Capa do livro: PLURAL:<BR> uma antologia de diversas vozes do Canadá<BR>PLURIEL:<BR> une anthologie, des voix an anthology of diverse voices

PLURAL:
uma antologia de diversas vozes do Canadá
PLURIEL:
une anthologie, des voix an anthology of diverse voices

Autores: Maria da Conceição Vinciprova Fonseca - Maria Ruth Machado Fellows - Marc Charron - Seymour Mayne - Christiane Melançon

livro impresso
de R$ 54,90 por
livro digital
de R$ 54,90 por

Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete

 
Indique para um amigo
Insira seu CEP para calcular o frete:

Sinopse

A obra Pluriel, une anthologie, des voix / an anthology of diverse voices, apresenta
poemas de autores canadenses de diversas origens, poetas que vêm tanto das comunidades linguísticas principais como de grupos autóctones e migrantes, espelhando o caráter multifacetado da cultura e da população daquele país. Os poemas escolhidos foram escritos e publicados nos últimos cinquenta anos, sempre em inglês ou em francês, as línguas oficiais do Canadá, e cada um deles foi traduzido para a outra língua, o francês ou o inglês. Dessa maneira, a antologia permite observar a pluralidade na noção canadense de identidade e o seu aspecto cultural de alteridade, o que se constitui em um horizonte aberto, marca de uma sociedade em evolução e, portanto, que sabe viver. A presente edição, brasileira, intitulada Plural − uma antologia de diversas vozes do Canadá, apresenta esta obra ao leitor de língua portuguesa, que poderá se identificar com questões levantadas na temática da obra, visto que aqui, como lá, somos brancos, pretos, amarelos, índios e todas as nuances intermediárias, oriundos dos vários continentes e culturas do mundo. Além disso, a pluralidade de vozes oferece a possibilidade de observar questões de linguagem, especialmente no cotejo dos três idiomas. A obra apresentada representa uma oportunidade particularmente interessante de ler os poemas em três línguas diferentes e refletir sobre aspectos teóricos e práticos da tradução.

CONFIRA O VÍDEO SOBRE O LIVRO:


Detalhes do produto

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-8042-896-4
DOI: 10.24824/978858042896.4
Ano de edição: 2014
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 224
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

Sumário

PLURAL:<BR> uma antologia de diversas vozes do Canadá<BR>PLURIEL:<BR> une anthologie, des voix an anthology of diverse voices

Autores

ACORN, MILTON

Milton Acord nasceu em Charlotte town, Ilha Príncipe Eduardo, em 1923. Serviu na Segunda Guerra Mundial e trabalhou como carpinteiro por alguns anos. Dedicando-se principalmente ao trabalho literário, viveu em Montreal, Toronto e Vancouver antes de voltar para a Ilha Príncipe Eduardo em 1981. Por sua primeira coletânea importante, I’ve Tasted my Blood (1969), recebeu o Canadian Poetry Award de seus companheiros, que o chamaram “Poeta do Povo”, título por ele ostentado com orgulho até sua morte, em 1986. Uma retrospectiva, Dig Up My Heart: Selected Poems 1952 – 83, surgiu em 1983.

ACQUELIN, JOSÉ

José Acquelin nasceu em Montreal em 1956. Escritor engajado, tem di¬vulgado poesia em muitas leituras públicas e participa regularmente em eventos literários e musicais dentro e fora do Canadá. Por Jaune Rouge Bleu recebeu o Grand Prix des métiers d’art do Quebec, em 2000. No mesmo ano foi convidado para ser escritor-residente da Casa del Escritor, no México.

AKIWENZIE-DAMN, KATERI

Kateri Akiwenzie-Damn, nascida em 1965 em Toronto, é membro da Pri¬meira Nação Chippewas de Nawash e vive e trabalha na reserva Cape Croker, Ontário, desde 1994. Serviu como vice-presidente do Conselho dos Jovens Aborígenes do Canadá e dirige a editora Kegedonce Press, fundada por ela em 1993. Autora de My Heart is a Stray Bullet (1993), também foi coeditora de duas antologias: Skins: Contemporary indigenous Writing (2000) e Without Reservation: Indigenous Erotica (2003).

ALONZO, ANNE –MARIE

Anne –Marie Alonzo nasceu em Alexandria, Egito, em 1951. Dramaturga, romancista e poeta, chegou ao Quebec em 1963. Laureada com o prêmio Émi¬le - Nelligan em 1985 por uma tradução de Bleus de mine, obteve também, em 1992, o Grande Prêmio de Excelência Artística de Laval por Lead Blues, Galia qu’elle nomnait amour. Em 1994 a revista universitária Voix et Images dedicou seu número de inverno a seu trabalho. Aclamada Membro da Ordem do Canadá em 1996, recebeu a medalha de bronze da société Arts-Sciences¬-Lettres de Paris em 1997. Faleceu em 2005.

ATWOOD, MARGARET

Margaret Atwood nasceu em Ottawa em 1939. Autora de numerosas coletâneas de poesia, inclusive The Circle Game (1966), Power Politics (1971), Two-Headed Poems (1978) e Eating Fire: Selected Poems, 1965 – 1995 (1998), é também uma romancista, contista e crítica literária internacionalmente premiada e reconhecida. Seus trabalhos de ficção mais recentes incluem Alias Grace (1996), The Blind Assassin (2000), Oryx and Crake (2003) e The Penelopiad (2005). Editora do New Oxford Book of Canadian Verse in English (1982), ela também coeditou duas antologias de contos canadenses com Ro¬bert Weaver. Vive em Toronto.

BERSIANIK, LOUKI

Louki Bersianik é o pseudônimo de Lucille Durand, nascida em Mon¬treal em 1930. Romancista, poeta e ensaísta, foi premiada com o Prix de La Province em 1966 por um de seus livros para crianças, Togo apprenti-remor¬queur. Escreveu as letras para o álbum Trace et contraste, de Richard Sé¬guin, que recebeu o primeiro lugar do prêmio do disco de Spa (Bélgica) em 1981. Uma tradução em inglês de seu romance L’Euguélionne, The Euguelion¬ne: A Triptych Novel, um clássico feminista do Quebec, recebeu pela tradu¬ção em inglês o prêmio do Governador Geral do Canadá, em 1997.

BOISVERT, NATHALIE

A dramaturga Nathalie Boisvert nasceu no Quebec em 1965. Sua peça L’histoire sordide de Conrad B. foi apresentada no Festival de théâtre de Spa em 1997. Autora internacionalmente aclamada, recebeu a honraria de ver outra de suas obras, La deuxième vie de Raymond Blanchard, apresentada na Semaine de la Dramaturgie. Sua peça Vie et mort d’un village, publicada em 2005, esteve entre as premiadas nas Journées de Lyon des Auteurs de Théâtre, na França.

BOUCHER, DENISE

A poeta e dramaturga Denise Boucher nasceu em Victoriaville em 1935. Seu longo poema teatral Les Fées ont soif, encenado em 1978, gerou escândalo e controvérsia por seu conteúdo feminista e polêmico. Autora de várias coletâneas de poesia, inclusive Paris Polaroïd (1990) e Grandeur nature (1993), Denise Boucher também compôs canções para Gerry Boulet e Pauline Julien. Em 2002, recebeu, por voto popular, o Prix du Poète, con¬cedido durante a Marché francophone de la poésie de Montréal.

BRUN, CHRISTIAN

Christian Brun nasceu em Moncton, New Brunswick, em 1970. Publicou três coletâneas de poesia pela Éditions Perce-Neige; Tremplin (1996), Hucher parmi les bombardes (1998) e Parade casaque (2001). Sua segunda coletânea foi finalista do prêmio Émile-Nelligan em 1999. Christian Brun é membro da Association acadienne des artistes professionel.le.s du Nouveau-Brunswick e trabalha no campo de desenvolvimento internacional.

 

CHARRON, JOSÉE-ANNE

Nascida no leste de Ontário, Josée Anne-Charron é professora em North Bay, Ontário. Atraída pela ideia de experimentar nas duas línguas oficiais do Canadá, apresentou sua poesia em diversos clubes e cafés, e está no momen¬to trabalhando em sua primeira coletânea de poemas.

CHIASSON, HERMÉNÉGILDE

Herménégilde Chiasson nasceu em 1946 em Saint-Simon, New Brunswi¬ck. Poeta, esse artista multitalentoso também é pintor, dramaturgo, grava¬dor, cineasta, produtor, artista gráfico, jornalista e professor. Juntamente com Raymond Guy LeBlanc e Guy Arsenault, Chiasson é considerado um dos fundadores da poesia Acadiana moderna. Recebeu muitos prêmios por seu trabalho, inclusive o prêmio France-Acadie, o grau de Chevalier de l’Ordre français des Arts e Lettres em 1990, a Ordre des francophones d’Amérique em 1993, o Grand Prix de La francophonie canadienne em 1999 e, mais recen¬temente, o Prix quinquennal Antonine-Maillet-Acadie Vie, em 2003. Atual¬mente serve como Tenente-Governador de New Brunswick.

CLARKE, GEORGE ELLIOTT

George Elliott Clarke nasceu em 1960 em Windsor Plains, Nova Scotia. Serviu como assessor parlamentar e agora é professor na universidade de Toronto. Autor de Whylah Falls (1990), Execution Poems (2001), Illuminated Verse (2005) e outras coletâneas, também editou duas antologias: Fire on the Water: An Anthology of Black Nova Scotia Writings (dois volumes, 1991, 1992), e Eyeing the North Star: Directions in African-Canadian Literature (1997).

COHEN, LEONARD

Leonard Cohen nasceu em Montreal em 1934. Internacionalmente re¬conhecido por suas canções, gravou muito e publicou dois romances e dez coletâneas de poesia, Let Us Compare Mythologies (1956), The Spice-Box of Earth (1961), The Favourite Game (1963), Flowers for Hitler (1964), The Energy of Slaves (1972), Stranger Music (1993), um volume de poemas e canções sele¬cionados, e Book of Longing (2006). Viveu na Grécia por alguns anos antes de voltar a Montreal nos anos 1960. Vive atualmente em Los Angeles.

COTNOIR, LOUISE

Louise Cotnoir nasceu em Sorel em 1948. Poeta, dramaturga e contista, teve seus trabalhos traduzidos em várias línguas, entre elas inglês, espanhol, catalão, sueco e chinês. Em 1993 sua primeira coletânea de contos La Décon¬venue recebeu mensão honrosa do júri do Grand Prix de la nouvelle, no Sa¬lon du livre du Mans, e também foi indicado para o primeiro prêmio Desjar¬dins 1994 e para o prêmio Alfred-DesRochers 1993. Dis-moi que j’imagine foi indicado para o prêmio do Governador Geral do Canadá e para o prêmio Alain-Grandbois da Academia de Letras do Quebec.

CRUSZ, RIENZI

Rienzi Crusz nasceu em 1925 em Sri Lanka e é graduado pelas Univer¬sidade do Ceilão, Universidade de Toronto e Universidade de Waterloo, onde trabalhou como bibliotecário de referência até sua aposentadoria em 1993. É autor de muitos guias de referências bibliográficas. Suas obras literárias incluem Singing Against the Wind (1985), Still Close to the Raven (1989), Bea¬titudes of Ice (1995), Insurgent rain: Selected Poems ( 1997) e Gambolling with the Divine (2013).

DABYDEEN, CYRIL

Nascido na Guiana em 1945, Cyril Dabydeen vive no Canadá desde 1970. Autor de vários livros de poesia, contos e ficção, incluindo This Planet Earth (1979), My Brahmin Days and Other Stories (2000), Imaginary Origins: Select¬ed Poems (2004) e Drums of my Flesh (2005), também editou duas antologias, A Shapely Fire: Changing the Literary Landscape (1987) e Another Way to Dance: Contemporary Asian Poetry from Canada and the United States (1990; 1996). Leciona na Universidade de Ottawa.

D’ALFONSO, ANTONIO

Antonio D’Alfonso nasceu em Montreal em 1953, filho de imigrantes italianos. Produtor independente de filmes, crítico literário, romancista e poeta, dedica-se à Guernica Editions e mantém um ativo programa de diver¬sidade cultural em sua editora. Traduziu muitos trabalhos de poetas do Que¬bec para inglês e italiano, e traduziu também vários textos de autores anglo-canadenses para o francês. Em 1987 foi finalista do prêmio Émille-Nelligan por sua coletânea de poemas The Other Shore. Em 2000, recebeu o Bressani Award por Fabrizio’s Passion, uma tradução de Avril ou l’antipassion, e em 2005, o Trillium Award por A Friday in August, tradução de Un vendredi du mois d’août.

DESBIENS, PATRICE

Patrice Desbiens nasceu em Timmins, Ontário, em 1948. Publicou sua primeira coletânea de poemas em 1974. Como músico, participou na turnê Trésor de La langue, que o levou a gravar dois álbuns, Patrice Desbiens et les Moyens du Borde e La grosse guitare rouge. Recebeu o prêmio de Nouvel-On¬tario (1985), o prêmio Champlain (1997) e o prêmio Póesie Terrasses Saint-Sul¬plice-Estuaire (1998). Dans l’après-midi cardiaque foi também finalista para o prêmio do Governador geral em 1985.

Maria da Conceição Vinciprova Fonseca

Doutora em Letras pela UFF, com uma tese sobre escrita e avaliação de tradução literária. Professora universitária no Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA, Volta Redonda, e na Associação Educacional Dom Bosco - AEDB, Resende.

Maria Ruth Machado Fellows

Graduada em Letras Português-Francês, com mestrado e doutorado em Letras pela Universidade Federal Fluminense. Professora adjunta da Univer¬sidade do Estado do Rio de Janeiro e da Aliança Francesa. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Francês Língua Estrangeira, atuando prin¬cipalmente nos seguintes temas: francês língua estrangeira, formação de professores de FLE, leitura, tradução e estudos literários.