios e identidade. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Cultural, atuando principalmente nos seguintes temas: manifestações culturais, turismo, territorialidade.

EGUIMAR FELÍCIO CHAVEIRO

 Possui doutorado em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo, USP (2001), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Goiás, UFG, e graduação em Geografia pela Universidade Católica de Goiás (1987). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Goiás, vice-diretor do Instituto de Estudos Sócio-Ambientais - IESA e Tutor do Programa de Educação Tutorial - PET do mesmo instituto. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: educação ambiental, a dinâmica da cidade, geografia urbana, geografia do trabalho e desenvolvimento urbano

THAÍS ALVES MARINHO

 Doutora em Sociologia pela Universidade de Brasília (UnB) e pós-Doutora em Ciências Sociais pela Unisinos, possui mesttrado em Sociologia (2008), e graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás (UFG, 2004), e em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Goiás, 2003).  Atualmente, é professora efetiva de Sociologia da PUC Goiás, e assessora de Articulação e Políticas Sociais do Instituto Dom Fernando/PROEX/PUC Goiás. Atua como pesquisadora do Laboratório de Políticas Públicas Culturais e Ambientais e do Grupo de Pesquisa Cultura, Memória e Desenvolvimento-CMD (UnB).

 MÁRCIA TEIXEIRA FALCÃO

 Doutoranda do Programa de Pós-Graduação PPG-Bionorte, Biodiversidade e Conservação, Mestre e Especialista em Recursos Naturais pela UFRR. Atualmente é professora da Universidade Estadual – UERR, exerceu o cargo de diretora de departamento de integração multicampi. Já atuou como coordenadora de Pesquisa e Inovação do IFRR – Campus Boa Vista. Professora licenciada em Geografia pela Universidade Federal de Roraima (2001) – UFRR, tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Meio Ambiente, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Ambiental, Geomorfologia Ambiental, etnogeomorfologia, Biodiversidade e Conservação.

ELIZABETE MELO NOGUEIRA

 Mestre em Ciências pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2013). Possui graduação em Licenciatura Plena em Filosofia pela Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras de Lorena (1986). Atualmente é professora de ensino básico, técnico e tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima, no Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo, e Diretora de Ensino de Graduação na Pró-Reitoria de Ensino do IFRR. É conselheira do conselho consultivo do Parna do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Tem experiência na área de Turismo, com ênfase em Turismo Sustentável, atuando principalmente nos seguintes temas: Etnoturismo, Etnodesenvolvimento e Turismo de pesca esportiva no Baixo Rio Branco.

RAIMUNDA MARIA RODRIGUES SANTOS

 Possui graduação em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Federal de Roraima (1995), especialização em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1998), mestrado em Educação, Administração e Comunicação pela Universidade São Marcos (2011) e é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Socias pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). É professora de ensino básico, técnico e tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima, do Curso de Licenciatura em Letras - Espanhol e Literatura Hispânica - e Coordenadora de Programas e Projetos de Ensino na Pró-Reitoria de Ensino do IFRR.

 JOSÉ ANTÔNIO SOUZA DE DEUS

 Doutor em Ciências/ Geografia (IGEO/ UFRJ); Professor Associado II do Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais, credenciado junto ao Programa de Pós-Graduação em Geografia. Realizou pesquisas de campo na Amazônia brasileira, investigando a territorialidade e cultura de comunidades indígenas domiciliadas ao longo da BR-364, nos estados do Acre (Kaxinawá, Yawanawá, Jamináwa...) e Rondônia (Suruí Paiter, Gavião, Zoró...), nas óticas etnogeográfica, socioambiental e etnopolítica. Atualmente coordena projeto de pesquisa que investiga o protagonismo político e as paisagens culturais vinculadas à presença e ressignificação de núcleos quilombolas no Vale do Jequitinhonha (MG).

 HENRIQUE MOREIRA DE CASTRO

Geógrafo; Especialista em “Percepção Ambiental e Espaço Urbano“ (UFMG); Professor da Rede Municipal de Ensino de Betim/ MG (Região Metropolitana de Belo Horizonte). Profissionalmente, atua, sobretudo, nas áreas da Geografia Escolar, Geografia Cultural e Percepção Ambiental. É diretor do SindUTE/ Betim- MG (Sindicato Único dos Trabalhadores do Ensino do Município de Betim/ MG) e está vinculado ao Movimento LGBT local. 

LUANA NUNES MARTINS DE LIMA

Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Goiás (UFG), especialista em História Cultural: “Imaginário, Identidades e Narrativas” e licenciada em Geografia pela mesma instituição. Graduada em Turismo pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG). Atualmente é professora da Universidade de Brasília (UnB), doutoranda em Geografia pelo Programa de Pós Graduação em Geografia da Universidade de Brasília (UnB), e membro do Grupo de Estudos sobre Cidades e Patrimonialização (GECIPA) e do Grupo de Pesquisa do CNPq: Patrimônio, Memória e Território. Possui publicações de artigos com ênfase em Geografia Cultural, atuando principalmente nos seguintes temas: manifestações culturais, comunidades tradicionais, turismo e patrimônio.

 LAURA MARINA JAIME RAMOS

Possui doutorado e mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Goiás (2006), e graduação em Administração em Turismo pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2002). Tem ampla atuação em projetos ambientais e socioculturais. Com experiência na área de Geografia, ênfase em Educação Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: educação ambiental, ecoturismo, unidades de conservação, dinâmicas ambientais, e topofilia. Pesquisadora do LABOTER - IESA/UFG, desenvolvendo pesquisas relacionadas à geografia cultural, festas, representações sociais e topofilia e agroecologia.