Capa do livro: MULTICULTURALISMO NA AMAZÔNIA:<br>o singular e o plural em reflexões e ações

MULTICULTURALISMO NA AMAZÔNIA:
o singular e o plural em reflexões e ações

Autores: Nair Ferreira Gurgel do Amaral

MULTICULTURALISMO NA AMAZÔNIA:

O Singular e o Plural em Reflexões e Ações.

Este é um livro plural e singular ao mesmo tempo. Plural porque aborda questões multiculturais, de interesses variados, fenômenos que ocorrem no mundo todo; e é singular porque foi escrito por pessoas que vivenciam o dia-a-dia na Amazônia brasileira, mais especificamente em Rondônia. Assuntos de interesse universal são aqui tratados com a temática do “Multiculturalismo”, sob a ótica de pesquisadores, estudiosos, professores, especialistas; cada um na sua área específica, porém com uma abordagem que é, sobretudo, de interesse social. Neste trabalho, dá-se voz aos excluídos, e aos povos da floresta: índios, ribeirinhos, negros, crianças, mulheres, quilombolas, trabalhadores em geral.

O melhor desses estudos é que eles apontam saídas. Os autores construíram pontes, estradas, abriram portas, derrubaram muros. Enfim, para um multiculturalismo efetivo, apresentou-se sugestões, encaminhou-se propostas e aprovou-se projetos, todos no intuito de minimizar os efeitos do monoculturalismo elitista.

A professora Nair Ferreira Gurgel do Amaral, lingüista e pesquisadora que trabalha com comunidades ribeirinhas, conseguiu organizar mais de vinte artigos que compõem este livro, cuja proposta é divulgar idéias de pessoas que lutam por uma sociedade efetivamente inclusiva com respeito à diversidade cultural.

As questões das diferenças de gênero, cultura, etnia/cor fazem parte das discussões globais e nos colocam diante da necessidade de pensar uma educação multicultural em que não se reproduzam estereótipos, preconceitos, discriminações, padrões e exclusões.

Refletir acerca do multiculturalismo implica basicamente incluir a voz das minorias oprimidas, das culturas periféricas, operar uma transformação dos cânones, reavaliar produções culturais marginalizadas.

O livro propõe, através de um multiculturalismo crítico, responder ao caráter multicultural das sociedades, contribuindo, dessa forma, para a redução de preconceitos, opressões e discriminações, assim como deseja propiciar a contextualização e compreensão da produção das diferenças.

Impresso
de R$ 72,84 por
R$ 56,03
Digital
de R$ 72,84 por
R$ 50,99

Confira nosso catálogo na Amazon!

Amazon Kindle
Disponibilidade: 2 Dia(s)
+ Prazo de Frete
Consultar frete e prazo de entrega:

Desconto no frete*!

Nas Compras de:

3 livros - 50% de desconto

5 livros - frete gratuito

* O desconto será aplicado no envio da modalidade Impresso Normal
(Sem rastreio e sem aviso de entrega)

Editora: EDITORA CRV
ISBN:978-85-62480-00-3
DOI: 10.24824/978856248000.3
Ano de edição: 2009
Distribuidora: EDITORA CRV
Número de páginas: 251
Formato do Livro: 16x23 cm
Número da edição:1

MULTICULTURALISMO NA AMAZÔNIA:<br>o singular e o plural em reflexões e ações

AGRIPINA APARECIDA GONTIJO RODRIGUES

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Rondônia - UNIR, mestranda do programa Ciências da Linguagem da UNIR - campus de Guajará-Mirim. Atuou como supervisora pedagógica de escolas públicas do município de Nova Mamoré (RO). Em 2001, trabalhou na Secretaria Municipal de Educação e Cultura, como pedagoga responsável pela formação de professores da rede municipal de ensino de Nova Mamoré. Participou de várias capacitações de formação continuada sobre PCN - Parâmetros Curriculares Nacionais, administradas pelo Governo Federal.

E-mail: pinagontijo@hotmail.com

 

ANDRÉA MORAES DA COSTA

Graduada pela Faculdade Franciscana - FAFRA, de Santa Maria, RS. Mestre em Linguística pela Universidade Federal de Rondônia - UNIR. Integrante do corpo docente do Departamento de Línguas Estrangeiras da UNIR – campus Porto Velho. Ministra as disciplinas de Língua Inglesa, Lingüística Aplicada, Estágio Supervisionado e Metodologia Científica. Membro pesquisador do Núcleo de Estudos Canadenses - NEC, no projeto de pesquisa Literatura, Educação e Diversidade: Interfaces Brasil-Canadá e do grupo Estudos Lingüísticos, Literários e Socioculturais – GELLSO. Publicações mais importantes: A Leitura No Meio Universitário: Componente Fundamental Para Construção do Saber. In: AMARAL, Nair Ferreira Gurgel do, TEZZARI, Neusa dos Santos. Cultura, Leitura e Linguagem: discursos de letramentos. Porto Velho: EDUFRO, 2007. p. 189-200. Resultados de Uma Ação Universidade/Escola Por Meio do Estagio Supervisionado. IN: AMARAL, Nair Ferreira Gurgel do, BRASILEIRO, Tânia Suely Azevedo. Formação Docente e Estratégias de Integração Universidade/Escola Nos Cursos de Licenciatura. Porto Velho: EDUFRO, 2008. p. 73-81.

E-mail: andrea@unir.br

 

ANSELMO ALENCAR COLARES

Doutor em Educação e Mestre em Educação (UNICAMP). Especialista em Ensino Superior e Graduado em Pedagogia (UFPA). Docente desde 1982 (na educação básica) e no ensino superior a partir de 1994, inicialmente na Universidade Federal do Pará. Atualmente é Professor Adjunto III da Universidade Federal de Rondônia. Membro eleito do Conselho de Administração Superior (CONSAD-UNIR) e do Conselho

Superior (CONSU-UNIR). Coordena o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID-UNIR) e o Projeto de Pesquisa “Fontes, análises e registro da história da educação escolar em Rondônia” (PIBIC/CNPq). É avaliador institucional e de cursos pelo MEC/INEP. Livros publicados: Do Autoritarismo repressivo à construção da democracia participativa. Editora: Autores Associados, 2003. Colonização, catequese e educação no Grão-Pará. Editora da ULBRA, 2005. A história da educação em Santarém. Instituto Cultura Boanerges Sena, 2005. O Ensino superior e a produção do conhecimento. Editora: Cravo roxo, 2006. Além de capítulos em obras coletivas, artigos em Periódicos e em anais de eventos científicos.

E-mail: anselmo.colares@terra.com.br

 

ARNEIDE BANDEIRA CEMIN

Graduada em História pela Universidade Federal de Rondônia - UNIR, possui Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Doutorado em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP). È professora do quadro permanente da Universidade Federal de Rondônia, Departamento de Sociologia e Filosofia e Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente. É pesquisadora do Centro de Estudos do Imaginário e do Centro de Saúde do Índio de Rondônia.

E-mail: cemin@unir.br

 

CARMEN TEREZA VELANGA

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP, 2003). Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, 1998). Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP/Marília,1983), especialista em Educação especial e Administração Escolar.  Atualmente é professora adjunta e pesquisadora da Universidade Federal de Rondônia (UNIR- Porto Velho) e professora/orientadora junto ao Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem (UNIR, campus de Guajará-Mirim). Desenvolve pesquisa na área educacional nas seguintes temáticas: Docência Universitária; Currículo e Multiculturalismo; Formação de Professores na Amazônia e pensamento de Paulo Freire. Participa do Grupo de Pesquisas Práxis da Universidade Federal de Rondônia, nas linhas "Currículo e Práticas pedagógicas" e "Revisitando Paulo Freire". Algumas obras publicadas em parceria: Afetividade no processo ensino-aprendizagem. Sala de aula... espaço de atividades lúdicas. Reflexões e sugestões práticas para atuação na Educação Infantil”. Campinas: Alínea Editora, 2008. "Estudo preliminar sobre a produção acadêmico-científica da área de educação na Universidade Federal de Rondônia". In: Pesquisa Educacional na Amazônia: Relatos de Iniciação Científica (CNPq/PIBIC) em Rondônia. Campinas: Alínea Editora, 2008. “Currículo como base para a compreensão do processo educacional: reflexões para a formação do educador. In: Formação Docente e Estratégias de Integração Universidade/Escola nos Cursos de Licenciatura.  São Carlos, SP: Pedro & João, 2008. “Educação: Pedagogia, afetividade e emancipação social”.

In: Ética, educação, Universidade, Sociedade.. São Paulo: Expressão Popular, 2007.“As contribuições do pensamento do canadense Peter McLaren e de Paulo Freire para a construção de uma educação multicultural inclusiva”. In: Educação e diversidade: interfaces Brasil-Canadá. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005. “ O currículo crítico que se constrói nas contradições de uma escola pública. In: Mere Abramowicz. (Org.). Quando a Universidade vai à escola pública. São Paulo: Lúmen, 2004.“A educação do meio rural na Amazônia: a dialetica opressão x libertação em Paulo Freire. In: Ana Maria Saul. (Org.). Paulo Freire y la formación de educadores: múltiplas miradas. x ed. Cidade México: Siglo veinte y uno editores, 2002. “A educação no meio rural na Amazônia: a dialetica opressão x libertação em Paulo Freire. In: Ana Maria Saul. (Org.). Paulo Freire e a formação de professores: múltiplos olhares. São Paulo: Articulação Universidade/Escola, 2000.

E-mail:carmenvelanga@hotmail.com

 

CÉLIO JOSÉ BORGES

Professor do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Rondônia – UNIR. Licenciado em Educação Física – ESEFEGO – GO; Mestre em Educação – Teoria e Prática Pedagógica – UFRJ; No Departamento de Educação Física – Integrante do Programa de Especialização em Ciência do movimento Humano (Área Educação Física Escolar) e Membro do Grupo de Estudos do Desenvolvimento e da Cultura

Corporal – DEF/UNIR/CNPq; Membro da equipe de coordenação do Projeto Ensinar a Ensinar – Porto Velho (1999 -2004); Membro da Equipe de consultoria e capacitação do Projeto Empreendedorismo no Ensino Médio:aprender a empreender –RO(2004-2008). Membro do "Grupo de Estudos Integrados sobre Aquisição da Linguagem" - GEAL e do Projeto "Alfabetização de Ribeirinhos na Amazônia" - ALFAM. Doutorando em Educação Escolar – Política e Gestão Educacional – UNESP/UNIR; Doutoramento Sandwich (CAPES/MEC) – Universidade do Minho – Portugal.

E-mail: ceborges@brturbo.com.br

 

CELSO FERRAREZI JUNIOR

Possui Licenciatura Plena em Letras Português - Inglês pela Universidade Federal de Rondônia (1989), Mestrado em Linguística - Semântica pela Universidade Estadual de Campinas (1997), Doutorado em Linguística - Semântica pela Universidade Federal de Rondônia (1998) e Pós-Doutorado em Semântica pela Universidade Estadual de Campinas (2005). É autor, entre outros livros, de Discutindo

Linguagem com Professores de Português (Terceira Margem), Ensinar o Brasileiro (Parábola), Gramática do Brasileiro (Globo, com I. M. Teles) e Semântica para a Educação Básica (Parábola). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Rondônia. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Semântica, atuando principalmente nos seguintes temas: semântica, educação, alfabetização, descrição e teoria lingüística. Nas horas vagas, atua como artista plástico, músico e escreve textos literários (poesias e contos).

E-mail: cferrarezij@gmail.com

 

CLARIDES HENRICH DE BARBA

Graduado em Filosofia pela PUC (Paraná) e em Educação Física pela Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Mestre em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) onde desenvolveu pesquisa filosófica em Hegel. Desde 1984 atua como Professor. Atualmente é Professor Adjunto, lotado no Departamento de Sociologia/Filosofia da UNIR onde leciona Introdução à Filosofia, Filosofia da Educação Metodologia Científica, Métodos e Técnicas de Pesquisa em Ciências Sociais. Cursa o doutorado em Educação pela UNESP de Araraquara na temática ambiental com a pesquisa em Ambientalização curricular na Universidade Pública sob a orientação da Professora Drª Rosa Maria Feiteiro Cavalari. É Membro do “Grupo de Estudos Integrados sobre Aquisição da Linguagem” – GEAL e Projeto “Alfabetização de Ribeirinhos na

Amazônia” e do Grupo Acqua Viva Durante três anos desenvolveu pesquisa na temática da “Cultura amazônica na Educação” onde foram produzidos 4 artigos publicados no livro: Cultura, leitura e linguagem: discursos de letramentos. 1ª ed. Porto Velho: EDUFRO, 2007 (Org.): 1. BARBA, C. H. ; FEITTOSA, Domingas . A cultura amazônica na Educação: um estudo das relações míticas na construção da linguagem. p. 59-74; BARBA, C. H. ;2. RIBEIRO, Marcela Arantes. Um estudo das relações míticas presentes na construção da linguagem em alunos das Escolas ribeirinhas. p. 75-88; 3. BARBA, C. H. ; BELFORTE, Eliandra de Oliveira. As Marcas culturais evidenciadas nos textos orais e escritas na comunidade de são Sebastião, p. 113-126. 4. BARBA, C. H. ; SILVA, Francisca Odalice. A Identidade Cultural na Escola Antonio Augusto Vasconcelos. p. 143-162. Também publicou os seguintes capítulos em livros na área da Educação: 1. BARBA, C. H. Ética no trabalho docente e as diversidades no cotidiano escolar; Qualidade na Educação. 1 ed. Porto Velho: EDUFRO, 2003, v. 01, p. 13-14; 2. BARBA, C. H. ; BRASILEIRO, T. S. A. A contemporaneidade do pensamento Freireano para a Sociologia da Educação. A formação docente e estratégias de Integração Universidade/Escola nos Cursos de Licenciatura. 1ª ed. São Carlos: Pedro e João, 2008, vol. 1, p. 109-134; 3. BARBA, C. H. Educação ambiental: Ética, Estética e Política. In: SANTOS, Nilson. (Org.).

Alinhavos em Ciências Humanas. 1ª ed. Porto Velho: EDUFRO, 2007, v. 1º, p. 33-58. Na área da Filosofia publicou os seguintes artigos: 1. Ética e Política. Revista Semestral do curso de Letras- REUNIR, Porto Velho, v. 03, n. 03, p. 8-16, 1993; 2. “A dialética da Ação Trágica na Antígona em Hegel: uma abordagem aristotélica, Veritas, Porto alegre, v. 43, n. 04, p. 985-998, 1998; 3. A concepção de Deus em Descartes. Caderno de Criação, Porto Velho, v. VI, n. 17, p. 75-87, 1999. Também na Filosofia para Crianças: 1. BARBA, C. H. ; ARAUJO, P. M. ; COSTA, R. M. . Filosofia para Crianças: O Olhar do aluno. In: GURGEL, Nair; PARMIGIANI, Tânia. (Org.). Um olhar para o letramento: rompendo silêncios e construindo histórias. Porto Velho - RO: EDUFRO, 2001, v. , p. 59-73.; 2. BARBA, C. H. ; AMARAL, N. G. . Filosofia para Crianças: O olhar dos professores e da família. In: GURGEL, Nair; PARMIGIANI, Tânia. (Org.). Um Olhar para o letramento: rompendo silêncios e construindo histórias. 01 ed. Porto Velho: EDUFRO, 2001, v. 01, p. 75-88. Além de apresentações de artigos em Congressos e seminários de Pesquisa.

E-mail: clarides@unir.br;claridesbarba@gmail.com.

 

CRISTIANE NEVES DE AGUIAR

Licenciada em Letras Vernáculas pela Fundação Universidade Federal de Rondônia UNIR. Ex - Bolsista PIBIC/CNPq. Membro do "Grupo de Estudos Integrados sobre Aquisição da Linguagem - GEAL" e Projeto "Alfabetização de Ribeirinhos na Amazônia" - ALFAM. UNIR/RO. Artigo publicado: Cultura e variação da linguagem – um perfil sociolinguístico e cultural dos ribeirinhos.

E-mail:crisinhaneves@yahoo.com.br

 

ELZA MOREIRA ALVES

Mestranda em Ciências da Linguagem pela Universidade Federal de Rondônia (2007). Professora da rede Estadual de Ensino (Fundamental e Médio) do Estado de Rondônia. Tem experiência na área de Letras e Literatura com ênfase em Línguística e Literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: Linguística Semiótica (Barros), Narrativas Orais: lendas amazônicas. Principal Publicação: Artigo: Narrativas

Orais em Rondônia: Uma proposta de Abordagem Fundamentada na teoria Proppriana. Revista Farol-Faculdade Rolim de Moura (Rolim de Moura-RO), v. 08, p. 91-104.

 

ELZA ARAÚJO DOS SANTOS

Mestre em Psicologia Escolar e Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo – USP, Especialista em Gestão Escolar e graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Rondônia. Professora colaboradora do Departamento de Educação da Universidade Federal de Rondônia - UNIR. Pesquisadora do grupo PRAXIS na área de Políticas Públicas em Educação e Formação Profissional. Co-autora com PROENÇA, Marilene no capítulo intitulado “Formação Docente em Serviço no Estado de Rondônia: políticas públicas e estratégias de ação”. In: Marilene Proença; Miguel Nenevé (Org.). Psicologia e Educação na Amazônia: Pesquisa e Realidade. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003. Recentemente publicou o capítulo “Relato de experiência: utilização de técnicas de ensino na disciplina de Didática numa turma de Enfermagem”. In: AMARAL, Nair G. F; BRASILEIRO, Tânia S. A. Formação Docente nos Cursos de Licenciatura da UNIR - Estratégias de Integração Universidade/Escola (Org.). 1. ed. São Carlos: Pedro & João Editores, 2008.

E-mail: santosellza@hotmail.com

 

FLÁVIA PANSINI

Mestre em Ciências da Linguagem na área de Etnolinguística e Educação no Contexto da Amazônia. Professora do Departamento de Educação da Universidade Federal de Rondônia - Campus de Rolim de Moura. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Psicologia na Amazônia – GEPPEA, do Centro de Pesquisas Linguísticas da Amazônia - CEPLA do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Literatura, Educação e Diversidade: Interfaces Brasil-Canada.

E-mail: flaviapansini3@yahoo.com.br

 

GLEIDENIRA LIMA SOARES

Aluna do mestrado em Ciências da Linguagem da Universidade Federal de Rondônia UNIR, campus de Guajará-Mirim (2009). Licenciada em Letras-Português pela UNIR. Ex-colaboradora PIBIC. Membro do “Grupo de Estudos Integrados sobre Aquisição da Linguagem – GEAL” e “Projeto Alfabetização de Ribeirinhos na Amazônia – ALFAM”. UNIR/RO Colaboradora do Projeto Leitura no Sítio. Professora contratada do

CETENE – Centro de Educação Tecnológica e de Negócios.

E-mail: gleysoares@yahoo.com.br

 

GUSTAVO GURGEL DO AMARAL

Mestre em Geografia pelo Programa de Pós-Graduação Mestrado em Geografia da Universidade Federal de Rondônia – UNIR. Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa Interdisciplinares Afro-Amazônicos – GEPIAA. Desenvolve pesquisa na área de Populações Tradicionais. Principais publicações: a) O aumento e o prefixo nominal proto-bantu: diacronia e sincronia; b) Vers le proto-l: une contribution à la classification interne des langues bantoues et à une pondération de l´apport de la zone l à l´héritage lexical afro-ibéroaméricain; c) A estrutura morfológica do verbo proto-bant; d) Classificação tipológica e genealógica das línguas africanas. Todos na Revista do Grupo de Pesquisas Interdisciplinares Afro-Amazônicos – GEPIAA “Afros & Amazônicos” On-line. Número 1. Porto Velho/RO: Universidade Federal de Rondônia, 2009. HUTA-MUKANA, Daniel Mutombo, AMARAL, Gustavo Gurgel do & ANGENOT, Jean-Pierre. L’apport dês parlers de l’aire de l’ancien royaume luba dans l’héritage lexical bantu-ibéroaméricain. In: Anais do 1 Workshop Internacional sobre a Procedência Poliétnica dos Afro-iberoamericanos de Origem bantu. Guajará-Mirim, 2007.

E-mail: gustavogurgeldoamaral@hotmail.com

 

INGRID LETÍCIA MENEZES BARBOSA

Mestranda em Ciências da Linguagem pela Universidade Federal de Rondônia (2007). Atuou como Assessora Técnica e Pedagógica nos programas Proformação pelo Ministério da Educação e Proinfantil pela Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Letras e Educação (Formação de Professores) com ênfase em Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: Linguagem, Discurso, Dialogismo (Bakhtin), Formação de professores e Educação a Distância. Faz parte do grupo de pesquisa Centro de Pesquisas Linguísticas da Amazônia – CEPLA. Principais Publicações: Artigo: Linguagem em Bakhtin: A Concepção de Dialogismo e a Interação Verbal. Revista Em Foco, ano 05, Nº 10, 2008: Santarém/PA. Resumo: Linguagem e Formação: Um olhar sobre o discurso dos professores egressos do Proformação em

Rondônia. Anais do II Encontro Internacional de Educação-ENICED da Fundação Universidade Federal de Rondônia. Campus de Guajará Mirim, 2007.

E-mail: ingrid_leticia@hotmail.com

 

IRACEMA GABLER

Mestre em Linguística (UNICAMP), Doutora em Linguística (UNESP-Araraquara-SP), professora Adjunto, lotada no Departamento de Línguas Vernáculas da Universidade Federal de Rondônia – UNIR, membro do “Grupo de Estudos Integrados sobre Aquisição da Linguagem” – GEAL e Projeto “Alfabetização de Ribeirinhos na Amazônia”. Desenvolve pesquisa na área de “Linguagem de ribeirinhos na Amazônia: uma abordagem

Sociolinguística”. Coordenadora do Curso de Letras/UNIR na modalidade a distância – EAD. Algumas Publicações: Uma abordagem sociolingüística da aquisição da escrita. In: Formação Docente nos Cursos de Licenciatura da UNIR - Estratégias de Integração Universidade/Escola. 1. ed. São Carlos: Pedro & João Editores, 2008. Vol.2; BRUNER, WALLON e VYGOTSKY - psicólogos de olho na linguagem. In: Cultura, Leitura e Linguagem: discursos de letramento. 1. ed. Porto Velho: EDUFRO, 2007; Leitura e Produção de Texto: Quando as Crianças Brincam, Lêem e Escrevem. 1 ed. Porto Velho: EDUFRO, 2002; Análise do Discurso: uma leitura e três enfoques. 1. ed. Porto Velho/RO: EDUFRO, 2001. E-mail: igabler@globo.com

 

JANES ANGIE MOREIRA DE ABREU

Aluna do mestrado em Ciências da Linguagem da Universidade Federal de Rondônia UNIR, campus de Guajará-Mirim (2009). Licenciada em Letras-Português pela UNIR. Ex-bolsista PIBIC. Membro do “Grupo de Estudos Integrados sobre Aquisição da Linguagem – GEAL” e “Projeto Alfabetização de Ribeirinhos na Amazônia – ALFAM”. UNIR/RO Colaboradora do Projeto Leitura no Sítio. 

E-mail: janesangie@bol.com.br

 

JEAN-PIERRE ANGENOT

Doutor em Linguística Africana (Leiden, Holanda, 1971) e em Filologia Românica (Bruxelas, Bélgica, 1975), Pós-Doutor em Fonética Acústica (Mons, Bélgica, 1982), em Fonética Fisiológica (Aix-en-Provence, França, 1998) e em Linguística Afro-diaspórica (Goa, Índia, 2004). Sucessivamente Professor Titular da Universidade Federal de Santa Catarina (1979-1994) e da Universidade Federal de Rondônia (desde

1994). Coordenador do Mestrado em Ciências da Linguagem e do Centro de Pesquisas Linguísticas da Amazônia, UNIR/Campus de Guajará-Mirim. Foi pesquisador na Bélgica (Museu Real da África Central, 1966-1968), professor do quadro no Congo-Kinshasa (1969-1975) e professor-visitante em Tanzânia, Áustria, Bélgica, Argentina, ex-União Soviética, Alemanha, Peru, França, Índia, Angola e Brasil (UFBA, PUC, UNB, UFPA). Fundador na Índia da TADIA Society/UNESCO (The African Diaspora in Asia Society). É, desde 2007, Coordenador de um Programa Internacional de Pesquisas UNIR-Universidad de calá/UNESCO-Universidade Agostinho Neto. Orientou 7 teses de doutorado e 41 dissertações de mestrado. Autor ou coautor de 158 publicações, sendo 25 artigos, 67 trabalhos em eventos e 66 livros ou capítulos. Entre as publicações mais recentes: J.-P. Angenot & Shihan da S. Jayasuriya. 2008. Uncovering the History of Africans in Asia. Leiden, Netherlands & Boston, USA: Brill Academic Publications, 192 pp.;

J.-P. Angenot & Kiran Kamal Prasad. 2009. TADIA, The African Diaspora in Asia: Explorations on a Less Known Fact. Bangalore, India: Jana Jagrati

Prakashana. 775 pp.

E-mail: jpangenot@hotmail.com

 

JOSÉLIA GOMES NEVES

Possui graduação em Pedagogia pela Fundação Universidade Federal de Rondônia (1989), especialização em Psicopedagogia (UCAM), mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente pela Universidade Federal de Rondônia (2004) e é aluna do Curso de Doutorado em Educação Escolar da UNESP - Campus de Araraquara (2008). Atualmente é professora assistente da Fundação Universidade Federal de Rondônia – Campus de Ji-Paraná, Departamento de Ciências Humanas e Sociais; é Pró-Reitora da Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis - PROCEA. Estuda temas referentes à Educação e Alfabetização Intercultural; Educação Escolar Indígena; Didática Etnoambiental; Gênero e Currículo. Coordena o Grupo de Pesquisa em Educação na Amazônia - GPEA.

E-mail: shiva.ro@uol.com.br

 

LUCIANA FABIANO DOS SANTOS UCHÔA

Graduada em Pedagogia com habilitação em Supervisão Escolar, pela Universidade Federal de Rondônia – UNIR; Pós-graduada (Lato Sensu) em “Gestão de Recursos Humanos”, “Ensino Superior”, “Linguagem e Educação” e em “Administração Pública”. Mestrado em “Ciências da Linguagem”, desenvolve pesquisa sobre “A influência da linguagem da Universidade na questão da preservação do meio ambiente”. O desenvolvimento com a questão ambiental foi decorrente dos dois anos em que morou na Ilha de Fernando de Noronha (PE), lugar onde teve contato com o turismo ecológico. Na ilha, além de desempenhar atividades de guia - turístico, ministrou aulas de Biologia para o Ensino Médio na única escola do arquipélago. Obteve sua primeira formação científica através do Programa de Iniciação Científica – PIBIC, vinculado ao CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Professora da Universidade Federal de Rondônia – UNIR, atualmente lecionando no Departamento de Ciências da Educação. É Chefe do Departamento de Ciências Sociais e Ambientais da UNIR - Universidade Federal de Rondônia/Campus de Guajará-Mirim. No magistério superior, vinculada à Universidade Federal de Rondônia desde 2001, vem se caracterizando pela atuação pluridisciplinar, ministrando disciplinas como: Didática, Currículos e Programas, Teoria e Prática em Alfabetização, Princípios e Métodos em Supervisão Escolar, Psicologia Educacional, Sociologia Geral, Sociologia da Educação, Filosofia da Educação, História da Educação, Legislação de Ensino, Metodologia Científica, Metodologia da Pesquisa em Educação, Metodologia da Pesquisa Científica. E-mail: lucianafabiano1@hotmail.com

 

MARCÉLIO RODRIGUES UCHÔA

Graduado em Geografia pela UCG - Universidade Católica de Goiás. Atuou como monitor, coordenador e desenvolveu ações político-acadêmicas no CA – Centro Acadêmico de Geografia. Assumiu os cargos de Chefe de Gabinete, Secretário Municipal de Fazenda, Controlador Municipal e Assessor Executivo na Prefeitura de Nova Mamoré (RO). Cursou a Pós-Graduação (Lato Sensu) em “Administração Pública”

na Universidade Federal de Rondônia. Cursa o Mestrado em Geografia, pela Universidade Federal de Rondônia. Atualmente, desenvolve a pesquisa intitulada “Nova Mamoré – por uma visão político-eco-sócio-ambiental: identificando as potencialidades para o desenvolvimento sustentável da região” e é professor colaborador no DCSA - Departamento de Ciências Sociais e Ambientais da Universidade Federal de Rondônia/Campus de Guajará-Mirim.

E-mail: marcelio.brasileiro@hotmail.com

 

MARCO ANTÔNIO DOMINGUES TEIXEIRA

Graduado em Estudos Sociais e em História pela Universidade Federal do Pará (1982), Mestre em História do Brasil pela Universidade Federal de Pernambuco (1997), Doutor em Ciências Socioambientais pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos/NAEA, Universidade Federal do Pará. Professor do Departamento de História da Universidade Federal de Rondônia/UNIR, professor do Mestrado em Geografia/UNIR e do Mestrado em Ciências da Linguagem/UNIR. Membro do CEPLA/UNIR (Centro de Estudos e Pesquisas de Lingüística Aplicada) e Coordenador do GEPIAA/UNIR (Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares Afro-Amazônicos). Coordenador do CPARQH/UNIR (Centro de Pesquisa em Arqueologia e História). Publicou o livro: História Regional (Rondônia) em parceria com o prof. Dr. Dante Fonseca, Rondoniana, 1998. Autor do artigo Mortos, Dormentes e febris. Um estudo sobre o medo, a doença e a morte nos vales do Madeira, Mamoré e Guaporé nos séculos XVIII a XX, Porto Velho, SEMCE/ABG, 1998. Livro: Beiradão das Visagens, cultura popular e crenças populares nos vales do Madeira, Mamoré e Guaporé, Porto Velho, Rondoniana, 2000. Fragmentos da História de Rondônia, Porto Velho, SEBRAE, 2002. Quilombolas de Santo Antônio do Guaporé: conflitos socioambientais, GEPIAA, 2007. Os vestígios bantu preservados na fala das comunidades quilombolas do Guaporé. In: Anais do 1 Workshop Internacional sobre a Procedência Poliétnica dos Afro-iberoamericanos de Origem bantu. Guajará-Mirim, 2007, Guajará-Mirim. Anais do 1 Workshop Internacional sobre a Procedência Poliétnica dos Afro-iberoamericanos de Origem bantu. Guajará-Mirim: CEPLA Working Papers in

Linguistica. Guajará Mirim: eletrônico, 2007. Identity conflicts and integration among African descendants in Karnataka. In: International Conference: Identity Conflict and Integration among the African Diaspora in Asia. Halle/Leipzig: Max-Planck Institute for Anthropology., 2007, Leipzig/Alemanha. Abstracts of the International Conference: Identity Conflict and Integration among the African Diaspora in Asia. Halle/Leipzig

Max-Planck Institute for Anthropology. 2007. Leipzig: Max-Planck Institute, 2007. Quilombo de Jesus: identidade e sustentabilidade. Revista Eletrônica Saber Científico, FSL, 2008. O rio e os tempos. Reflexões sobre a colonização e as questões ambientais do vale do Madeira entre os séculos XVII E XXI. Revista Eletrônica Saber Científico, FSL, 2008.

E-mail: marcoteixeira204@gmail.com

 

MARIA DE FÁTIMA OLIVEIRA MOLINA

Mestra em Ciências da Linguagem pela Universidade Federal de Rondônia (2007). Professora da rede Estadual de Ensino (Fundamental e Médio). Professora do Curso de Especialização em Gestão Escolar – Programa Nacional Escola de Gestores. Professora dos cursos de Especialização da UNINTES/UNIRON. Tem experiência na área de Letras e Educação com ênfase em Língua Portuguesa e Literatura,

atuando principalmente nos seguintes temas: Linguagem, Enunciação (Bakhtin), Teoria Literária, Literatura Infantil, Leitura, Metodologia e orientação de TCC. Faz parte do Grupo de Pesquisa Literatura, Educação e diversidade: Interfaces Brasil-Canadá. Principais Publicações: Artigo: Uma Leitura da Identidade Cultural da Amazônia no livro Menino do Rio Doce sob a ótica dos meninos ribeirinhos de Porto Velho. Revista Saber da Amazônia, v. 03; Artigo: Bakhtin e Paulo Freire: Tessituras dialógicas que se entrecruzam numa perspectiva pós-colonial. Revista Em Foco (Santarém), v. 04, p. 31-39, 2007. Capítulo de Livro: Menino do Rio Doce: Uma tradução de lirismo e poesia da Amazônia. Livro Fronteiras da tradução: cultura, identidade, linguagem. 001 ed. São Paulo: Terceira Margem, 2008, v. 001, p. 86-100.

 

MARIA LÍLIA IMBIRIBA SOUSA COLARES

Doutora e Mestre em Educação pela UNICAMP. Professora do Departamento de Ciências da Educação da Universidade Federal de Rondônia/UNIR. Avaliadora institucional e de cursos pelo MEC/INEP. Coordenadora do Projeto de Pesquisa Construção de indicadores para análise da política educacional destinada a educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental em Rondônia (PIBIC/CNPq). Coordenadora do Curso de Especialização em Gestão Escolar vinculado ao Programa Nacional da Escola de Gestores da Educação Básica (SEB/MEC). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Administração de Sistemas Educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: Política Educacional, Gestão Educacional e Formação de Professores. Principais obras publicadas: Do Autoritarismo repressivo à construção da

democracia participativa. Editora: Autores Associados, 2003. Colóquios Temáticos em Educação: polemicas da atualidade (Org.). Editora: Átomo&alinea, 2005. Colóquios Temáticos em Educação: avaliação em seus múltiplos aspectos (Org). Editora Átomo&alinea, 2006. Políticas Educacionais no Município de Santarém. Editora da ULBRA, 2006. Colóquios Temáticos em Educação: do discurso à prática: o cotidiano do

educador. (Org.). Editora: Átomo&alinea, 2007. Encontro Marcado em Educação: debates de temas atuais (Org.). Editora: Átomo&alinea, 2007. Pesquisa Educacional em Rondônia (Org.). Editora: Átomo&alinea, 2008.

E-mail: lilia.colares@hotmail.com

 

MARIA DO SOCORRO DIAS LOURA

Mestra em Linguística pela UNIR. Integrante do corpo docente do Departamento de Línguas Vernáculas da Universidade Federal de Rondônia – UNIR. Membro do Grupo de Estudos Integrados sobre a Aquisição da Linguagem - GEAL. Últimas publicações: Necessidade de uma prática diferenciada para a Educação de Jovens e Adultos – EJA. In: Formação Docente e Estratégias de Integração Universidade/Escola nos Cursos de Licenciatura. Edufro, 2008. O Capital Cultual Incorporado e a EJA: uma abordagem bourdiesiana. 9º Encontro de Pesquisa em Educação da ANPED – Centro-Oeste. Taguatinga, 2008. A Tridimensionalidade da Prática do Existir na Formação Docente/Discente da Educação de Jovens e Adultos – EJA. VIII Congresso Nacional de Educação da PUCPR – EDUCERE e no III Congresso Ibero-Americano sobre Violências nas Escolas – CIAVE. Curitiba, 2008.

E-mail: diasloura@yahoo.com.br

 

MARIA SÍLVIA GALDINO DE MORAIS

Professora de Educação Física, formada pela Universidade Federal de Rondônia e especialista em Ciência do Movimento Humano, com ênfase em Educação Física Escolar. Atualmente, é tutora presencial pela Universidade Federal de Brasília na Educação a Distancia do curso de Educação Física e Arte. Educadora do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil pela Prefeitura. Livros e trabalhos publicados: Pesquisadora de Campo de Rondônia do Livro publicado pelo Dr. Vicente de Paula Faleiros com o título Violência Contra a Pessoa Idosa. Editora Universa DF, 2007. Resumos publicados no I Congresso Pan- Amazônico de Educação Física-RO: Índice de Violência Contra a Pessoa Idosa e as Políticas Públicas de Atividade Física e Lazer em Porto Velho (Orientador Ms. Célio Borges); Contribuição do Coordenador Pedagógico Escolar no Desempenho Didático do Professor de Educação Física: um estudo de caso em seis escolas estaduais de ensino fundamental no município de Porto Velho (Orientadora Drª. Carmem Velanga). E-mail: eusilviag@hotmail.com

 

MIGUEL NENEVÉ

Doutor em LETRAS (Inglês e Literaturas) pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996), Mestre em Letras (Literatura Anglo-americana) pela Universidade Federal da Paraíba. Tem pós-doutorado em Estudos de Tradução na Universidade de York em Toronto (2001-2002) É professor da Universidade Federal de Rondônia desde 1986. Pesquisador Produtividade do CNPQ desde 2007 e líder do grupo de pesquisa “Literatura Educação e Diversidade: Interfaces Brasil-Canadá.”. Foi professor visitante da Universidade de Texas em Lubbock e pesquisador visitante (visiting Scholar) da Universidade de York em Toronto no Canadá. Foi vice-reitor da Universidade Federal de Rondônia, Chefe de Departamento, Membro eleito do Conselho de Acadêmico (CONSEA-UNIR) e do Conselho Superior (CONSUN-UNIR). Coordena o Núcleo de Estudos Canadenses desde 2000 e foi vice-presidente da ABECAN – Associação Brasileira de Estudos Canadenses de 2006 a 2008. Entre os livros que organizou e publicou estão Olhares sobre a Amazônia pela Terceira Margem, 2001 (com Marilene Proença e Martin Cooper, Psicologia e Educação na Amazônia pela Casa do Psicólogo, 2004 (Com Marilene Proença), Psicologia e Saúda na Amazônia pela Casa do Psicólogo, 2005 (com Marilene Proença e Ronilda Ribeiro), Educação e Diversidade Interface Brasil Canadá pela Casa do Psicólogo, 2006 (Com Marilene Proença), Folhas Mortas pela Pendas – Canadá, 2002. Tem artigos sobre literatura canadense, tradução, literatura e Amazônia publicados em periódicos nacionais.

E-mail:neneve@unir.br

 

NAIR FERREIRA GURGEL DO AMARAL

Mestre em Linguística (UNICAMP), Doutora em Linguística (UNESP-Araraquara), professora Adjunto, lotada no Departamento de Línguas Vernáculas da Universidade Federal de Rondônia – UNIR, membro do corpo docente do Mestrado em Ciências da Linguagem, campus de Guajará-Mirim. Líder do “Grupo de Estudos Integrados sobre Aquisição da Linguagem” – GEAL e Projeto “Alfabetização de Ribeirinhos na Amazônia”. Desenvolve pesquisa na área de Pluralidade Cultural e Variação Linguística. Algumas Publicações: Livros: Reflexões e Sugestões Práticas de Atuação na Educação Infantil (Org.). 1. ed. Campinas: Alínea, 2008; Formação Docente nos Cursos de Licenciatura da UNIR - Estratégias de Integração Universidade/Escola (Org.). 1. ed. São Carlos: Pedro & João Editores, 2008. Volumes 1 e 2; Cultura, Leitura e Linguagem: discursos de letramento (Org.). 1. ed. Porto Velho: EDUFRO, 2007; Leitura e Produção de Texto: Quando as Crianças Brincam, Lêem e Escrevem (Org.). 1 ed. Porto Velho: EDUFRO, 2002; Um Olhar para o Letramento: rompendo silêncios, construindo histórias (Org.). 1. ed. Porto Velho/RO: EDUFRO, 2001; Análise do Discurso: uma leitura e três enfoques. 1. ed. Porto Velho/RO: EDUFRO, 2001. Capítulos de Livros:

Confrontando e descobrindo discursos em comunidades ribeirinhas. In: COLARES, Maria Lilia Imbiriba Sousa. (Org.). Pesquisa Educacional na Amazônia: Relatos de Iniciação Científica (CNPQ/PIBIC) em Rondônia. 1 ed. Campinas: Alínea, 2008; A Tela Dialógica do Discurso. In: BORGES, C. R. (Org.). Diálogo em Bakhtin: interlocutores e discurso. 1 ed. Rolim de Moura/RO: D'press Editora e Gráfica Ltda, 2006. Além de capítulos em obras

coletivas, artigos em Periódicos e em anais de eventos científicos. 

E-mail: nairgurgel@uol.com.br

 

NEUSA DOS SANTOS TEZZARI

Professora do Departamento de Línguas Vernáculas da Universidadae Federal de Rondônia, pesquisadora do GEAL: Grupo de Estudos Integrados sobre a Aquisição da Linguagem, Doutora em Psicologia Escolar e do desenvolvimento Humano pelo Instituto de Psicologia da USP e pós-doutoranda da Faculdade de Educação da UNICAMP, atualmente desenvolvendo pesquisa no GEPEMEMO: Grupo de Pesquisa sobre Memória, História e Educação, sob orientação da professora Dra. Maria Carolina Bovério Galzerani.

E-mail: tezzari@uol.com.br

 

ROSELI FÁTIMA SIEPAMANN

Aluna de Letras Estrangeiras (Inglês), pesquisadora PIBIC, participante do grupo "LITERATURA , EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: INTERFACES BRASIL-CANADÁ". Tem artigos publicados sobre ensino de línguas, colonização e descolonização e sobre literatura na Amazônia. É poeta e artista plástica com obras no Brasil e no exterior.

 

TANIA SUELY AZEVEDO BRASILEIRO

Pós-doutoranda em Psicologia pelo IP/USP. Doutora em Educação pela Universidade Rovira Virgili-URV/Espanha (título revalidado na FE/USP). Mestre em Tecnologia Educativa-URV/Espanha e em Pedagogia do Movimento Humano-UGF/RJ. Especialista em Didática do Ensino Superior pela UGF/RJ desde 1985. Licenciada em Educação Física, Recreação e Jogos, Psicóloga e Pedagoga. Integrante do Corpo Docente do Departamento de Educação da Universidade Federal de Rondônia, Campus Porto Velho e do Mestrado em Ciências da Linguagem, Campus Guajará-Mirim/UNIR. Líder do Grupo de Pesquisa PRAXIS e Coordenadora dos Projetos “Pensamento Docente e Prática Pedagógica Universitária - Concepções teóricas e perspectivas metodológicas” e “Paulo Freire Re-visitado por autores brasileiros e estrangeiros: o pós-colonialismo e a educação na Amazônia”.  Algumas publicações recentes: Livros: Reflexões e Sugestões Práticas de Atuação na Educação Infantil (Org.). 1. ed. Campinas: Alínea, 2008; Formação Docente nos Cursos de Licenciatura da UNIR - Estratégias de Integração Universidade/Escola (Org.). 1. ed. São Carlos: Pedro & João Editores, 2008. Volumes 1 e 2; Pesquisa Educacional na Amazônia: Relatos de Iniciação Científica (CNPQ/PIBIC) em Rondônia (Org.). 1 ed. Campinas: Alínea, 2008. Capítulos de Livros: Revisitando Paulo Freire: Elementos para reflexão sobre a formação do educador. In: NENEVE, Miguel e PROENÇA, Marilene (orgs.). Educação e Diversidade: Interfaces Brasil-Canadá. São Paulo: Editora Casa do Psicólogo, 2005. p. 127 – 154. Cultura e Diversidade no Contexto das Práticas Escolares. IN: Cultura, Leitura e Linguagem:

Discursos de letramento. AMARAL, Nair F. G.; TEZZARI, Neusa S (orgs.). Porto Velho, RO: EDUFRO, 2007. Dedica-se a estudar a Educação Superior; Formação de Professores na Amazônia; Tecnologias Educativas e o pensamento de Paulo Freire. E-mail: taniabrasileiro@gmail.com

 

TEREZINHA ANDRADE DA COSTA

Pesquisadora Bolsista CNPq/PIBIC, Graduanda do VII período de Letras/Português da Universidade Federal de Rondônia - UNIR. Integrante do Grupo de Estudos Integrados sobre Aquisição da Linguagem – GEAL e do Projeto Alfabetização de Ribeirinhos na Amazônia – ALFAM. Artigo publicado: Os discursos Institucionais e a Prática docente em escolas Ribeirinhas, 2008. E-mail: terezinhaletrasfederal@hotmail.com

 

TIAGO SANTO MALHEIROS

Graduando de Letras/Português na Universidade Federal de Rondônia – UNIR, é Pesquisador Bolsista CNPq/PIBIC, onde desenvolveu trabalho Intitulado “Gênero Textual e Subjetividade: em busca do estilo”. Integrante do Grupo de Estudo Integrado sobre Aquisição da Linguagem GEAL e do Projeto Alfabetização de Ribeirinhos na Amazônia – ALFAM. Poeta. Apresentou uma exposição em 2008 sob o título de “Concreta Abstração”.

E-mail: tiagu_letrasfederal@hotmail.com

 

WANY BERNARDETE DE ARAUJO SAMPAIO

Possui Graduação em Letras - Língua Portuguesa e Respectivas Literaturas pela Universidade Federal do Amazonas (1981), Especialização em Língua Portuguesa pela Universidade Federal de Rondônia (1989), Mestrado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (1997), Doutorado em Linguística pela Universidade Federal de Rondônia (2001) e Pós-Doutorado em Psicologia Cognitiva pela Universidade de ortsmouth/Inglaterra (2006). É professora adjunto da Universidade Federal de Rondônia. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Indígenas, atuando principalmente nos seguintes temas: educação profissional, formação de professores, espaço e movimento, leitura, educação de jovens e adultos e educação indígena. Atualmente cursando Doutorado em Educação Escolar pela UNESP/Araraquara. Algumas publicações: SAMPAIO, W. B. A. Formação e atuação docente: impressões do professor em formação. In: AMARAL, N.F.G do & BRASILEIRO, T.S.A. (orgs.). Formação docente e estratégia de integração universidade/escola nos cursos de licenciatura. Vol. I. São Carlos, SP: Pedro e João Editores/Porto Velho:EDUFRO, 2008. P. 35-46. ISBN 978-85-99803-37-0; SAMPAIO, W. B. A. Atos lingüísticos professorais como fator de violência psicológica sobre o aluno. In: AMARAL, N.F.G do & BRASILEIRO, T.S.A. (orgs.). Formação docente e estratégia de integração universidade/escola nos cursos de licenciatura. Vol. II. São Carlos, SP: Pedro e João Editores/Porto Velho: EDUFRO, 2008. P. 191-204. ISBN 978-85-99803-37-0; SAMPAIO, W. B. A.; SILVA, Vera da; MIOTELLO, V. Mitos Amondawa. 1. ed. Porto Velho: EDUFRO, 2004. v. 500. 50 p.; SILVA, E. B. (Org.); SAMPAIO, W. B. A. (Org.); Pimentel (Org.). Ensinar a Ensinar: Histórias de Professores. 1. ed. Porto Velho: EDUFRO, 2003. v. 500. 123 p.; SAMPAIO, W. B. A. (Org.). O PROFAE EM RONDÔNIA: novos paradigmas, novas conquistas. 1. ed. Porto Velho: EDUFRO, 2002. v. 01. 105 p.; SAMPAIO, W. B. A.; SILVA, Vera da. POVOS INDÍGENAS DE RONDÔNIA: Contribuições para a compreensão de sua cultura e de sua história. Porto Velho: Universidade Federal de Rondônia, 1998. E-mai: wsampaio@unir.br

 

Dados Técnicos :